O Amor como Estilo de Vida - Garry Chapman


Queridos leitores,

Sugiro esse livro como uma boa opção de leitura, o autor é conselheiro matrimonial e familiar é autor de "As cinco linguagens do Amor, traduzido para 35 idiomas é apresentador de um programa de rádio no EUA e mora na Carolina do Norte. Bem como, ao ler o livro, percebo que ele também é mediador, uma ramo do conhecimento relativamente novo e que vem sendo introduzido aos poucos no Brasil.

Nesse livro o autor ressalta a importância de sustentarmos uma postura amorosa em todos os nossos relacionamentos como uma atitude diante da vida.

O amor como uma forma de Ser, mais sobretudo o Amor em Ação.

Ele diz: - "Quando descobrirmos o poder de amar o próximo e passarmos a agir em função disso, conseguimos superar emoções negativas e aprendemos a lidar com os problemas que existem em qualquer relação, reconhecendo o valor do outro e alcançando a satisfação e a alegria em todas as áreas da vida."

O amor tem que estar acompanhado de atos concretos.

É a maior fonte de realização do Ser Humano.

O autor sugere Sete possibilidades para se desenvolver o Amor em todas as suas relações. Não só de uma pessoa específica, mas uma amor direcionado a todos que estão no seu circulo de relações.

Gentileza, Descobrir a alegria de ajudar o próximo.
Paciência, Aceitar as imperfeições dos outros
Perdoar, Capacidade de Perdoar e livrar-se do domínio da raiva.
Cortesia, Tratar os outros como amigos
Humildade, ceder a vez para que alguém possa avançar
Generosidade, Doar-se aos outros
Honestidade, Revelar quem você realmente é.

O autor vai desenvolvendo cada um desses itens com exemplos e ensinamentos que achei muito interessante, pela clareza e por não ser piegas.

Eu sinto, verdadeiramente que as atitudes amorosas vão ancorando o "Ser", desenvolvendo o corpo de luz e enraizando a pessoa na Vida. Ao abrir o cardíaco vamos também desenvolvendo parte do cérebro, chamado de Pré-frontal que é a nossa capacidade de "Civilização". Ajuda a pessoa a desenvolver uma consciência de novos valores e a despertar em si, as forças da alma. E com isso, a persona, não fica tão perdida, e a pessoa não se sente tão desenraizada do processo da vida. E essa reflexão que eu tenho, junto à vocês.

Uma boa Semana!
Cida Medeiros

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bem vindo! Deixe aqui seu comentário.