Pesquisar este blog

Carregando...

Relacionamento como um Espelho





Relacionamento como um Espelho

- O amor se relaciona, mas não é relacionamento, que é algo acabado. Ele é como um rio fluindo, interminavelmente. Há flores do amor que só desabrocham após uma longa intimidade. Relacionar-se significa que estamos sempre começando, sempre tentando nos tornar conhecidos. A alegria do amor está na exploração da consciência. Quando investigamos o outro, fazemos o mesmo conosco. 

Aprofundando-nos no outro, nos aprofundamos em nós mesmos. Tornamo-nos espelhos para o outro e o amor torna-se meditação. Quando mais descobrimos, mais misterioso o outro se torna: o amor é uma aventura constante. Quando estamos apaixonados, a linguagem não é necessária. O amor não escraviza, não é possesivo nem exigente. Ele liberta, permitindo aos amantes voarem alto, em direção a Deus. Quando apreciamos nossa solidão, nos tornamos meditadores.

Só quem é capaz de ser feliz sozinho pode contribuir com a felicidade de outro.


(Osho)

Medo


"Dizem que antes de um rio entrar no mar, ele treme de medo. Olha para trás, para toda a jornada que percorreu, para os cumes, as montanhas, para o longo caminho sinuoso que trilhou através de florestas e povoados, e vê à sua frente um oceano tão vasto, que entrar nele nada mais é do que desaparecer para sempre. Mas não há outra maneira. O rio não pode voltar. Ninguém pode voltar. Voltar é impossível na existência. O rio precisa de se arriscar e entrar no oceano.
E somente quando ele entrar no oceano é que o medo desaparece, porque apenas então o rio saberá que não se trata de desaparecer no oceano, mas de tornar-se oceano."

Osho

Gratidão




Gratidão por ter milhões de motivos para ser Grata! 
Gratidão, Gratidão e mais gratidão por todas as pessoas boas que estão no meu caminho.
pela prosperidade crescente,
pela abundância visível,
por ter sábias pessoas a minha volta,
por todo o dia aprender algo novo,
pelo trabalho que amo,
por ser quem eu sou!
por me amar, me respeitar e fazer escolhas inteligentes sempre!
por ter um Espirito que me Guia,
 e por sê-lo mais Divino que posso conceber em meus pensamentos.
  por fazer parte de minha alma familiar e estar evoluindo sempre!!!
Por ter instrumentos que empoderam e recursos que libertam!
Gratidão Infinita ao Divino que me trouxe ate aqui!!!!
Gratidão!
Gratidão!
Gratidão!
Por que posso ver!
E ver...é ser Livre...

O amor um estado de Ser

O AMOR BASICAMENTE É UM ESTADO DE SER

“A coisa real não é um
relacionamento mas um estado; a pessoa não ama, mas é amor.

Toda vez que eu falar sobre amor lembre-se disso:
estou falando sobre o estado de amor.

Sim, relacionamento é perfeitamente bom,
mas ele vai ser falso se você
não tiver atingido o estado de amor.

Assim o relacionamento não é só uma pretensão,
mas uma perigosa pretensão,
porque ele pode ir enganando você:
pode continuar lhe dando a noção de que você sabe o que é amor, e você não sabe.

O amor basicamente é um estado de ser:
a pessoa não está amando, a pessoa é amor.

E esse amor surge não ao apaixonar-se por alguém.

Esse amor surge indo para dentro – não caindo mas elevando-se, voando muito alto, mais alto do que você.
É um tipo de ultrapassagem.

Um homem é amor quando seu ser é silencioso:
é a canção do silêncio.

Um Buda é amor, um Jesus é amor – não em amor com uma pessoa em particular, mas simplesmente amor.

Seu próprio clima é amor.

E não é endereçado a alguém em particular, é espalhado em todas as direções.

Qualquer um que chegue perto de um Buda o sentirá,
será inundado por ele, será banhado nele.

E ele é incondicionalmente assim.

O amor não dá nenhuma condição, nenhum ‘se’, nenhum ‘mas’.

O amor nunca diz
”Preencha esses requisitos, então eu te amarei.”
O amor é como respirar:
quando acontece você é simplesmente amor.

Não importa quem chegue perto de você,
o pecador ou o santo.

Quem quer que chegue perto de você começa a sentir a vibração do amor, é alegrado.

O amor é doação incondicional

– mas somente aqueles que têm são capazes de dar."

Osho, The Guest, Capítulo #5

Luz e Escuridão




"Quando a LUZ está ACESA na CASA, a ESCURIDÃO NÃO pode ENTRAR. 
Os pensamentos são como a escuridão: eles entram somente se não há luz dentro. 
A Consciência é Fogo: quanto mais você se torna consciente, os pensamentos entram cada vez menos."

OSHO

Mãe Desnecessária

MÃE DESNECESSÁRIA
(Dalai Lama)

A boa mãe é aquela que vai se tornando desnecessária com o passar do tempo.

Várias vezes ouvi de um amigo psicanalista essa frase, e ela sempre me soou estranha.

Chegou a hora de reprimir de vez o impulso natural materno de querer colocar a cria embaixo da asa, protegida de todos os erros, tristezas e perigos.  Uma batalha hercúlea,confesso. 

Quando começo a esmorecer na luta para controlar a super-mãe que todas temos dentro de nós, lembro logo da frase, hoje absolutamente clara.

Se eu fiz o meu trabalho direito, tenho que me tornar desnecessária.

Antes que alguma mãe apressada me acuse de desamor, explico o que significa isso.

Ser "desnecessária" é não deixar que o amor incondicional de mãe, que sempre existirá, provoque vício e dependência nos filhos, como uma droga, a ponto de eles não conseguirem ser autônomos, confiantes e independentes. Prontos para traçar seu rumo, fazer suas escolhas, superar suas frustrações e cometer os próprios erros também.

A cada fase da vida, vamos cortando e refazendo o cordão umbilical.  A cada nova fase, uma nova perda é um novo ganho, para os dois lados, mãe e filho.

Porque o amor é um processo de libertação permanente e esse vínculo não pára de se transformar ao longo da vida.

Até o dia em que os filhos se tornam adultos, constituem a própria família e recomeçam o ciclo.

O que eles precisam é ter certeza de que estamos lá, firmes, na concordância ou na divergência, no sucesso ou no fracasso, com o peito aberto para o aconchego, o abraço apertado, o conforto nas horas difíceis.

Pai e mãe - solidários - criam filhos para serem livres.  Esse é o maior desafio e a principal missão.

Ao aprendermos a ser "desnecessários", nos transformamos em porto seguro para quando eles decidirem atracar.

"Dê a quem você Ama :
- Asas para voar...
- Raízes para voltar...
- Motivos para ficar... "

- Dalai Lama

Abraços  a todas as mães e também aos pais!!

Gratidão a minha mãe que sempre me dizia que eu não precisasse deles para nada, que eu progredisse sempre e fosse cada vez mais bem sucedida. Minha Mãe foi um grande exemplo pra mim! Gratidão onde quer que a Senhora esteje, fique em paz, certa que estamos bem e preparados para viver...a saudades é infinita...mais continuamos seguindo em frente.

Cida Medeiros

Palavras de Krion

O Que vou compartilhar aqui são ensinamentos de Kryon, no Yotube tem várias canalizações...essa se não me engano é sobre Sincronicidade.

Ele diz:
"Querido Deus, coloque-me no lugar certo que eu não sei onde é.
Querido Deus, quando fazê-lo, faça-o confortável para mim, para que eu veja o sentido, torne-o mais fácil e me traga as situações apropriadas para me levar até lá.

"Querido Espirito, se eu devo encontrar alguém, então, deixe-me ter a possibilidade de pelo menos procurar por isso...

Kryon diz, que isso não significa não saber o que quer, ou ficar passivo, e sim, permitir que algo maior e diferente das nossas programações negativas nos conduza além...

...estar entregue a uma inteligência superior...

...existe uma sabedoria nata, uma consciência dentro do coração...que trabalha...devemos nos permitir ouvir...

Boa Reflexão
Cida Medeiros

Coragem


A palavra coragem é muito interessante. Ela vem da raiz latina cor, que significa "coração". Portanto, ser corajoso significa viver com o coração.

E os fracos, somente os fracos, vivem com a cabeça; receosos, eles criam em torno deles uma segurança baseada na lógica.

Com medo, fecham todas as janelas e portas – com teologia, conceitos, palavras, teorias – e do lado de dentro dessas portas e janelas, eles se escondem.

O caminho do coração é o caminho da coragem. É viver na insegurança, é viver no amor e confiar, é enfrentar o desconhecido.

É deixar o passado para trás e deixar o futuro ser. Coragem é seguir trilhas perigosas.

A vida é perigosa. E só os covardes podem evitar o perigo – mas aí já estão mortos.

A pessoa que está viva, realmente viva, sempre enfrentará o desconhecido. O perigo está presente, mas ela assumirá o risco.

O coração está sempre pronto para enfrentar riscos; o coração é um jogador. A cabeça é um homem de negócios. Ela sempre calcula – ela é astuta. O coração nunca calcula nada.
Osho

Virada Zen 2016

Cida Medeiros, Mariana Amaral e Narayani 

Virada Zen, ainda há tempo de aproveitar essa imensa oportunidade.


Sábado, teremos uma programação intensa no Parque Ibirapuera.


A Morte

Krishnamurti

A MORTE

Que é a morte? A morte é uma coisa comum a todos nós. Todos acabaremos assim. Que é que chamamos de vida? Que é que chamamos de morte? Esse é realmente um problema complexo. Se pudermos descobrir, se pudermos compreender o que é viver, então talvez possamos compreender a morte.

Compreensão é liberação

Compreensão é liberação.

Quando você vir um certo fato em você, não há nenhuma necessidade de condenar, não há necessidade de se preocupar. A única necessidade é olhar para ele profundamente e compreendê-lo. Olhar para ele, tentar se mover em torno dele, olhando de todos os ângulos... Se você condenar, você não pode olhar, não pode abordá-lo de todos os ângulos. Você já decidiu que aquilo é ruim; sem dar àquilo uma chance, você já julgou.

Se compreendo uma certa coisa, sou capaz de sair fora dela, ir além dela. Se não compreendo certa coisa, não posso sair fora dela.

OSHO

III Festival Mundial da Paz

Recordação de alguns dos muitos momentos lindos, do III Festival Mundial da Paz, com pessoas especiais que buscam um mundo melhor, com mais Paz e Amor, algumas fotos que encontrei aqui, e resolvi partilhar aqui na WEB.
Abertura do III Festival Mundial da Paz - com o Toque dos Tambores e nossa Mestra Xamã Carminha Levy
 dirigindo a abertura!
Um Momento inesquecível! Carminha Levy, que por muitos anos foi Didata de Xamanismo na Unipaz, a convite de/e na época de Pierre Well (In-Memorian), sentiu-se plena em fazer a abertura do III Festival Mundial da Paz - Um dos maiores da America Latina. Muita Honra com certeza. Na foto vemos Marcos Levy, seu filho, Cyro Leeão, Samuel, Nakai e apesar de não parecer na foto eu estava ai... com a Mônica Jurado também!
São pessoas muito conectadas com a visão de um mundo melhor, cada uma ao seu modo vem fazendo sua parte.
Nossa Líder Embaixadora da Paz - Dulce Magalhães.
Estava nesse momento solene, onde os Tambores convocavam as Forças da Terra para que nosso III Festival Mundial da Paz fosse coroado de exito! E como foi! Quem esteve lá, sabe do que estou falando! 

Conto Budista


Dois monges cuidavam do jardim do templo. Um deles estava podando o roseiral quando, num momento de descuido, os espinhos rasgaram a manga de seu hábito e feriram seu braço, fazendo-o sentir muita dor. O monge, então, olhou para o roseiral e disse:

- Eu te perdôo.

Algum tempo depois, o segundo monge também se aproximou do roseiral e feriu o braço, o que o levou a sentir muita dor. Olhando para as rosas, ele disse:

- Não há nada a perdoar.

Ao voltarem para o templo, os dois monges perceberam que ambos tinham ferimentos semelhantes. Ao conversarem sobre o que havia acontecido, um começou a questionar a atitude do outro. Como não conseguiram chegar a uma conclusão sobre qual deles tinha agido da maneira certa, decidiram contar o episódio ao abade do templo e pedir sua opinião.

- Você foi arrogante, disse o abade ao primeiro monge. - E você agiu certo, disse ele ao segundo monge.

O primeiro monge ficou surpreso e questionou o abade.

- Como assim? Então não devemos perdoar sempre? Por que eu errei ao perdoar o roseiral que me feriu?

O abade respondeu:

- Devemos perdoar sempre, desde que exista algo para perdoar. O roseiral é um ser inanimado, que não se move por vontade própria. Ele não feriu você deliberadamente, nem poderia. Você é que se descuidou e se feriu no roseiral. Ao dizer que o perdoava, você atribuiu a ele uma culpa que ele não tem. Com isso, você ignorou sua responsabilidade como ser consciente que é e ainda usou o perdão como demonstração de superioridade. Isso é arrogância.

Talvez nossos conflitos acerca do perdão pudessem ser resolvidos mais facilmente se, antes de debatermos se devemos ou não perdoar, refletíssemos, em primeiro lugar, se realmente existe algo a ser perdoado.

Conto budista

Grata a Sanelva que compartilhou no grupo Espiritualidade.

A RADIANTE LUZ INTERIOR

A RADIANTE LUZ INTERIOR

A beleza exterior vem de seu pai e mãe: o corpo deles cria seu corpo. Mas a beleza interior vem de seu próprio crescimento da consciência que você está carregamento de muitas vidas.

Na sua individualidade ambos estão juntos, a herança física de seu pai e da sua mãe e a herança espiritual de suas vidas passadas, sua perceptividade, seu êxtase, sua alegria.

Então não é absolutamente necessário de que o exterior seja um reflexo do interior, nem o vice-versa será verdadeiro, de que o interior corresponderá ao exterior.

Mas às vezes acontece que sua beleza interior é tamanha, sua luz interna é tanta que ela começa irradiar de seu corpo externo. Seu corpo externo pode não ser belo, mas a luz que procede de suas fontes, suas fontes mais profundas de vida eterna, irá fazer mesmo um corpo que não seja belo no sentido ordinário parecer bonito, radiante.

Mas o contrário nunca é verdadeiro. Sua beleza externa tem somente a profundeza da pele. Ela não pode afetar sua beleza interior. Pelo contrário, a beleza exterior torna-se um obstáculo na busca interior: você se torna por demais identificado com o exterior. Quem irá procurar pelas fontes do interior?

Muito freqüentemente acontece que as pessoas que são externamente bonitas, são interiormente muito feias. A beleza externa delas se torna uma capa para escondê-las debaixo, e isto é experienciado por milhões de pessoas todo dia. Você apaixona-se por uma mulher ou por um homem, porque você só pode ver o exterior. E depois de alguns dias você começa a descobrir o estado íntimo dele; este não corresponde a beleza externa dele. Pelo contrário, esta é muito feia.

OSHO

Toque que Desperta

O abraço que toca e que acolhe


Bênção Irlandesa

"Que a boa sorte te persiga, e a cada dia e cada noite tenhas muros contra o vento, um teto para a chuva, bebidas junto ao fogo, risadas que consolem aqueles a quem amas, e que teu coração se preencha com tudo o que desejas."
Benção Irlandesa

Dolphin Dreams




Segundo o cientista, várias habilidades notáveis trabalham juntas para formar o poder de cura aparentemente milagroso dos golfinhos.

Pura Consciência

"Todo aquele que transcende a mente humana, dará sombra e abrigo para todos os seres"
"Existe aquele lugar, dentro de cada um, que não tem nenhuma necessidade, nenhuma exigência, nenhum pedido, nenhuma expectativa é sem desejo, não possui anseios, ele é puro, eu chamo isso de Pura Consciência." Mooji

Escuta



" Que meu corpo permaneça à escuta dos ensinamentos de minha alma.

Que minha alma permaneça à escuta dos ensinamentos da minha consciência.

E que a minha consciência permaneça à escuta do Espírito Santo.

Que o mundo da pulsão se submeta ao mundo da alma, da psique.

Que a psique seja iluminada, apaziguada, pelo espírito.

Que este espírito permaneça em comunhão com a Fonte de tudo o que vive e respira. "

Jean-Yves Leloup

Ser Forte

Eu sei como ser forte na maior e melhor maneira

Invista em você mesmo! Se para você ser forte é uma questão, se possui dificuldades de
emponderar-se, marque uma consulta!
Cida Medeiros

Constelação Familiar via Skipe com Cida Medeiros

cida_medeiros

Passando para dar noticias, agora estou atendendo também, via Skipe, a Constelação Familiar, uma experiência nova para mim que tenho realizado sempre presencialmente e em grupos.

Se você tiver interesse em passar pela experiência, contate-me.

Já atendi quarta-feira via Skipe, foi uma experiência ótima. Tão boa que hoje atendi o irmão dessa cliente que está em Maceio/AL.

Se todos os membros da família constelam, isso é um ganho espetacular para todos!

Abraços.