Mostrando postagens com marcador Mensagem. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Mensagem. Mostrar todas as postagens

Feliz 2016



Gratidão do Fundo do Coração aos meus Pais, 
pelo Amor, pela Vida, por Tudo que recebi e ainda recebo deles!
Gratidão à todos os Mestres, a todos os Ensinamentos, tenho um lugar especial
de amor e gratidão por tudo que aprendi e ainda aprendo!
Gratidão a todos os Clientes, a tudo que os conduziu até mim! 
Gratidão pela confiança!
Gratidão por todas as indicações ao meu trabalho!
Gratidão a todos que cruzaram meu caminho em 2015 e os que virão em 2016!
Gratidão ao trabalho e a toda a prosperidade!
Gratidão por todo Crescimento!
Gratidão pela Saúde sempre presente!
Gratidão pelo Presente da Vida!
Que 2016 venha com Graça e com Leveza!
Paz a todos!
Como diz Bert e Sophie Hellinger...
O seu caminho é o melhor. O meu também é.
Co-Criando 2016! 
Felicidades à todos vocês!!!

O Silêncio

Mensagem recebida de Bert e Sophie a todos os Membership:

              
Saudações natalinas de Bert e Sophie Hellinger                   
Saudações natalinas
de Bert e Sophie Hellinger
O Natal é para muitos de nós sempre uma época de calma, de pausar, de comunhão e de silêncio. Bert Hellinger descreve exatamente este silêncio em um breve texto: 


O silêncio

Dentro silêncio tudo se aquieta, qualquer som e qualquer movimento. Aquilo que é profundo e último é silencioso. Desde que tudo que procura a entrada chega a um fim nele, os portais do silêncio permanecem abertos. Dentro dele tudo que queria mais, do que ser silencioso, afunda.

No silêncio toda pergunta cessa, também toda dor que grita. Até a vida e a morte. Nele estamos em um outro lugar. Todo último é silencioso, infinitamente silencioso – e assim também é a sua profundidade.

De onde vem a última compreensão? Ela também vem do silêncio.

Mas ela não se move. Qualquer movimento retira dela a sua profundidade. Como o silêncio, ela também está apenas presente.

Onde então ficam as palavras? Elas ficam de fora.

Tudo que se realiza se torna silencioso.

Nada lhe é acrescentado. Nele há tudo, presente e preenchido.

Qual é o efeito do silêncio na nossa vida? O silêncio cura. Ninguém e nada se manifesta nele. Ninguém e nada que tenha alguma falta. Eles colapsam neles mesmos.

O silêncio nos leva à observação, à observação pura sem nada oposto.
Como é que respondemos a tudo que quer algo do nós? Com silêncio, um silêncio recolhido. Diante dele, aquilo também se aquieta e fica silencioso.

O silêncio permanece.

Existe algo maior? Assim olhamos para nós mesmos, como também para os nossos pais e os nossos parceiros e para as crianças recém-nascidas, com admiração e com amor. Ao mesmo tempo olhamos para além deles para algo escondido, eternamente diferente, eternamente novo.

Assim desejamos um Feliz Natal e uma profunda felicidade para o novo ano.

Sophie e Bert Hellinger