Bem Vindo ao Blog Cida Medeiros! Blog's Cida Medeiros: Dezembro 2020

Uma Mensagem de Feliz Ano Novo



Quando o Fio Rompe

Esse ano foi um ano dos fios que se romperam dentro e fora de nós.

Para alguns o Fio da Esperança ficou dilacerado, e por causa dessa dor, muitos acordaram para ajudar a restabelecer esse fio que ora foi rompido pelos desencontros da vida.

E descobriram em si a capacidade da Solidariedade, do Amor e da Entrega.

Para outros o fio de Amor foi rompido, criando assim um abismo e a separação. Requerendo assim uma Luz Maior para Guiar na Escuridão.

De certo que todos nós somos viajantes no tempo, esquecidos e entregues à sua própria sorte.

Mas sedentos de voltar ao Lar.

Aquele lugar seguro e protegido que muitos nem sabem onde fica. 

Sim, perdidos dentro de si mesmo. 

Muitas Consciências, vindas de muitas dimensões, têm feito essa árdua tarefa de Conexão e Re-Conexão.

Para que os Filhos da Terra possam encontrar o Nascer do Sol dentro dos seus corações.

Sim, o tempo requer Vigilância, Atenção e Presença.

A Pandemia em 2020 trouxe o melhor e o pior dentro e fora.

Tudo que precisou morrer, morreu, para renascer em outro Plano.

Muitos perderam e de diversas formas. Porém muitos ganharam e de diversas formas, também. Há de se ter um momento de balanço para acolher as perdas e os ganhos, pois eles sempre caminham juntos.

Alguns ainda presos nas dores das Perdas, outros voltam para Aurora do Renascer. E outros percebem que receberam muito e se sentem gratos com as descobertas de si mesmos.

Nada será como antes. 

Urge que nossa Taça nessa passagem celebrada no dia de Hoje possa estar repleta de Esperança, Consciência, Resiliência, Renovação e Presença.

O ideal mais elevado diria que nos espaços vazios, entre os vãos dos dedos e permeando tudo, estivesse a presença do Amor.

Que esse ilustre convidado pudesse ser lembrado e convidado para estar presente.

Aceitar esse Ano como ele foi, é essencial para tomada de consciência vindoura.

Como Raça Humana, nada será como antes. 

Mas tudo flui em sintonia com a Vida.

Que nesse momento possamos parar para agradecer.

Por Tudo.

Especialmente nossos Ancestrais, agradecer a Vida que veio por intermédio de nossos pais, a família e os bons amigos.

Agradecer nossos orientadores, professores, mestres espirituais e todo o conhecimento que nos foi ofertado.

Eu agradeço especialmente a Divindade, Fonte da Criação e toda a Vida Espiritual que nos assiste a todo instante.

E a essa força que me Guia, e que nos Guia e nos Guiou e  permitiu o nosso encontro através do precioso Tempo que nos foi ofertado, que possa nos presentear com novas oportunidades no tempo vindouro.

E que possa ser coroado de tudo aquilo que se requer de melhor para melhor servir a qualidade de todos os encontros.

Pois se o Tempo é Arte, O Encontro é a mais bela composição. Deixam desenhados nas paredes do tempo, os quadros com cenários que nutrem nossa Alma.

Aquele que um dia compartilhou a Arte do Encontro jamais esquecerá. É sábio aquele que reconhece e agradece a feliz oportunidade e sela com gratidão esse momento.

Sim, porque a vida segue e nem tudo dá tão certo como gostaríamos. E os desencontros também fazem parte como parte dos aprendizados que pedem por chaves que abrem portas e janelas para um novo horizonte de Ser e Existir. 

Desejo um Feliz Ano Novo! 

Com todos aqueles que você ama, dentro do coração.

Pois o Amor é aquele lugar mágico dentro de nós onde sempre cabe mais um para sentar e compartilhar as histórias da vida!

Sinta-se Abraçado!

Feliz Ano Novo!

Cida Medeiros