Vulnerabilidade


Lembre-se de confiar que com um Mestre, qualquer situação, em qualquer momento, pode ser usada para desperta-lo. Não se proteja. Seja inseguro, seja vulnerável, entregue-se e deposite sua confiança em seu Mestre.

O Mestre japonês Ekido era um professor severo, e seus discípulos tinham medo dele. Um dia um discípulo estava batendo as horas no gongo do templo. De repente deixou passar uma batida

Vendo uma linda moça atravessar os portões do templo, o discípulo se perdeu. Ele não estava mais presente, tornou-se desejo, começou a seguir a moça, entrou em um sonho...Nesse momento o Mestre, que estava parado atrás dele, deu-lhe uma forte pancada na cabeça com um bastão, tão forte, que ele caiu e morreu.

No Japão esta era uma das mais antigas tradições: sempre que um discípulo vinha ao Mestre, ele dizia: “Minha vida e minha morte, ambas são suas. Se quiser me matar, você pode.” E assinava isso dando
-o por escrito. Apesar dessa tradição, as pessoas começaram a condenar Ekido. Ainda assim, a tradição de Ekido tornou-se uma das mais importantes do Japão. Dez de seus discípulos se iluminaram, um número raro.


E depois que seu discípulo morreu, Ekido continuou como se nada tivesse acontecido. Sempre que alguém perguntava sobre o discípulo, ele começava a rir. Ele nunca disse que algo dera errado, que fora um acidente, ele ria. 

Porquê? Devido à história oculta.

Esse discípulo alcançara algo. Seu corpo caiu, mas internamente ele se tornou alerta. O desejo desapareceu, o sonho desapareceu tudo se foi com o corpo despedaçado. E neste estado de vigilante ele morreu. E se você puder o unir o estar alerta com a morte, você se ilumina. Ekido utilizou o momento da morte magistralmente, e o discípulo alcançou a iluminação. Ele era um grande artista, um grande Mestre. Olhando para esta história, você é capaz de pensar que o Mestre matou seu discípulo. Isso não é o que aconteceu. O discípulo ia morre de qualquer maneira, e o Mestre sabia disso. Isso não é dito na história; não pode ser dito, mas foi assim que aconteceu. Não fosse assim, não haveria necessidade do Mestre ficar atrás do discípulo enquanto este batia o gongo

Apenas uma coisa comum, um ritual diário...Não tinha Ekido nada mais importante para fazer? Naquele momento não havia nada mais importante. A morte do discípulo precisa ser utilizada. Mas esse é um segredo interior, e eu não poderia defender Ekido em um tribunal. Um Mestre olha profundamente dentro de você, ele sabe o momento exato de sua morte. E se você estiver entregue, a morte pode ser utilizada. Sempre que leio esta história, pergunto-me por que apenas dez discípulos se iluminaram posteriormente

Esse homem poderia ter iluminado muitos. Os outros devem ter se protegido. Sua proteção é sua ruína. Junto ao Mestre, seja inseguro, porque ele é a sua segurança. Esteja protegido. Mestres estão interessados apenas em torná-lo totalmente iluminado... Mas é preciso estar pronto. Maturidade e entrega são necessárias.
Roots and Wings Págs 285-282 (em português: Raízes e Asas)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bem vindo! Deixe aqui seu comentário.