A questão do Poder


O que dá poder e o que tira o poder?

Existe o poder interior que é fruto das vitorias sobre si mesmo. Quando dominamos a nós mesmos.

Esse é um poder que ninguém tira, ele é vivenciado dentro de você mesmo. A orientação vem de dentro.

A força que te move adiante, nasce de dentro.

Resulta em autonomia.

"Servir-se da sua própria razão é ser autónomo e, portanto, livre. Imanuel Kant"


Essencialmente o poder é uma grande questão, falarei um pouco sobre isso, baseado nos estudos sistêmicos e dentro da abordagem das Constelações Familiares.

Bert Hellinger expressa seu ponto de vista em relação as lutas de poder. E eu digo, como elas são perniciosas no desenvolvimento de um bom senso social e evidentemente de relações sustentáveis.

Na política por exemplo, as lutas de poder acabam por prejudicar um povo inteiro, uma nação pode ser destruída,  famílias, lares, comunidades e o patrimônio cultural de um grupo social.

O poder cega o individuo.

Bert Hellinger diz: - Sempre que existem lutas pelo poder, não se olha para os mais fracos.

Os mais fracos são explorados, numa cultura opressora, que em nome da soberania de um grupo, aniquila o individuo.

Nas famílias, as lutas de poder, entre o casal, coloca em risco o bem estar dos filhos.

Quando olhamos para o outro verdadeiramente, podemos reconhecê-lo e isso gera força.

Quando renunciamos a atitude arrogante de sobrepujar o outro, em uma competitividade desenfreada e inconsciente permitimos que a paz possa ser promovida.

Cida Medeiros




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bem vindo! Deixe aqui seu comentário.