Pais Idosos

"Os filhos têm a obrigação de cuidar dos pais idosos. Mas muitos filhos receiam o que os espera quando os pais estiverem velhos. Isso porque imaginam que deverão cuidar dos pais do modo que eles quiserem. Quando se sentem pressionados assim, sua preocupação é justa.

A solução seria dizer aos pais: "Faremos o que for melhor para vocês". Eis uma situação completamente diferente, mas o que é certo pode não corresponder ao que os pais ou filhos imaginam.

Existe uma dinâmica específica por trás desse problema: os filhos não conseguem ver os pais como são.

Independentemente de sua idade real, logo que os encontram, os filhos tendem a comportar-se como se tivessem 5 ou 6 anos. Os pais, por sua vez, vêem e tratam os filhos como se eles também tivessem 5 ou 6 anos, independentemente de sua idade real.

A única exceção a essa regra que pude constatar foi uma psiquiatra que, durante um seminário, insistiu que ela e a filha eram perfeitamente iguais. Mais tarde, na hora do café, ela começou a falar de sua "pequena Snookie" até que alguém lhe perguntou quem era a tal Snookie. Ela respondeu: "Minha filha!". A pequena Snookie tinha 35 anos de idade (risos). Aí está a única exceção de que tenho conhecimento.

O que realmente necessitamos pode ser arranjado.

Durante uma sessão, uma empresária muito bem-sucedida avisou que precisava telefonar para sua mãe hospitalizada. Ela desejava ardentemente que a filha a levasse para casa e cuidasse dela. A mulher achava que não poderia fazê-lo por causa das suas obrigações profissionais. Eu lhe disse: "Sua mãe tem prioridade. Cuide primeiro dela e depois de seus negócios". A mulher protestou que era impossível. Continuei então:

"Pense um pouco no assunto. Você sabe o que é prioritário, o que é importante. Deixe essa idéia tomar corpo dentro de você".

Como freqüentemente acontece quando alguém já está preparado para fazer a coisa certa, a solução foi inesperada. Ela recebeu a chamada de uma enfermeira altamente competente que desejava cuidar de pessoas idosas. Cobrava caro, mas a mulher tinha dinheiro e ficou feliz em pagar. Foi essa a solução.

Quando os filhos aceitam livremente sua responsabilidade desde o início, os pais acham mais fácil deixar que partam, pois sabem que estarão de volta quando precisarem deles. Os filhos se sentem mais livres para partir, pois sabem que não os estão abandonando; e ficam aliviados quando podem finalmente dar alguma coisa aos velhos pais." - Bert Hellinger

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bem vindo! Deixe aqui seu comentário.