O que é Constelação Familiar?

Bert e Sophie Hellinger

O que é Constelação Familiar?

É uma abordagem Terapêutico Fenomenológica, que acolhe os conflitos, problemas, questões e queixas das pessoas com o enfoque nas Ordens do Amor, permitindo desfazer emaranhados, que quase sempre tem origem na Família, principalmente no relacionamento com os pais. E através dessa metodologia singular, emergem soluções que visam restabelecer a ordem do amor, ou em ultima instância o Movimento do Espirito que é absolutamente sábio.



Porém, existem outros emaranhamentos que podem ser visto com a Constelação familiar como por exemplo: - relacionamentos doentios, problemas conjugais, dificuldades afetivas e muitos outros.
Como também podemos verificar outros sintomas como doenças, depressões e muitos outros.

Que tem como norte, três princípios básicos:

- A Compreensão de uma "Ordem" chamada de hierarquia no Amor.

- Todos tem Direito de Pertencer e com especial atenção aos que foram excluídos, injustiçados ou não vistos.

- Equilíbrio nas trocas entre dar e receber.


Esse Sistema de Conhecimento foi difundido e ensinado pelo alemão Bert Hellinger e agora também por  Sophie Hellinger, sua esposa atual, que tem acompanhado todos os Seminários e participado com profunda sintonia das vivências conduzidas por Bert e vice e versa, pois ambos trabalham numa sintonia perfeita de casal, as vezes um começa a fazer a Constelação, e cede espaço para o outro continuar, em perfeita sintonia.

Hellinger Science é a escola de Bert Hellinger e Sophie, atualmente fala-se muito do movimento do Espírito, mais que segundo Bert Hellinger, quando lhe perguntei sobre as Ordens do Amor, no Seminário em São Paulo (2013), ele disse que as Ordens do Amor continuam tendo sua importância e que continuam valendo.

Então, vou falar um pouco mais sobre as Ordens do Amor:

Parte-se de um principio que se essas "Ordens do Amor" quando não são respeitadas num Sistema Familiar ocorre desequilíbrios e consequências, onde todos sofrem com isso, mesmo que não tenham consciência. E por conta dessa dinâmica oculta familiar, seus membros carregam fardos de seus antepassados e não recebem um força necessária para que suas vidas possam seguir em equilíbrio. Os prejuízos são muitos.

São Três Ordens do Amor:

- Direito de Pertencimento
- Hierarquia
- Equilíbrio no Dar e Receber.

Como é feito?

A pessoa depois de ser orientada pelo Terapeuta que está responsável por dirigir seu trabalho de Constelação e depois de ter feito uma anamnese para identificar como proceder ele vai orientar a pessoa para que escolha seus representantes e esses possam trazer a tona a dinâmica oculta que esta aprisionando a pessoa em suas questões familiares.

É muito interessante:

A pessoa escolhe um membro do grupo para representar a si mesmo, outro para representar outros itens, que o Terapeuta entendeu como necessário naquele caso, e logo os representantes seguem os movimentos que vão trazendo informações que o Orientador irá utilizar com conhecimento da Técnica e vai seguindo o que surge para dar continuidade a solução sistêmica, ou o movimento que é necessário em cada caso.

Existem inúmeras variações. As vezes colocamos a própria pessoa, as vezes mudamos algumas coisas, segunda a orientação interna, na escuta imaterial do Campo que se forma. Como eu sempre digo, "O Campo é o Terapeuta", nos apenas afinamos essa escuta para seguir uma orientação mais profunda e mais conectada possível.

É um trabalho muito sério, cuja a abordagem permite que todos os envolvidos possam ser beneficiados.

Autoria: Cida Medeiros
Todos os direitos reservados

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bem vindo! Deixe aqui seu comentário.