Respeito

BERT HELLINGER - SOBRE RESPEITO
"Respeitar significa, antes de tudo, reconhecer. Respeitar uma pessoa é reconhecer que ela existe, que é como é, e que é certa da maneira como é. Isso pressupõe que eu me respeite da mesma forma - que eu reconheça que existo, que sou como sou e que, tal como sou, também sou certo.
Quando respeito a mim e ao outro dessa maneira, renuncio a construir uma imagem de como deveríamos ser. Sem essa imagem não existe juízo sobre o que seria melhor. Nenhuma imagem construída se interpõe entre mim e a realidade, tal como ela se mostra.
Isso possibilita um segundo elemento, que também pertence ao respeito: eu amo o real, tal como ele se mostra. Isto significa, antes de tudo, que me amo tal como sou, amo o outro tal como ele é, e amo a maneira de sermos diferentes.
O respeito inclui ainda um terceiro elemento, talvez o mais belo: eu me alegro com o real, tal como se manifesta. Alegro-me comigo tal como sou; alegro-me com o outro, tal como ele é, e alegro-me com o fato de que sou diferente dele e ele é também de mim.
Esse respeito mantém distância. Ele não invade o outro e não permite que o outro me invada, me imponha alguma coisa ou disponha de mim de acordo com sua imagem. Ele torna possível que nos respeitemos sem nada querer um do outro.
Quando precisamos ou queremos algo, um do outro, devemos ainda questionar um quarto ponto: nós nos promovemos mutuamente ou inibimos o desenvolvimento nosso ou do outro?
Se, da forma como somos, impedimos nosso desenvolvimento ou o do outro, o respeito nos separa, ao invés de nos aproximar. Nesse caso, devemos cuidar para que cada um siga o seu próprio caminho e se afaste. Com isso, o amor e o contentamento por mim e pelo outro se aprofundam, em vez de diminuir. Por quê? - Porque o amor e a alegria são tranquilos, como o respeito."
Bert Hellinger

Amor Profundo Pelos Pais

O Amor Profundo Pelos Pais

"Estamos todos ligados às nossas famílias por um amor muito profundo. Por este amor as crianças estão prontas a sacrificar tudo. Se soubéssemos isto, compreenderíamos as crianças. Elas até estão prontas a sacrificar as suas vidas se pensarem que vão ajudar os pais com isso.

E querem ser como os seus pais. Esta é a razão porque podemos observar que em certos sistemas sociais, digamos classes sociais, aqueles da classe mais baixa não a querem deixar, porque não ousam fazer melhor do que os seus pais.

Podemos ver que numa sociedade onde há oportunidades iguais para todos, aqueles da classe mais baixa, frequentemente não aproveitam as oportunidades por amor aos seus pais. Não ousam estar acima dos pais.

Só o farão com a concordância deles, por exemplo se disserem aos pais: 'Se fizer melhor que tu, provarei a todos como tu és bom.' Assim, por amor aos seus pais a criança pode fazer isto. Mas se alguém diz: 'Vou provar que sou melhor que tu.' irá falhar pouco tempo depois, porque a criança dentro dele não pode tolerar ser melhor que os pais."

Bert Hellinger

Sobre Sintonia

Uma verdade profunda de Gregg

" A Matriz do universo é holográfico, o que significa que qualquer parte do campo contém todo o resto no campo. Em outras palavras, não há razão para pensar que é mais fácil entrar em sintonia com os nossos entes queridos se eles estão na sala ao lado do que se eles estão em outro continente."

www.greggbraden.com

Essa citação sobre a Matriz do Universo veio bem nessa manhã.

Vou compartilhar algo aqui, em outubro na Alemanha, no Camp Internacional da Escola de Hellinger, Angelica Olvera compartilhou como foi para ela superar a morte da mãe dela, ...ela simplesmente incluia a mãe e conversava com ela dentro do seu coração...como se ela estivesse ali...

Parece estranho isso?

As Constelações ensinam a honrar nossos pais e incluí-los, se eles já estão mortos, é uma forma de aliviar o sofrimento.

Se você tem traumas é bom pensar em supera-los com uma boa ajuda profissional.

Cada pessoa é como uma árvore...seus pais são suas raízes...

É obvio que para muita gente isso é algo muito delicado...mais as Constelações vieram para ajudar nisso.

Cida Medeiros

Respeito

Os efeitos de quando não respeitamos e quando respeitamos os parceiros anteriores

Frequentemente, um parceiro anterior é excluído por medo de que ele possa atuar de forma ruim na família. Mas exatamente, se procedemos assim, é que ele atua de maneira negativa. Não porque ele seja ruim, mas sim porque não é respeitado. O sistema não tolera que uma pessoa que lhe pertence não seja respeitada. Quando não se reconhece isso, por exemplo, quando o marido diz à mulher anterior: "Eu ainda não tinha visto você direito", e agora ele olha para ela, então ela fica amável. As pessoas são profundamente amáveis, quando respeitadas. Então, o segundo relacionamento tem uma possibilidade muito mais profunda e plena.

(Bert Hellinger no livro O Essencial é Simples)

Sobre a Perfeição

O homem que deseja ser perfeito, inevitavelmente torna-se um neurótico, porque não consegue estar aqui. Ele vive no futuro, que não existe. Não pode desfrutar o presente momento, só condená-lo. Não pode amar esta mulher, porque tem uma idéia da mulher perfeita. Não pode amar este homem, porque ele não é perfeito. Não pode saborear este alimento, esta refeição, esta manhã, nada mais o satisfaz, não pode satisfazer. Sua expectativa está sempre presente: ele está sempre comparando e sempre se decepcionando.
        O homem que vive com desejo de perfeição, tem a vida condenada. E a sociedade colabora com isso. Os pais, as escolas, os colégios, as universidades, os mahatmas , os sacerdotes, os políticos, todos colaboram para neurotizá-lo.
        Desde a infância, você não é aceito como você é. Disseram-lhe: “Seja desta maneira, só assim você será aceito”. Se quiser viver a vida do seu jeito, você será condenado por todos, todos ficarão contra você. Seus pais não poderão suportá-lo. Precisam moldar, formar, mudar, manipular. Eles precisam fabricar você de acordo com os desejos deles.
Osho

Quem quiser ler o texto todo, está nesse link
http://www.oshobrasil.com.br/texto38.htm

Bert Hellinger Uma Vida




2015 - Bert Hellinger completou 90 anos - “Uma vida a serviço da reconciliação e da paz”

Neste vídeo traduzido por Matthias Bronk em português e disponibilizado pelo canal da Hellinger Lebenschule, podemos aprender um pouco sobre a vida e obra deste grande pensador e facilitador, criador das Constelações Familiares.

Anton "Suitbert" Hellinger (Leimen, 16 de Dezembro de 1925), conhecido como Bert Hellinger.

No panorama europeu é provavelmente um dos psicoterapeutas mais desafiantes e um dos autores mais lidos no âmbito da psicoterapia.

Antigo padre e missionário junto dos Zulus na África do Sul, foi educador, psicanalista, terapeuta corporal, terapeuta em dinâmica de grupos, terapeuta familiar – toda uma experiência de vida e sabedoria que se transmitem ao seu trabalho.

As constelações familiares, que se tornaram a marca da sua abordagem, e as suas observações acerca dos emaranhamentos sistémicos e a forma de os solucionar, tocaram a vida de milhares de pessoas e modificaram o modo como muitos profissionais da relação de ajuda conduzem o seu trabalho.

Bert Hellinger escreveu mais de 64 livros, traduzidos em mais de 25 línguas. O seu trabalho está documentado em numerosos CDs e DVDs.

Bert Hellinger is probably Europe’s most innovative and provocative psychotherapist and a best-selling psychotherapy author. A former priest and a missionary to the Zulu in South Africa for 16 years, as well as an educator, a psychoanalyst, body therapist, group dynamic therapist, and a family therapist, he brings a lifetime of experience and wisdom to his work. The family constellations, which have become the hallmark of Hellinger’s approach, as well as his observations about systemic entanglement and resolution, have touched the lives of thousands of people and have changed how many helping professionals carry out their own work.

Maiores informações: http://www2.hellinger.com/en/home/ber...
Fonte: Canal do Yotube

MAYA?

Maya - A Ilusão e o Código de Lebiniz

Quando Buda disse “Tudo é ilusão”, ele não quis dizer que nada é real. Ele quis dizer que as nossas projeções mentais sobre o que achamos que é a realidade são ilusões, e também quis dizer que os elementos que formam o universo e cada forma que nós vemos (solida, liquida, gasosa ou plasmática) se forem pegas e vistas a nível subatômico elas não existem de fato, ou pelo menos não existem como nós imaginávamos que elas existiam, como "matéria física", rígida. Portanto tudo que vemos é uma ilusão, por causa de seu molde ou forma e não por sua essência real. Para o Budismo tudo é a mente, e essa ideia vem ganhando espaço no âmbito cientifico atualmente, pois mesmo que haja um mundo fora de nós mesmos, toda a nossa percepção da realidade é um acontecimento dentro do nosso sistema nervoso.

Graças a física, a física quântica e a lógica, podemos começar entender de forma cientifica e simples como a realidade funciona e que esse termo pode ser muito relativo. Basta saber que todo universo conhecido é composto por átomos, e os átomos não são sólidos. Os elétrons orbitam em volta do núcleo, mas eles nunca se encostam, assim como você nunca encostou em nada na sua vida, pois os elétrons que orbitam o átomo se repelem (cargas negativas se repelem e o elétron é uma partícula negativa), logo o que você sente através do sentido não é nada mais que impulsos elétricos que trafegam em nosso sistema nervoso em direção ao cérebro, que por sua vez decodifica esses impulsos.

Toda essa "realidade física" de 3 dimensões(Altura, largura e profundidade = Espaço. São 4 se você contar o Tempo. Não confundir Dimensões com Densidades/Planos) é percebida pelos nossos 5 sentidos, visão, audição, olfato, tato e paladar, que são todos apenas sinais elétricos interpretados por nossos cérebros.

Um bom exemplo disso são as imagens que você está vendo no seu computador, que são criadas a partir da interpretação digital de códigos binários.
Em 1713 um matemático suíço, chamado Leibnitz, criou as bases do sistema matemático binário, onde os valores são expressos em função dos estados "1" (ligado, positivo) e "0" (desligado, negativo). Foi a partir daí que foi possível o desenvolvimento dos sistemas binários que é a base dos computadores.
Como podem meros números criarem tudo que vemos digitalmente? Como alguém criou isso? Foi possível porque a mente humana é programada para reproduzir padrões, a realidade digital é uma réplica mais ou menos similar a realidade que chamamos de "material".
O próprio Leibnitz indicou a semelhança entre seu sistema binário e o I-Ching, que são 64 variações de Yin e Yang, ou seja, vazio e o conteúdo, negativo e positivo.
Sendo assim, podemos dizer que TUDO que ocupa espaço são partes de um sistema de códigos. Nossos corpos são um conjunto de códigos programados para interpretar mais códigos. Esse conglomerado ou esse conjunto de códigos que forma quem nós somos está contido numa "chave biológica" chamado DNA, o nosso Código Genético.

FONTE: Uma pagina do Face chamado: Oculto Revelado.

Bom dia pra quem é do Dia
E Boa Noite pra quem é da Noite
E bom instante presente!

Como Incluir com Amor

"Na família, às vezes, certas pessoas são excluídas ou desaparecem de nossa memória. Não se pensa mais nelas. Ou ainda estamos ligados a alguém que já está morto há muito tempo ou estamos zangados com alguém da família e não queremos mais saber dele.

O que acontece quando sinto a perda de alguém por muito tempo?

Uma parte de minha alma fica com ele ou ela, e isso pesa não somente sobre mim, mas também sobre ele ou ela. Contudo, se coloco novamente dentro de mim o que deixei com a outra pessoa, ela fica livre. Se coloco essa pessoa em minha alma, com amor, como um todo, como ela é, fico enriquecido e, o que é estranho, é que também me liberto dela. Através do 'tomar com amor' conquistamos a outra pessoa, e ela se torna uma parte de nós. Ao mesmo tempo, nos libertamos dela e ela se liberta de nós.

Um exemplo simples: se eu der aos meus pais, com amor, um lugar em minha alma, eu os tenho, sinto-me pleno e ricamente presenteado.

Ao mesmo tempo, estou também separado deles. Estou liberto deles, porque eu os tomei.

Essa é, portanto, a estranha contradição: através do tomar, fico enriquecido, e ao mesmo tempo, livre. A outra pessoa também fica livre de mim, porque a tomei com amor. Ela não perde nada se tomei algo dela. Muito pelo contrário, enriquece com isso. E vice-versa, se eu me recuso a tomar algo, os dois empobrecem: aquele que quis me dar algo e eu, que me recusei a tomar algo." - Bert Hellinger

Próxima vivência

- 27/08/16 das 14 as 19 hs SP Itaim  - Rua Prof. João de Brito, 120

- 28/08/16 das 13 as 18 hs
Bragança Paulista - SP - Condomínio Villa Firenze.

- 30/08/16 das 19:30 as 22:30 hs - SP - Rua Prof. João de Brito, 120

Guarda Compartilhada



Estamos vivendo uma época promissora, onde temos a oportunidade de aprender com as Ordens do Amor sobre as questões intrínsecas do Ser Humano no que tange suas relações, princialmente a família.

Vou aproveitar e compartilhar esse material sobre Direito, que orienta sobre a Guarda Compartilhada.




“Da constelação familiar resulta uma imagem. Esta imagem penetra profundamente na alma. De repente a alma vê: este é o caminho”. 
Bert Hellinger

E sobre a Visão Sistêmica, esse excelente artigo sobre as Constelações Familiares aplicadas ao Direito Sistemico do colega René Shubert, publicado no Blog do Dr. Sami Storch.

René, aborda com clareza a questão do Dar e Receber, uma das Leis do Amor, sobre o conflito dos filhos na separação, sobre as brigas do casal e a questão mais fundamental e as suas consequências.
Cida Medeiros

Quem pertence a Família ?

Pertence a Família:

. Os bisavós, os avós, os pais e filhos.

. Os irmãos e meio-irmãos.

. Os que não nasceram, isto é, os abortos naturais e provocados.

. Os que morrerram em acidentes.

. Os esquecidos ou excluídos.

. Relacionamentos Importantes com companheiros anteriores.


Ho'oponopono - Oração para Liberação

Morrnah Namalaku Simeona


Ho’oponopono,

Oração Original de MorrnahNamalaku Simeona

Divino Criador, Pai, Mãe, filho - Todos em Um.

Distúrbios da Fala

"Algumas vezes esconde-se um segredo por trás da gagueira e outros distúrbios da fala. Um segredo que quer vir à luz e que, ao mesmo tempo, provoca medo na família como, por exemplo, uma criança que é mantida em segredo. Quando isso é revelado e olhado através das Constelações Familiares, não existe mais nada que obstrua o caminho para uma fala clara.
Por isso, frequentemente as crianças apresentam distúrbios de fala porque os seus pais querem ou precisam esconder algo. Só depois que os pais puderem falar abertamente sobre isso, os filhos terão a possibilidade de deixar para trás o distúrbio de fala".
Bert Hellinger, trecho extraído do livro O Amor do Espírito, Ed. Atman

DNA de Luz

Cientistas revelam: DNA possui funções mediúnicas: telepatia, irradiação e contato interdimensional!

“Nosso DNA é um biocomputador”, dizem cientistas russos.

Pesquisas científicas estão explicando os fenômenos como a clarividência, a intuição, atos espontâneos de cura e autocura e outros.

Quando os cientistas começaram a desvendar o mundo da genética, compreenderam a utilidade de apenas 10% do nosso DNA.

O restante (90%) foi considerado “DNA LIXO”, ou seja: sem função alguma para o corpo humano.

Porém, este fato foi motivo de questionamentos, pois alguns cientistas não acreditaram que o corpo físico traria algum elemento que não tivesse alguma utilidade.

E foi assim que o biofísico russo e biólogo molecular Pjotr Garjajev e seus colegas iniciaram pesquisas com equipamentos “de ponta”, com a finalidade de investigar os 90% do DNA não compreendido.

E os resultados apresentados são fantásticos, atingindo aspectos antes considerados “esotéricos” do nosso DNA.

O QUE AS PESQUISAS ESTÃO CONCLUINDO?

1. O DNA tem capacidade telepática

A partir das últimas pesquisas, cientistas concluíram que o nosso DNA é receptor e transmissor de informações além do tempo-espaço.

Segundo essas pesquisas, o nosso DNA gera padrões que atuam no vácuo, produzindo os chamados “buracos de minhoca” magnetizados! São “buracos de minhocas” microscópicos, semelhantes aos “buracos de minhocas” percebidos no Universo.

Sabe-se que “buracos de minhocas” são como pontes ou túneis de conexões entre áreas totalmente diferentes no universo, através das quais a informação é transmitida fora do espaço e do tempo.

Isto significa que o DNA atrai informação e as passa para as células e para a consciência, uma função que os cientistas estão considerando como a internet do corpo físico, porém muito mais avançada que a internet que entra em nossos computadores.

Esta descoberta leva a crer que o DNA possui algo que se pode chamar de telepatia interespacial e interdimensional. Em outras palavras, O DNA está aberto á comunicações e mostra-se suscetível a elas.

Pesquisas relacionadas à recepção e transmissão de informações através do DNA estão explicando os fenômenos como a clarividência, a intuição, atos espontâneos de cura e autocura e outros.

2. Reprogramação do DNA através da mente e das palavras

O grupo de Garjajev descobriu também que o DNA possui uma linguagem própria, contendo uma espécie de sintaxe gramatical, semelhante á gramática da linguagem humana, levando-os a concluir que o DNA é influenciável por palavras emitidas pela mente e pela voz, confirmando a eficácia das técnicas de afirmação, de hipnose (ou auto hipnose) e de visualizações positivas.

Esta foi uma descoberta impressionante, pois diz que se nós adequarmos as frequências da nossa linguagem verbal e das imagens geradas por nosso pensamento, o DNA se reprogramará, aceitando uma nova ordem e uma nova regra, a partir da ideia que está sendo transmitida.

O DNA, neste caso, recebe a informação das palavras e das imagens do pensamento e as transmite para todas as células e moléculas do corpo, que passam a ser comandadas segundo o novo padrão emitido pelo DNA.

Os cientistas russos estão sendo capazes de reprogramar o DNA em organismos vivos, usando as frequências de ressonância de DNA corretas e estão obtendo resultados bastante positivos, especialmente na regeneração do DNA danificado!

Utilizam para isso a Luz Laser codificada como a linguagem humana para transmitir informações saudáveis ao DNA e essa técnica já está sendo aplicada em alguns hospitais universitários europeus, com sucesso em vários tipos de câncer de pele. O câncer é curado, sem cicatrizes remanescentes.

3. O DNA responde á interferências da Luz Laser

Continuando nessa linha de pesquisas, o pesquisador russo Dr. Vladimir Poponin, colocou o DNA em um tubo e enviou feixes de Luz Laser através dele. Quando o DNA foi removido do tubo, a Luz Laser continuou a espiralar no DNA, formando como que pequenos chacras e um novo campo magnético ao redor do mesmo, maior e mais iluminado que o anterior.

O DNA mostrou-se agir como um cristal quando faz a refração da Luz, concluindo que o DNA irradia a Luz que recebe.

Esta descoberta levou os cientistas a uma maior compreensão sobre os campos eletromagnéticos ao redor das pessoas, assim como também compreenderam que as irradiações emitidas por curadores e sensitivos acontecem segundo esse mesmo padrão: receber e irradiar, aumentando e preenchendo com Luz o campo eletromagnético ao redor.

Assuma o Comando do seu Ser!

As pesquisas estão ainda em fases iniciais, e os cientistas acreditam que ainda vão descobrir muitas outras coisas interessantes!

Por enquanto, as conclusões nos estimulam a continuarmos com as técnicas de afirmações positivas, cuidando dos nossos pensamentos e das imagens por ele geradas, a fim de que as transmissões sejam correspondentes a saúde, ao bem estar e a harmonia, enviadas não apenas ao DNA como também para todo o corpo!

Tenho certeza de que o nosso DNA agradece por suas informações positivas transmitidas a ele!

Que tal melhorar as suas transmissões verbais e mentais?

Comunique-se positivamente com seu corpo e reprograme seu DNA!

Tania Resende

Nota:
Todas as informações do texto acima estão contidas no livro “Vernetzte Intelligenz” von Grazyna Fosar und Franz Bludorf, ISBN 3930243237, resumidos e comentados por Baerbel.

O livro, infelizmente, só está disponível em Alemão até agora. Você pode alcançar os autores aqui:

http://www.fosar-bludorf.com

Também poderá ouvir o próprio Pjotr Garjajev falar neste vídeo:
http://www.youtube.com/watch?v=COkbjvK0qws

Relacionamentos


Queridos, compartilhando o Vídeo com a Palestra de Vera Bassoi, vale a pena ouvir.

Site da Comunidade: http://www.consteladoressistemicos.com



Relacionamento como um Espelho





Relacionamento como um Espelho

- O amor se relaciona, mas não é relacionamento, que é algo acabado. Ele é como um rio fluindo, interminavelmente. Há flores do amor que só desabrocham após uma longa intimidade. Relacionar-se significa que estamos sempre começando, sempre tentando nos tornar conhecidos. A alegria do amor está na exploração da consciência. Quando investigamos o outro, fazemos o mesmo conosco. 

Aprofundando-nos no outro, nos aprofundamos em nós mesmos. Tornamo-nos espelhos para o outro e o amor torna-se meditação. Quando mais descobrimos, mais misterioso o outro se torna: o amor é uma aventura constante. Quando estamos apaixonados, a linguagem não é necessária. O amor não escraviza, não é possesivo nem exigente. Ele liberta, permitindo aos amantes voarem alto, em direção a Deus. Quando apreciamos nossa solidão, nos tornamos meditadores.

Só quem é capaz de ser feliz sozinho pode contribuir com a felicidade de outro.


(Osho)

Medo


"Dizem que antes de um rio entrar no mar, ele treme de medo. Olha para trás, para toda a jornada que percorreu, para os cumes, as montanhas, para o longo caminho sinuoso que trilhou através de florestas e povoados, e vê à sua frente um oceano tão vasto, que entrar nele nada mais é do que desaparecer para sempre. Mas não há outra maneira. O rio não pode voltar. Ninguém pode voltar. Voltar é impossível na existência. O rio precisa de se arriscar e entrar no oceano.
E somente quando ele entrar no oceano é que o medo desaparece, porque apenas então o rio saberá que não se trata de desaparecer no oceano, mas de tornar-se oceano."

Osho

Gratidão




Gratidão por ter milhões de motivos para ser Grata! 
Gratidão, Gratidão e mais gratidão por todas as pessoas boas que estão no meu caminho.
pela prosperidade crescente,
pela abundância visível,
por ter sábias pessoas a minha volta,
por todo o dia aprender algo novo,
pelo trabalho que amo,
por ser quem eu sou!
por me amar, me respeitar e fazer escolhas inteligentes sempre!
por ter um Espirito que me Guia,
 e por sê-lo mais Divino que posso conceber em meus pensamentos.
  por fazer parte de minha alma familiar e estar evoluindo sempre!!!
Por ter instrumentos que empoderam e recursos que libertam!
Gratidão Infinita ao Divino que me trouxe ate aqui!!!!
Gratidão!
Gratidão!
Gratidão!
Por que posso ver!
E ver...é ser Livre...

Crescimento Interno


"O crescimento interno se realiza quando se dá espaço para algo novo. Esse algo novo é, na maioria das vezes, algo que se negou antes, por exemplo, a própria sombra. Ou algo pelo qual se lastima, por exemplo, uma culpa pessoal.
Se olho para aquilo que neguei e digo: “Sim, agora tomo você em minha alma”, então cresço. Não é que agora seja inocente, mas cresço. Os inocentes não conseguem crescer. Continuam sempre do mesmo jeito. Continuam sempre sendo crianças."
Bert Hellinger (no livro "Ordens da Ajuda")


Texto compartilhado pelo colega Rene Shubert

Teremos vivência esse fim de Semana - Sábado dia 14/05/16 das 14:30 hs as 18:30
No Instituto Paz Geia - Rua Prof. João de Brito, 120
Inscreva-se

O amor um estado de Ser

O AMOR BASICAMENTE É UM ESTADO DE SER

“A coisa real não é um
relacionamento mas um estado; a pessoa não ama, mas é amor.

Toda vez que eu falar sobre amor lembre-se disso:
estou falando sobre o estado de amor.

Sim, relacionamento é perfeitamente bom,
mas ele vai ser falso se você
não tiver atingido o estado de amor.

Assim o relacionamento não é só uma pretensão,
mas uma perigosa pretensão,
porque ele pode ir enganando você:
pode continuar lhe dando a noção de que você sabe o que é amor, e você não sabe.

O amor basicamente é um estado de ser:
a pessoa não está amando, a pessoa é amor.

E esse amor surge não ao apaixonar-se por alguém.

Esse amor surge indo para dentro – não caindo mas elevando-se, voando muito alto, mais alto do que você.
É um tipo de ultrapassagem.

Um homem é amor quando seu ser é silencioso:
é a canção do silêncio.

Um Buda é amor, um Jesus é amor – não em amor com uma pessoa em particular, mas simplesmente amor.

Seu próprio clima é amor.

E não é endereçado a alguém em particular, é espalhado em todas as direções.

Qualquer um que chegue perto de um Buda o sentirá,
será inundado por ele, será banhado nele.

E ele é incondicionalmente assim.

O amor não dá nenhuma condição, nenhum ‘se’, nenhum ‘mas’.

O amor nunca diz
”Preencha esses requisitos, então eu te amarei.”
O amor é como respirar:
quando acontece você é simplesmente amor.

Não importa quem chegue perto de você,
o pecador ou o santo.

Quem quer que chegue perto de você começa a sentir a vibração do amor, é alegrado.

O amor é doação incondicional

– mas somente aqueles que têm são capazes de dar."

Osho, The Guest, Capítulo #5

Luz e Escuridão




"Quando a LUZ está ACESA na CASA, a ESCURIDÃO NÃO pode ENTRAR. 
Os pensamentos são como a escuridão: eles entram somente se não há luz dentro. 
A Consciência é Fogo: quanto mais você se torna consciente, os pensamentos entram cada vez menos."

OSHO

Mãe Desnecessária

MÃE DESNECESSÁRIA
(Dalai Lama)

A boa mãe é aquela que vai se tornando desnecessária com o passar do tempo.

Várias vezes ouvi de um amigo psicanalista essa frase, e ela sempre me soou estranha.

Chegou a hora de reprimir de vez o impulso natural materno de querer colocar a cria embaixo da asa, protegida de todos os erros, tristezas e perigos.  Uma batalha hercúlea,confesso. 

Quando começo a esmorecer na luta para controlar a super-mãe que todas temos dentro de nós, lembro logo da frase, hoje absolutamente clara.

Se eu fiz o meu trabalho direito, tenho que me tornar desnecessária.

Antes que alguma mãe apressada me acuse de desamor, explico o que significa isso.

Ser "desnecessária" é não deixar que o amor incondicional de mãe, que sempre existirá, provoque vício e dependência nos filhos, como uma droga, a ponto de eles não conseguirem ser autônomos, confiantes e independentes. Prontos para traçar seu rumo, fazer suas escolhas, superar suas frustrações e cometer os próprios erros também.

A cada fase da vida, vamos cortando e refazendo o cordão umbilical.  A cada nova fase, uma nova perda é um novo ganho, para os dois lados, mãe e filho.

Porque o amor é um processo de libertação permanente e esse vínculo não pára de se transformar ao longo da vida.

Até o dia em que os filhos se tornam adultos, constituem a própria família e recomeçam o ciclo.

O que eles precisam é ter certeza de que estamos lá, firmes, na concordância ou na divergência, no sucesso ou no fracasso, com o peito aberto para o aconchego, o abraço apertado, o conforto nas horas difíceis.

Pai e mãe - solidários - criam filhos para serem livres.  Esse é o maior desafio e a principal missão.

Ao aprendermos a ser "desnecessários", nos transformamos em porto seguro para quando eles decidirem atracar.

"Dê a quem você Ama :
- Asas para voar...
- Raízes para voltar...
- Motivos para ficar... "

- Dalai Lama

Abraços  a todas as mães e também aos pais!!

Gratidão a minha mãe que sempre me dizia que eu não precisasse deles para nada, que eu progredisse sempre e fosse cada vez mais bem sucedida. Minha Mãe foi um grande exemplo pra mim! Gratidão onde quer que a Senhora esteje, fique em paz, certa que estamos bem e preparados para viver...a saudades é infinita...mais continuamos seguindo em frente.

Cida Medeiros

Palavras de Krion

O Que vou compartilhar aqui são ensinamentos de Kryon, no Yotube tem várias canalizações...essa se não me engano é sobre Sincronicidade.

Ele diz:
"Querido Deus, coloque-me no lugar certo que eu não sei onde é.
Querido Deus, quando fazê-lo, faça-o confortável para mim, para que eu veja o sentido, torne-o mais fácil e me traga as situações apropriadas para me levar até lá.

"Querido Espirito, se eu devo encontrar alguém, então, deixe-me ter a possibilidade de pelo menos procurar por isso...

Kryon diz, que isso não significa não saber o que quer, ou ficar passivo, e sim, permitir que algo maior e diferente das nossas programações negativas nos conduza além...

...estar entregue a uma inteligência superior...

...existe uma sabedoria nata, uma consciência dentro do coração...que trabalha...devemos nos permitir ouvir...

Boa Reflexão
Cida Medeiros

Coragem


A palavra coragem é muito interessante. Ela vem da raiz latina cor, que significa "coração". Portanto, ser corajoso significa viver com o coração.

E os fracos, somente os fracos, vivem com a cabeça; receosos, eles criam em torno deles uma segurança baseada na lógica.

Com medo, fecham todas as janelas e portas – com teologia, conceitos, palavras, teorias – e do lado de dentro dessas portas e janelas, eles se escondem.

O caminho do coração é o caminho da coragem. É viver na insegurança, é viver no amor e confiar, é enfrentar o desconhecido.

É deixar o passado para trás e deixar o futuro ser. Coragem é seguir trilhas perigosas.

A vida é perigosa. E só os covardes podem evitar o perigo – mas aí já estão mortos.

A pessoa que está viva, realmente viva, sempre enfrentará o desconhecido. O perigo está presente, mas ela assumirá o risco.

O coração está sempre pronto para enfrentar riscos; o coração é um jogador. A cabeça é um homem de negócios. Ela sempre calcula – ela é astuta. O coração nunca calcula nada.
Osho