Jornada Almada Casamento dos Opostos

PAZ GEIA convida
Jornada de Iniciação Xamânica em Almada
O CASAMENTO DOS OPOSTOS - a Integração Matricial
Uma oportunidade maravilhosa para você que quer se aprofundar,
cada vez mais, no seu auto-conhecimento, em busca da cura interior.
Conduzidos por Carminha Levy e sua assistente Maria Luiza Rezende,
em Almada, nosso Santuário Sagrado, local de muita paz e recolhimento,
teremos três dias de um caminhar interno intenso, seguro e feliz: o nosso próprio
"Caminho do Herói"
Ao percorrer o Caminho do Coração o Xamã, em busca de sua totalidade, o "Self" inevitavelmente terá que se defrontar com a grande guardiã do nosso umbral pessoal:
A Sombra, nossa irmã escura (oculta). Este encontro nos leva a despertar a fonte inesgotável de Cura, Religiosidade e Criatividade, que tem seu acesso bloqueado pelos interditos pessoais e coletivos,
Ao acolhermos nossa irmã Sombra, estaremos retirando as vendas do nosso Eu Idealizado, o que nos leva à união dos nossos opostos, que são conscientes, inconscientes e arquetípicos.
Só assim poderemos fazer o casamento do Masculino, a Espada,
com o Feminino, o Cálice, numa sagrada alquimia, recuperando a nossa Verdade.
Nesta Jornada , que se realizará no mundo Profundo Xamânico, percorreremos o Caminho do Herói. Este vai em busca do seu Tesouro e da libertação da Princesa, do Príncipe, que estão prisioneiros do Dragão. Ao recuperar o Tesouro, temos como tarefa sagrada, distribuí-lo aos nossos pares - nosso Projeto de Alma - você no mundo!
com Carminha Levy - mestre xamã e terapeuta transpessoal
e assistente Maria Luiza Rezende didata em xamanismo matricial

Local : Santuário Xamânico da Madona Negra na Praia Brava de Almada - Ubatuba ( veja as fotos de Almada no nosso site)
Data: 29 , 30 de Junho e 01 de Julho - 6ª feira, sábado e domingo
Investimento : R$ 530,00 em 2 parcelas
à vista : R$ 485,00
Paz Géia - Instituto de Pesquisas Xamânicas
Rua Prof. João brito, 120 - Itaim Bibi - São Paulo-S.P.
(11) 3856-5211 / 3845-6759(fax)

Renascimento

Programa Alquimia Interior apresentado e dirigido por Cida Medeiros nesta semana aborda o tema de Renascimento e Transformação Interior.

Cida Medeiros fala sobre a Tecnica do Renascimento a seguir Temas tratados no programa:

E uma tecnica que através da respiração capacita o individuo a um desenvolvimento emocional, psiquico e espiritual.

Com esse método de trabalho é possivel ajudar a pessoa a desenvolver melhor sua personalidade, dissolver entraves,
bloqueios, ansiedades, inseguranças, baixa auto-estima, e desamor.

Renascimento também é conhecida por :

- Respiração Holotropica
- Hiperventilação
- Respiração Circular.


Tem como origem no "Oriente" através das práticas espirituais.

Percusores dessa Técnica:

- Frederick Leboyer
- Leonard Orr
- Stanislav Grof
- Hindus e muitos outros.


É uma prática associado ao desbloqueio emocional e a liberação do fluxo energetico das couraças musculares.

Age principamente nas Neuroses.

Segundo a definição de Gaiarsa, neurose é um padrão de comportamento, pensamento e sentimento que se forma
a partir de uma educação, muitas vezes, baseada na repressão, na violação dos direitos humanos, na tradição de
dominação versus exploração, nas espectativas sociais e "normas" de comportamento, que são os entraves da
educação.

A respiração holotropica facilita a liberação do Id, e consequentemente a liberação emocional de conteúdos
reprimidos.
Recordaçoes de informaçoes do passado, lembranças da infancia, memorias de vidas passadas, recordações de
lembranças relacionadas a vida intra-uterina.
É possivel haver contatos com experiencias de outros níveis de realidade.

É um trabalho de profunda limpeza interior. Revigora as forças individuais de anima e animus.

Maiores informações:

(011) 55390419 ou (011) 96383190.

Agende uma entrevista, este trabalho pode ser realizado em grupo ou individualmente.

Link para a Videoteca:

http://www.tvespiritualista.com.br/site/catalogo/arquivos.php?idarquivo=700

TV Espiritualista:

http://www.tvespiritualista.com.br/



Cida Medeiros
Psicoterapeuta Holistica com enfoque Transpessoal, formada pela Dinâmica Energética do Psiquismo (DEP), Regressão de Memória, Terapeuta Floral, Reiki, Magnifield Healing, Treinamento nas Técnicas de Cura de Barbara Brennan (Mãos de Luz), Renascimentos, Espiritualista com varias iniciaçoes no Xamanismo, Magia e nas tradiçoes Afro-Brasileiras. Facilitadora de Xamanismo Havaino na Paz Géia.

Lista de Discussão Aloha Ho'ola


Aloha e ke alanui!
A você que veio até meu Blogguer, bem vindo!
Meu querido amigo Jean esta reabrindo a lista de discussão Aloha Ho'ola para
conversar estritamente sobre Huna e suas aplicações psico-filosóficas, metafísicas, paranormais, etc. 
Eu, Cida Medeiros apoio este grupo.
Visitem o grupo e se registrem, aqui vai o endereço :

Paradoxo da Atualidade

Gostei desse texto e resolvi publicar aqui no meu Blog. Hoje percebo que as pessoas de modo geral estão perdendo a conexão com sua própria natureza interior.
Tem pouca resistência para lidar com conflitos, não conseguem sustentar o processo natural da superação de uma dor emocional sem medicação, tem pouca pré-disposição para criar vínculos sólidos e amorosos, pouca disposição de resolver conflitos e por aí vai.
As pessoas viraram peças de Guarda Roupa, também saem de moda ou são substituídas com facilidade por um modelo mais atual.
Um completo vazio de valores fundamentais para uma nova Consciência. Um empobrecimento de critérios de sustentabilidade e uma falta de amor a vida humana e de responsabilidade social.
Enfim, um empobrecimento geral de valores humanos, muita teoria e pouca prática efetiva de mudança de consciência e implantação de uma nova consciência humanitária.
Pouco comprometimento com o bem estar e com a responsabilidade do papel que cada um possui e suas atribuições efetivas, entre direitos e deveres e a consciência do coletivo..
Um bom texto para reflexão.
Cida Medeiros

O PARADOXO DE NOSSO TEMPO
O paradoxo de nosso tempo na história é que temos edifícios mais altos, mas pavios mais curtos; auto-estradas mais largas, mas pontos de vista mais estreitos; gastamos mais, mas temos menos; nós compramos mais, mas desfrutamos menos.


Temos casas maiores e famílias menores; mais conveniências, mas menos tempo; temos mais graus acadêmicos, mas menos senso; mais conhecimento e menos poder de julgamento; mais proficiência, porém mais problemas; mais medicina, mas menos saúde.


Bebemos demais, fumamos demais, gastamos de forma perdulária, rimos de menos, dirigimos rápido demais, nos irritamos muito facilmente, ficamos acordados até tarde, acordamos cansados demais, raramente paramos para ler um livro, ficamos tempo demais diante da TV e raramente oramos.


Multiplicamos nossas posses, mas reduzimos nossos valores. Falamos demais, amamos raramente e odiamos com muita freqüência. Aprendemos como ganhar a vida, mas não vivemos essa vida. Adicionamos anos à extensão de nossas vidas, mas não vida à extensão de nossos anos. Já fomos à Lua e dela voltamos, mas temos dificuldade em atravessar a rua e nos encontrarmos com nosso novo vizinho.


Conquistamos o espaço exterior, mas não nosso espaço interior. Fizemos coisas maiores, mas não coisas melhores. Limpamos o ar, mas poluímos a alma. Dividimos o átomo, mas não nossos preconceitos. Escrevemos mais, mas aprendemos menos. Planejamos mais, mas realizamos menos.


Aprendemos a correr contra o tempo, mas não a esperar com paciência. Temos maiores rendimentos, mas menor padrão moral. Temos mais comida, mas menos apaziguamento. Construímos mais computadores para armazenar mais informações para produzir mais cópias do que nunca, mas temos menos comunicação. Tivemos avanços na quantidade, mas não em qualidade.


Estes são tempos de refeições rápidas e digestão lenta; de homens altos e caráter baixo; lucros expressivos, mas relacionamentos rasos. Estes são tempos em que se almeja paz mundial, mas perdura a guerra nos lares; temos mais lazer, mas menos diversão; maior variedade de tipos de comida, mas menos nutrição. São dias de duas fontes de renda, mas de mais divórcios; de residências mais belas, mas lares quebrados.
São dias de viagens rápidas, fraldas descartáveis, moralidade também descartável, ficadas de uma só noite, corpos acima do peso, e pílulas que fazem de tudo: alegrar, aquietar, matar.

É um tempo em que há muito na vitrine e nada no estoque; um tempo em que a tecnologia pode levar-lhe estas palavras e você pode escolher entre fazer alguma diferença, ou simplesmente apertar a tecla Del.
(Autor desconhecido)

Celebração da Deusa-Mãe e a Liberdade na Paz Géia


Paz Geia convida...
"Paz Geia Celebra a Deusa-Mãe e a Liberdade"
Dia 12 de maio – sábado – às 20h
Queridos amigos,

É minha intenção reunir para celebrar com todos aqueles que passaram pela Paz Géia e receberam dela a luz que, para muita gente, foi uma iniciação na Via Espiritual. Como você é o(a) filho (a) que Nunca deixou de honrar essa Mãe, peço-lhe que incorpore esta convocação amorosa e passe-a a seus amigos . Vamos juntar a nossa Luz e percorrer o caminho que conduz.

Axé na Luz!
Carminha Levy

Honrando e agradecendo as grandes dádivas da Maternidade Sagrada e o poder de sermos livres e construir a nossa própria realidade convidamos vocês, para esta celebração de gratidão à Vida.


Vamos irradiar a alegria de pertencermos ao nosso ponto de luz – a Paz Géia – e podermos ser inspiração de Paz e Liberdade a todos que nos cercam.

Honraremos também nossas mães biológicas e ancestrais, as deusas mães de todos os panteões e nossa amada Madona Negra e o Divino Espírito Santo.

Traga uma foto de sua mãe ou de uma ancestral significativa na sua vida. Vamos criar coletivamente um painel honrando-as.

Flores e amores na forma de deliciosos alimentos para serem comungados serão bem vindos.

Este evento será celebrado por Carminha Levy – a Matriarca da Paz Géia.
R. Prof. João Brito, 120 – Itaim Bibi - (11) 3846-5211/ fax: 3845-6759

Informamos que esse evento celebrado por Carminha Levy – a matriarca da Paz Géia e convidadas como Cida Medeiros será gratuito.
Para Informações detalhadas visite nosso site :

Rua Prof. João Brito, 120 – Itaim Bibi

Fone: (11) 3846-5211/ fax: 3845-6759


Assistam o Programa "Alquimia Interior"
Com Cida Medeiros
www.tvespiritualista.com.br

Eneagrama

Cida Medeiros

entrevista

Dalva Goulart

08 e 10 /05/2007

Dalva Goulart fala sobre o tarô egípcio, os arquétipos e a análise psicológica.

no programa

Alquimia Interior

videoteca:

assistam!

Entrevista sobre Huna


Cida Medeiros entrevista Jean Nahas que fala sobre a Filosofia Huna.

Agora no Blogguer você assiste o programa na integra e manda seus cometarios:

http://cidamedeiros.blogspot.com/2007/04/filosofia-huna-com-jean-nahas.html

Vale a pena ver de novo!

Material oferecido pela Jean Nahas:

HUNA

Origem do povo havaiano Migrou do Pacífico Sul (Tahiti) para as ilhas do Havai por volta do ano 1000 A.C. Dominando técnicas de navegação que lhes permitiram singrar milhares de kilometros de mar aberto. Esse mesmo povo era originário do sudeste asiático de onde partiu talvez por volta do ano 4000 A.C.B.

Mana e a mitologia havaiana Não há uma religião formal havaiana. As crenças espirituais havaianas as quais se convencionou chamar de Ho´omana se baseavam numa visão de universo muito particular.

O cântico da criação dos havaianos, chamado Kumulipo, era a árvore genealógica dos reis havaianos e descreve como todo o universo manifestado foi criado por Oia´io (princípio/centelha Divina). Ele descreve o processo da criação como uma corrente /uma sequencia que vai dos elementos naturais, passando pelos seres menos complexos do mar até os homens (lembrando a cadeia evolutiva descrita por Darwin) chegando à linhagem dos reis.

O Kumulipo nos mostra que todo universo manifestado, todos os elementos, todos os seres criados fazem parte da mesma árvore genealógica, somos todos parentes, somos todos ligados.

Para parafrasear Carl Sagan: "Somos todos formados da mesma poeira de estrelas". Para os havaianos tudo e todos são compostos de e sustentados pela energia vital, chamada

MANA, que também é conhecida por qi (chi na China), ki (Japão), prana (India), sekhem (Egito). Dessa mitologia vem a ética e filosofia havaiana que enxerga que há vida em tudo - tudo está vivo e tem consciência. Outro corolário dessa filosofia é que não há separação/diferença entre nós e o universo à nossa volta.

Os KAHUNAS eram profissionais/experts em diversas áreas do conhecimento, não apenas sacerdotes, um kahuna poderia ser um engenheiro naval, um engenheiro civil, um médico, um agrônomo, etc. Agora, como havia vida em tudo, o kahuna engenheiro naval por exemplo rezava (empregava cânticos especiais) para perguntar para a floresta qual seria a melhor árvore para a fabricação de uma canoa e depois conversava com a árvore explicando o porquê ele precisava de sua madeira para fabricar a canoa. O observador ocidental via o kahuna então mais como um sacerdote do que como um expert em sua área.

Nascimento da Huna A Huna não é a religião ou crença espiritual havaiana que chamei anteriormente de Ho´omana. Ela é apenas inspirada nessas crenças espirituais. A Huna nasceu no fim do século XIX, portanto faz parte do movimento chamado Pensamento Novo (New Thought) que viu nascer a Teosofia (Helena Blavatsky, Charles Leadbeater) e o Espiritismo entre outras escolas de pensamento e não faz parte do movimento moderno da Nova Era que é do fim do século XX.

Tendo se mudado para o Havaí no início do século XX, o americano Max Freedom Long ouviu desde cedo estórias, sempre envoltas em mistério, sobre os kahunas havaianos e seus feitos surpreendentes: controle dos elementos, comunicações com os animais, curas milagrosas/instantâneas, caminhadas sobre lava vulcânica incandescente, etc.

Max e nenhum outro ocidental conseguia maiores informações a respeito dos kahunas e sua magia além de boatos falados sempre a meia voz, era tabu para o havaiano falar sobre isso com um ocidental. Intrigado, Max contatou o Dr. Brigham, famoso cientista botânico e curador do Museu Bishop de Honolulu para ver se alguém nas rodas ciêntificas locais tinha se interessado pelos kahunas.

O próprio Dr. Brigham, após conferir o conhecimento e o entendimento metafísico de Max repartiu com ele suas notas e relatos que documentou ao longo de seus 40 anos de estudo da magia dos kahunas. Contudo, Max não conseguiu conhecer pessoalmente um kahuna. Após seu retorno à costa oeste americana, Max teve um insight:

O segredo está codificado na própria lingua havaiana. Ele distilou/retirou o conhecimento metafísico havaiano do estudo da raíz das palavras havaianas e outras fontes como cãnticos ao longo de um extenso período de estudos.

Composição do Ser Humano completo O ser humano completo é trino, ou seja, é formado por 3 Eus ou mentes, dessa forma: Mente Subconsciente (Unihipili), que controla os movimentos involuntários do corpo (e.g., batimento cardíaco), controla as emoções e o armazenamento das memórias. É o subconsciente que se comunica com a Superconsciência. Mente Consciente (Uhane), a parte do homem que é capaz de articular o raciocínio e a fala, efetuar os movimentos voluntários, etc. Superconsciência (Aumakua), o divino em nós que se encontra no Plano Causal, de onde todo o universo à nossa volta é materializado.

Cada uma dessas mentes é impulsionada por 3 formas de força vital Mana Mana-mana (frequência dobrada pela força de vontade da mente consciente) Mana loa (frequencia ainda mais alta potencializada pela Superconsciência) Temos 3 corpos etéricos (corpos de luz), envoltórios de cada uma das 3 mentes Psicossoma Mentalsoma Corpo de luz da SuperconsciênciaTemos 1 corpo físico Ao todo são 10 elementos do ser Humano completo. E. Essência dos ensinamentos da Huna

O grande segredo da magia dos kahunas é a realização que não há separação entre o homem e o Universo, tudo é possível, não há limites. O universo à nossa volta (e.g., nossos relacionamentos, nossas posses, tudo o que nos acontece) é criado por nós mesmos em função de nossa memória subconsciente e nossos preconceitos. Por exemplo, em nossa sociedade riqueza que vem fácil é sinônimo de usura (abuso do próximo para obtenção de mais riqueza) ou seja riqueza virou pecado.

Essa crença/ esse preconceito, cria um bloqueio no sub-consciente e no relacionamento harmônico do Eu trino (mente sub-consciente, mente consciente e superconsciência) do indivíduo e ele não consegue cristalizar em sua vida o sucesso material e a abundância a menos que os obtenha à duras penas.

Normalmente, se não conseguimos criar uma situação almejada, relacionamentos felizes e edificantes, ou não conseguimos materializar algo objetivo (e.g., abundância) é porque nutrimos um bloqueio/preconceito ao nível sub-consciente.

O objetivo da Huna é entender os possíveis bloqueios, complexos e fixações registrados pela mente sub-consciente para eliminá-los e assim eliminar tudo que limita o Ser. Também procuramos trabalhar os elementos componentes do ser humano completo para harmonizá-los (e.g., sub-conscientemente uma pessoa pode não se sentir amada por ela mesma, falta de amor próprio, nesses casos ela pode sabotar seus próprios projetos como forma de revanche).

A Huna nos faz abrir os olhos e enxergar que não somos vítimas de absolutamente nada, mas que de fato nós criamos o Universo à nossa volta. Com isso fica claro que nosso é o objetivo do auto-conhecimento e da transformação profunda para retirar bloqueios e fixações registrados em nossa mente sub-consciente eliminado assim esses limites.

Um pensamento do Dr. Wayne Dyer que está bem alinhado com a psico-filosofia da Huna é mais ou menos assim: No Universo, nada é por acaso ou acidental, tudo acontece no espaço e tempo que tinham que acontecer. Você criou o evento, não se lamente, pare e acalme-se, pense o porquê desse evento e o quê de edificante ele traz a você e aos seus. Dependendo da maneira na qual você enxerga as coisas, as coisas que você enxerga mudam.
Pesquisador e Praticante de Huna – Jean-François - Nova York
http://www.geocities.com/alohabrooklyn/index.html
                                                                                                                                                                                                           
 

Video da Filosofia Huna com Jean Nahas

Cida Medeiros, entrevista Jean Nahas.

Jean mora em Nova York e dirigi um grupo chamado Aloha Broklin, que tem um trabalho especial toda a quarta-feira, aplicando o Huna para Mãe Terra.

Falamos sobre o que vem a ser Huna, sobre os três Eus, Rito Rá, Kala, Hoo'oponopono.

No inicio da gravação, tocamos o cantico sagrado "Ka Lei Aloha i na kupuna" para que os nossos amados ancestrais kahunas, respeitosamente nos ofertasse benção e inspiração para a gravação.
Foi um encontro Sagrado!




Segunda Parte




Links
Pesquisador e Praticante de Huna – Jean-François - Nova Yorkhttp://www.geocities.com/alohabrooklyn/index.html

Kahunas da Paz – Centro Aloha - Livros - Jens Federico Weskott,
http://www.geocities.com/kahunasdapaz/livraria.htm
Grupo Kahuna Mondial Brasil
http://br.groups.yahoo.com/group/Kahuna_Mondial/

Site de Huna Internacional – em inglês
http://www.the-light-of-huna.com/

HUNA LIFE International Church
http://www.hunalife.org/index.html

Huna 101 – Internacional
http://www.geocities.com/huna101/

Huna Research
http://www.huna-research.com/

Radio Talk Shows – Huna
http://www.huna.com/news_talkshows.aspx

Huna Life Internacional
http://www.thehunaway.org/

Associação de Estudos Huna
http://www.huna.org.br/index.htm

Outros Sites
Facilitadora, pesquisadora e instrutora de Xamanismo Havaino – Cida Medeiros
www.cidamedeiros.com

TV Espiritualista – Programa “Alquimia Interior” com Cida Medeiros
www.tvespiritualista.com.br

Site de Cida Medeiros
http://br.geocities.com/cidhamed/index.html


Programa Gravado em 26/03/2007.

Oficina: O Poder da Realização com Silvia Brezzi


Paz Géia convida...
Oficina
O PODER DA REALIZAÇÃO

Convidamos você a participar desta Oficina para benefício próprio.
A Oficina propõe reconhecer como funcionamos entre o Campo das Idéias e o Campo das Ações.
-O que acontece quando tenho uma idéia?
-Como realizo esta idéia?
-A idéia que tenho pode ser realizada parcial ou integralmente?
-O que faz com que eu abra mão das minhas idéias?
-Qual o combustível que alimenta a força da realização em mim?

Venha com sua idéia e construa um novo patamar de realização nesta oficina

Data: 23/04/07 - 2ª-feira das 19:30 às 22:30h
Facilitadora: Silvia Brezzi – psicóloga e didata em Xamanismo Matricial
Local: Paz Géia – R. Prof. João Brito, 120 Itaim Bibi
Investimento: r$ 35,00


__________________________________________________



--
Assistam o Programa "Alquimia Interior"
Com Cida Medeiros
Toda 5 F 11:30 e 19:30 hs

http://www.tvespiritualista.com.br


Visite minha pagina.

http://br.geocities.com/cidhamed/index.html

Cida Medeiros
Psicoterapeuta Holistica com enfoque Transpessoal, formada pela Dinâmica Energética do Psiquismo (DEP), Regressão de Memória, Terapeuta Floral, Reiki, Magnifield Healing, Treinamento nas Técnicas de Cura de Barbara Brennan (Mãos de Luz), Renascimentos, Espiritualista com varias iniciaçoes no Xamanismo, Magia e nas tradiçoes Afro-Brasileiras. Facilitadora de Xamanismo Havaino na Paz Géia.

Jurema Sagrada

Rita Andrea é Mestra Juremeira, e nesse entrevista ao Programa "Alquimia Interior", ela fala sobre a Magia e os Encantos da Jurema Sagrada, dos Mestres e do Culto da Jurema. Rita Andrea também cantou alguns linhos e encantou a todos com seu amor e simpatia.










Quem quiser saber mais:

Templo Escola e Nucleo de Magia - Senzala do Amor

Av. Coelho Aguiar, 1.441 - Jd. São Luiz
Fones 5851-2915 e 5851-2845



Programa Gravado no Studio da TV Espiritualista em 16/03/07
Foi ao Ar em 12/04/07
Agora é reprisado segundo a Programação da TV. (atualizado)

Silvia Brezzi - Xama e Psicologa

O Programa Alquimia Interior tem a honra de entrevistar "Silvia Brezzi".
Assista na integra o programa gravado e exibido na TV Espiritualista.



Segunda Parte da Entrevista


Silvia Brezzi dá seu depoimento e conta sua história.
Vale a pena assistir esse video.
maiores informacões sobre o trabalho da Silvia;
no site da Paz Geia: http://www.pazgeia.org.br/
Cida Medeiros

Jurema Sagrada

Cida Medeiros
O Programa "Alquimia Interior" entrevista
Rita Andreia
Mestra no culto da Jurema Sagrada.
Rita Andreia deselvolve um trabalho belissimo dentro da Tradição do Culto da Jurema e dirigi o Templo Escola de Magia Senzala do Amor, com cursos e atividades ligadas ao culto sagrado da jurema.
mais informaçoes no site:
http://www.esfera.info/
Que fica na Av. Maria Coelho Aguiar, 1441 - jd. São Luiz.
Fone: 5851-2915 e 5851-2845
Na videoteda da Tv Espiritualista você assiste o programa na integra.
http://www.tvespiritualista.com.br/site/catalogo/arquivos.php?idsecao=100
Por Cida Medeiros

JEAN-YVES LELOUP EM CAMPINAS



No ano de 2007 a Alubrat comemora onze anos de trabalho e dedicação à Psicologia Transpessoal e realizará uma grande comemoração. Nesse dia teremos um convidado especial: Jean-Yves Leloup, que conversará sobre a esperança, a vontade de ajudar a reencontrar o sentido da caminhada, o gosto da alegria; a energia para que cada um transforme seu destino em um projeto consciente. Para Jean-Yves é importante que as pessoas reencontrem a capacidade para amar...
Recordará que as terapias são caminhos de amor, e também caminhos de conhecimento, e podem ser uma grande estrada rumo a evolução humana.

LOCAL: Campinas - Centro de Convenções BI - Rua José Paulino, 1369

DATA: 23 de abril de 2007

HORÁRIO: das 18h às 22h30

INVESTIMENTO: Associados ALUBRAT - R$ 40,00 e não-associados R$ 70,00

O pagamento deverá ser efetuado através de depósito bancário: Banco Real - Agência: 0644 - Conta/Corrente: 0709020 em nome da ALUBRAT.

Enviar o comprovante de depósito via fax junto com a ficha de inscrição para Alubrat.

Faça o download da ficha de incrição pelo site: www.alubrat.org.br

FONE/FAX: (19) 3225-1850


ATENÇÃO: VAGAS LIMITADAS!

Maiores informações e inscrições

Alubrat-Campinas | Fone/Fax: (19) 3255-1850

Constelação Familiar - Maria Emília Macedo

Maria Emilia fala sobre a Constelação Familiar segundo Bert Hellinger.


Maria Emilia orienta a respeito de como esse trabalho pode ajudar,
como ocorre no sistema familiar, e relata alguns casos.




Segunda Parte


Maria Emilia Macedo
Fone (011) 3871-2497
emimacedo@uol.com.br


Maria Emilia é Educadora e Terapeuta Transpessoal desde 1989.
Helper do Pathwork
Formada pela DEP
Certificada Internacionalmente em Constelações Familiares,
pela equipe de Alemãos formados e por Bert Hellinger.
É Organizadora de uma das equipes do Prof. Lorenz West.

Programa Gravado no Studio da TV em 16/03/07

Entrevista com Silvia Brezzi

Silvia Brezzi, é essa pessoa especial, que brinda-nos com uma entrevista especial, e conta um pouco de sua história dentro do Xamanismo e como conciliou sua pratica como Psicologa e Xamã.








Silvia Brezzi, também é umas das Diretoras da Paz Géia, e está sempre presente, zelando e cuidando da proposta que a Paz Géia oferece a todos.

A Silvia é sempre essa pessoa gentil, que recebe bem a todos e sempre arruma um lugarzinho especial para quem chega. É acolhedora e gentil.

Estou Feliz por essa entrevista. Valeu Silvia!

Cida Medeiros

Perda da Alma


O xamanismo é um método de cura que lida com o aspecto espiritual da doença.

Há três possíveis causas para uma doença:

- Uma pessoa pode ter perdido seu poder, o que causa depressão, doenças crônicas, ou uma série de desventuras. Neste caso, o xamã realiza uma jornada para restaurar o poder da pessoa. 

- A pessoa pode perder parte de sua alma ou de sua essência, o que causa a perda da alma, e isto geralmente ocorre durante um trauma físico ou emocional, como um acidente, uma cirurgia, abuso, o trauma da guerra, presenciar um desastre natural, a morte de um ente querido, ou outras circunstâncias traumáticas.

 - 
Outra causa de doença, segundo a visão do xamanismo, seria qualquer obstrução espiritual ou energias negativas que um cliente absorve, devido à perda de seu poder ou sua alma. Essas obstruções espirituais também causam doenças, geralmente em uma área localizada do corpo. Esta é a função do xamã: extrair e remover as energias prejudiciais do corpo.

Um xamã cura tanto os vivos quanto os falecidos. No processo com os que já faleceram, o xamã realiza uma cerimônia de psicopompo, a fim de ajudar aqueles que morreram a atingir um local cheio de paz e conforto. A cerimônia também pode afastar da casa ou local os espíritos que não conseguem descansar.
A cura xamânica lida com o aspecto espiritual da doença, e não há como predizer quais serão os resultados manifestados emocionalmente ou fisicamente. 

A cura xamânica não substitui a necessidade de um tratamento médico fisiológico tradicional.
É importante entender que, na prática do xamanismo, o Xamã trabalha em conjunto com seus espíritos ajudantes. Os espíritos ajudantes realizam o diagnóstico e dão conselhos sobre qual cerimônia de cura deve ser realizada.

O Xamanismo é uma arte, onde entramos em estados alterados de consciência e viajamos nos mundos paralelos, com auxilio de nossos animais de poder ou mesmo nossos aliados espirituais e efetuamos a limpeza espiritual e o que for necessário para auxiliar a pessoa a entrar em sintonia novamente com suas forças.


assim falei,
Ahow
Cida Medeiros

Bioxamanismo

Aqui nesta entrevista, Maria Luiza Rezende, Médica Homeopata e Xamã, fala sobre seu trabalho, sua trajetória pessoal dentro do Xamanismo e sobre o Bioxamanismo.










Maria Luiza Resende é umas das Diretoras da Paz Géia e desenvolve cursos de Xamanismo Matricial e outros. Além de ser uma pessoa especial, dedicada e muito presente na Paz Géia, sendo um dos Braços-Forte de Carminha Levy, sustentando a proposta da Escola, sempre presente.

Aqui, ela nos brinda, concedendo-nos uma entrevista. Vale a pena Assistir.

Maria Luiza Rezende desenvolve os seguintes trabalhos:

Resgate da Alma
Limpeza Energética
Reprogramação do DNA Sutil
Cura Holografica da Linha do Tempo

Atendimento Xamânico

Paz Geia

Consultório:
Clinica Geral com Homeopatia
Dr. Martinico Prado, 26/114
Fone (011) 3362-1809

Meditação e a Consciência da Paz

No Programa Alquimia Interior que vai ao na TV Espiritualista, Uma TV via Web, Cida Medeiros
fala sobre meditação, chakras e sobre a consciência da paz.

Na videoteca você tem acesso atraves do link:

http://www.tvespiritualista.com.br/site/catalogo/arquivos.php?idarquivo=403

-Topicos desenvolvidos:

"Curso de Xamanismo Havaiano" -
Na paz Geia - dia 31 de março e 02 de abril de 2007.
das 9:00hs as 18:00hs - Sabado e Domingo.
Faça já sua inscrição!
Fone 3846-5211
www.pazgeia.org.br


Cida Medeiros fala sobre a importância da Meditação no mundo atual.

Sobre as formas pensamentos negativas de teor coletivo que são combativas pelas formas pensamentos positivas que se cria a partir da pratica da meditação. Das estações de luz que se criam ao realizar a pratica da meditação.

Existem varias formas de se realizar a meditação.

A importância de se fazer a visualização com imagens criativas, para as mais diversas finalidades.

Na Filosofia Huna, podemos realizar a pratica da imagens mentais para levar ao EU Superior para que se cristalize o nosso futuro.

Tambem é fazer Kala, toda a pratica de purificação para si mesmo e para o coletivo.

Assistam na integra o programa na videoteca ou mande emails: cida.medeiros@gmail.com

A seguir a reflexão na integra do texto Rosa-Cruz que fala sobre a responsabilidade que temos pela paz ou pela guerra:




Sou responsável pela guerra...Sou responsável pela paz, quando...
Quando orgulhosamente faço uso da minha inteligência para prejudicar o meu semelhante.Se direciono correta e construtivamente os poderes da minha mente.
Quando menosprezo as opiniões alheias que diferem das minhas próprias.Se concedo ao meu semelhante o direito pleno de se expressar, de acordo com o seu próprio entendimento das verdades da vida.
Quando desrespeito os direitos alheiosSe reconheço que os meus direitos cessam quando se iniciam os direitos de outros, e aceito isso como um mínimo indispensável de disciplina.
Quando cobiço aquilo que uma outra pessoa conseguiu honestamente.Se faço uso dos poderes para criar as minhas próprias oportunidades.
Quando abuso da minha superioridade de posição, privando outros de sua oportunidade para progredir.Se consigo promover a evolução dos que me cercam, sem considerar ameaçada minha posição, e entendo que esta é a minha maior fonte de sucesso.
Se considero apenas a mim próprio e a meus parentes pessoas privilegiadas.Se compreendo que as leis divinas diferem das criadas pelo homem, e que nenhum direito divino especial é concedido a alguém unicamente por seu berço.
Quando me concedo direitos para monopolizar recursos naturais.Se reconheço que os recursos naturais devem servir indistintamente a todas as formas de vida, e que não me cabem direitos exclusivos sobre eles.
Se acredito que outras pessoas devem pensar e viver da mesma maneira que eu.Se compreendo que nada é mais livre do que o pensamento e que o pensamento construtivo transforma o homem, direcionando-o ä sua verdadeira meta.
Quando penso que o sucesso na vida depende exclusivemente do poder, fama e riqueza.Quando sinto que toda a felicidade depende do simples fato de existir...de estar de bem com a vida.
Quando penso que a mente das pessoas deve ser educadas pela força e não pela razãoSe percebo que todo ser humano pode vir a ser um grato amigo, quando convencido pela argumentação sincera.
Se acredito que o deus de minha concepção e aquela em que os outros devem acreditar.Se considero que a alma de deus adquire personalidade no homem e que este só pode conceber deus a partir de sua própria percepção da divindade.
Quando penso que o pais em que nasce o individuo deve ser necessariamente o lugar onde ele tem de viverSe reconheço a mim a ao meu semelhante como partes integrantes do universo e que cada um cabe a busca do lugar onde melhor possa servir.




--
Assistam o Programa "Alquimia Interior"
Com Cida Medeiros
vejam na grade da Tv Espiritualista:

www.tvespiritualista.com.br


Cida Medeiros
Psicoterapeuta Holistica com enfoque Transpessoal, formada pela Dinâmica Energética do Psiquismo (DEP), Regressão de Memória, Terapeuta Floral, Reiki, Magnifield Healing, Treinamento nas Técnicas de Cura de Barbara Brennan (Mãos de Luz), Renascimentos, Espiritualista com varias iniciaçoes no Xamanismo, Magia e nas tradiçoes Afro-Brasileiras. Facilitadora de Xamanismo Havaino na Paz Géia.

Culpa - Programa "Alquimia Interior"

Cida Medeiros
Cida Medeiros em seu programa "Alquimia Interior" na TV Espiritualista, fala sobre a culpa e dá algumas orientações a respeito, baseado na filosofia e tradição do Kahunas.

www.tvespiritualista.com.br
videoteca
Segue um complemento do Assunto:

Culpa se refere à responsabilidade dada à pessoa por um ato que provocou prejuízo material, moral ou espiritual a si mesma ou a outrem. O processo de identificação e atribuição de culpa pode se dar no plano subjetivo, intersubjetivo e objetivo.
No sentido subjetivo, a culpa é um sentimento que se apresenta à consciência quando o sujeito avalia seus atos de forma negativa, sentindo-se responsável por falhas, erros e imperfeições. O processo pelo qual se dá essa avaliação é estudado pela Ética e pela Psicologia.
No sentido objetivo, ou intersubjetivo, a culpa é um atributo que um grupo aplica a um indivíduo, ao avaliar os seus atos, quando esses atos resultaram em prejuízo a outros ou a todos. O processo pelo qual se atribui a culpa a um indivíduo é discutido pela Ética, pela Sociologia e pelo Direito.

Sentido jurídico

Em direito, culpa é a violação ou inobservância de uma regra, que produz dano aos direitos de outros, por negligência, imprudência ou imperícia, ou seja, em razão da falta de cuidado objetivo. É o erro não-proposital.
Diferencia-se do dolo porque, neste, o agente tem a intenção de praticar o fato e produzir determinado resultado: existe a má-fé. Na culpa, o agente não possui a intenção de prejudicar o outro, ou produzir o resultado. Não há má-fé.

Sentido religioso

O sentido religioso de culpa, pelo qual um ato da pessoa recebe uma avaliação negativa da divindade, por consistir na transgressão de um tabu ou de uma norma religiosa. A sanção religiosa é um ato social, e pode corresponder a repreensão e pena objetivas. De outra parte, a culpa religiosa compreende também um estado psicológico, existencial e subjetivo, que propõe a busca de expiação de faltas ante o sagrado como parte da própria experiência religiosa. O termo pecado está geralmente ligado à culpa, no sentido religioso.

Sentido psicológico

Em psicologia discute-se a culpa como o sentimento de culpa ou remorso.
O Sentimento de Culpa é o sofrimento obtido após reavaliação de um comportamento passado tido como reprovável por si mesmo. A base deste sentimento, do ponto de vista psicanalítico, é a frustração causada pela distância entre o que não fomos e a imagem criada pelo superego daquilo que achamos que deveríamos ter sido.
Para a Psicologia Humanista-existencial, especialmente a da linha rogeriana, a culpa é um sentimento como outro qualquer e que pode ser "trabalhado" terapeuticamente ao se abordar este sentimento com aquele que sofre. Para esta linha de Psicologia, um sentimento como esse, quando chega a ser considerado um obstáculo por aquele que o sente, é resultado de um inadequado crescimento pessoal mas não é considerado uma patologia. Para os rogerianos, todas as pessoas têm uma tendência a atualização que se dirige para a plena auto-realização; sendo assim, o sentimento de culpa pode ser apenas limitação momentânea no processo de auto-realização.'

A Nível da Alma a culpa tem haver com o modelo de Perfeição e o modelo de paraíso que cada um tem em relação a sua herança cósmica esta na memória celular e podemos dizer que também é Arquetipico. A pessoa pode estar identificada com a Culpa primordial.

Pelos Kahunas a questão de culpa é encarada como uma crença ou fixação no Eu Básico, e se o Eu Básico e o Eu Médio se convencem de que ouve um pecado, então se produz uma idéia fixa de que deve receber um castigo pelo pecado cometido. Então o Eu básico poderá produzir um acidente ou uma doença.

No sistema Huna atribuída pelos Kahunas toda culpa e pecado de sofrer “Kala” que é uma purificação, em casos graves, deverá ser feito um serviço desinteressado ao próximo de modo a espiar a culpa ou pecado.

O problema do complexo de culpa e que ele permite um enfraquecimento da energia vital e uma possível atuação de outros eu básicos, que retiram a força vital de outros indivíduos a fim de produzirem obsessão.

Cida Medeiros

Curso Manutenção Energética para Curadores e Educadores

Cida Medeiros e Maria Luiza Rezende

Assistam a Entrevista com Maria Luiza Rezende realizada por
Cida Medeiros no programa “Alquimia Interior”.

A seguir o curso oferecido por ela:

PAZ GÉIA convida ...

Curso : “Manutenção Energética para Curadores e Educadores”

Como profissionais da área da Saúde e Educação nos deparamos inúmeras
vezes com situações no nosso cotidiano em que percebemos ocorrer desestabilização
da nossa energia vital ou sentimos que gostaríamos de ao final de uma jornada de trabalho,
ter maior bem estar e disposição para nossas próprias atividades.
Através de práticas que envolvem foco e intenção clara aliadas a meditação ativa
poderemos conhecer os caminhos de circulação da nossa energia assim como aprender
a avaliá-la e reequilibrá-la alcançando melhor desempenho
em nossas atividades profissionais com menor desgaste energético.

Algumas técnicas que serão abordadas nos encontros semanais envolvem Tradição Xamânica,
Terapia de Liberação, Energética e Fractologia: espelhamento profundo, encontro com a inteligencia instintual, balanceamento da Kundalini, fortalecimento da energia dos rins (força corporal ancestral),
ativação e expansão da energia do sistema de chacras.

Início : Março – 3ª feira – 20h às 21h30 ( 05 encontros )
Maria Luiza Rezende – é médica homeopata e facilitadora xamânica formada pela Paz Geia
Instituto de Pequisas Xamânicas, tendo como especializações Resgate de Alma, Limpeza Energética,
Reprogramação do DNA Sutil, Cura Holográfica da Linha do Tempo.

Xamanismo Havaino - Iniciação nos Mistérios


Xamanismo Havaiano

O sistema Huna de conhecimento foi pesquisado por Max Freedom Long, um psicólogo americano que descobriu a existência dos sacerdotes kahunas, passou a levantar dados e a pesquisar sobre a magia e todos os acontecimentos extraordinários que ocorriam no Havaí e ficou durante 14 anos pesquisando e entrando em contatos com os seus conhecimentos e mistérios. Saiba um pouco sobre a Filosofia Huna e sobre a magia dos Kahunas.

O sistema Huna está ligado a uma psicologia espiritual dos três eus.

- Eu Basico (Unihipili)
- Eu Medio (Uhane) -
- Eu Superior (Aumakua) - Espírito Paternal, totalmente confiável.

Cada um tem um significado muito especial dentro da filosofia huna, e existem exercícios para se trabalhar com cada um deles, pois uma vez, harmonizando os três eus, haverá harmonia, paz e saúde.

O Eu superior é capaz de promover curas instantâneas e o Eu básico é uma energia ligada à memória e ao karma, por ser caótica deve ser doutrinada para servir o Eu médio que é a consciência do individuo. Esses três eus em harmonia, a pessoa é capaz de muita coisa.

Temas que serão desenvolvidos:

O que é Kahunas. Um pouco de história.
Origens do Sistema Huna
Os Três Eus – Uhane, Unihipili, Aumakua, o que é, características, tarefa e constituição.
Os Dez Elementos da Psicologia Huna
A Evolução dos Eus
O Mana
A Filosofia do Aloha e os Sete Princípios
A Tradição Esotérica Huna
Prece Ação
Por que desbloquear o caminho do Eu Superior
Kala
Fio Aka
Kanaloa
Comparação com a Tradição do Culto do Ifá, suas similaridades.
Viagem para entrar em contato com seu Unihipili
Respiração Piko-piko
Hooponopono
Questão da Culpa e dos complexos dentro da tradição Huna.

O Sistema Huna permite que se entre em qualquer doutrina, sistema ou religião, e entender o mecanismo oculto dos mesmos. Também como fazer sua magia pessoal através dos ensinamentos kahunas.
Cida Medeiros
Psicoterapeuta Holística, Neo-Xamã.

Realização: Paz Geia

Dia: 31 de março de 2007 das 9:00 as 18:00hs e Domingo das 9:00 as 18:00 hs.
Maiores informações:
(011) 3846-5211 – Inscreva-se já, vagas limitadas! Ou acesse o site:

Carminha Levy

Carminha Levy, sempre espalhando doçura, amor e acolhimento com sua presença.

Nesse entrevista, Carminha fala sobre Xamanismo, sua prática de trabalho, e sua experiência como Xamã e Psicóloga.










Carminha Levy, é convidada especial do Programa Alquimia Interior, ela é Fundadora da Paz Géia, que é um instituto de pesquisas xamânicas. É a primeira escola de Neo-Xamanismo do Brasil com o Xamanismo Matricial.

Carminha Levy, também é Presidente de Honra da Abrax - Associação Brasileira de Xamanismo.

Paz Géia
Fone (011) 3846-5211

Entrevista Gravada em 02/02/2007 na TV Espiritualista.