O Golfinho e a Aranha por Cida Medeiros

O golfinho vem trazendo a mensagem dos quatro cantos do mundo e revela ser o sopro da vida.
Na medicina do xamã o golfinho tem haver com o ritmo e o convite é entrar em contato com o ritmo interno e abraçar o Grande Espírito.

O golfinho é o guardião do sopro da vida e ensina que precisamos modular nossas emoções com o ritmo da respiração.

Ele ensina a fazer o mergulho nas águas e produz a renovação da vida.

Depois do mergulho podemos entrar no silêncio tão necessário, que não só restabelece como proporciona uma nova conexão.



O golfinho pode nós levar para dimensão dos sonhos para perceber uma outra realidade.

O golfinho nada nas aguas e conhece as realidades submersas na dimensão dos sonhos e por isso foi agraciado com o dom de compreender e falar a língua primordial.

Essa nova linguagem dos sons era a linguagem que a Aranha trouxe da grande nação das estrelas.

A Aranha tece fios que ligam a linguagem de todos os povos. E simboliza as inúmeras e infinitas possibilidades da criação.

Suas oito patas representam os quatro ventos da mudança e as quatro direções da roda de cura e o seu corpo tem a forma de um oito.

A aranha tece o destino daqueles que caem em suas teias e tornam-se seu jantar. Isto acontece com muitos seres humanos, que caem na teia da ilusão do mundo físico e são incapazes de ver o que existe além do horizonte, que estão viciados em fazer pré-julgamentos e a colocar uns contra os outros e a projetar seus aspectos sombrios em outros seres fazendo-os de espelho.

Se não podemos reconhecer nossa sombra e projetamos sobre outras pessoas, fazendo-as de bode expiatório, a Aranha tece sua teia e trabalha. O medo e a limitação assumem uma proporção exagerada e perde-se o sentido de realidade e quase sempre a pessoa é penalizada por seus próprios instintos negativos.

A aranha é símbolo do feminino e da criação, um totem sagrado e esta a serviço do Grande Espirito, também conhecido como Eu Superior.

A aranha em seu mistério sagrado sempre traz o inovador, pois ela cria o tempo todo.

Se você vai ver a luz ou a sombra depende de que lugar dentro de você esta vindo a percepção, o reflexo da luz ou da sombra dependendo da onde a pessoa esta dentro dela e do quanto ela foi capaz ou não de integrar sua sombra à luz da consciência.

Quem não deve, não teme.

A aranha simplismente tece os fios, ele não faz julgamentos.

Ela se negativa de acordo com o material psiquico que ela encontra no caminho o que a transforma em viúva negra que devora a própria pessoa quando ela despreza o outro sentindo-se superior ou sendo traiçoeira.

O golfinho vem para ajudar a ver com um novo olhar, desde a grande nação das estrelas, sintonizados com os olhos do Eterno e limpando as águas e renovando o ser para mais um etapa do caminho.

Autoria - Cida Medeiros

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bem vindo! Deixe aqui seu comentário.