Mantras


Mantras

A vocalização dos mantras tem por objetivo despertar Deus em todas as pessoas e em todos os lugares como também estabelecer a paz no mundo.


Prabhu Aap
Prabhu Aap Jago
Parmatma Jago
Mere Sarva Jago
Sarvatra Jago


"Deus desperte, Deus desperte em mim, Deus desperte em todos os lugares.
Acabe com o jogo do sofrimento e ilumine o jogo da alegria"

“Prabhu Aap Jago, Parmaatma Jago” é vocalizado de Deus para Deus. Toda vez que Deus sente que é necessário, ele vem entre nós na forma de um Santo, trabalhando em direção a libertação do mundo todo, elevando os seres humanos e estabilizando os valores sociais. Ele é freqüentemente visto, orando e estabelecendo esses valores. O Profeta deste grande mantra, Santo Sachcha Baba, encarna somente para esta oração. Encontrando Deus nele mesmo e então entrando profundamente nessa consciência, ele desperta Deus em si mesmo. Deus está escondido dentro de todos os seres conscientes ou não-conscientes. Sachcha Baba, esquecendo-se de seu próprio nome e forma começa a cantar:

“Prabhu Aap Jago, Parmaatma Jago”

Este grande Santo vê que o universo como um todo, que é a forma de Deus, está adormecido. Vendo-o adormecido, permite que a compaixão para acordá-lo flua de seu coração. Os Profetas dos Vedas, os grandes Rishis, vendo o mundo como o Deus adormecido vocalizam este mantra

“Uttishthat Jagrat Prapya Varannibodhat”

(Desperte, levante-se e vá até os sábios.)

Plenos de gratidão, os grandes Profetas começam a despertar seus filhos e filhas divinos, dizendo:
“Oh meus filhos e filhas adormecidos, despertem, levantem-se e vão até os sábios e recebam deles o Conhecimento divino”.

Nos tempos atuais um elo dá continuidade à corrente dos Rishis: O grande revolucionário Santo Sachcha Baba. Ele harmoniza a melodia de todos com a sua própria melodia, e nos desperta.

“Prabhu Aap Jago, Parmaatma Jago”


Aqueles que podem ver são chamados Rishis. Eles compreendem a Verdade, e após compreender eles sentem compaixão, porque eles também estiveram adormecidos na noite do apego. Então é natural para eles sentirem compaixão, reconhecendo o Ser em seus irmãos, irmãs e amigos. O sentimento de que todos juntos temos que acordar as pessoas se espalha nos corações deles. É como se o sol nascesse e você rapidamente tentasse acordar seus filhos. Você vai imediatamente até eles, lembrando-os de que é hora de ir trabalhar. Dessa mesma forma, os Rishis, nossos Profetas, nos despertam quando percebem que estamos adormecidos. Eles vocalizam:

“Prabhu Aap Jago, Parmaatma Jago,
Mere Sarva Jago, Savatra Jago”


Deus todo poderoso, que está adormecido na nossa e na sua forma na noite da ilusão; o estado de apego e o mundo do “eu” são invocados.
“Oh, Deus todo poderoso, você está em todos os lugares. Você é tudo. Você desperta em todos, porque todos os nomes e formas são sua expressão. Se você está desperto na minha forma e nome, então definitivamente você tem que acordar nos outros.”
Esta é a chamada dos Santos. Esta oração dos Santos é para o Deus todo poderoso que deve ser despertado. Deus está na escuridão do apego, e se tornou mundano. Ele tem o poder do despertar, é por isso que estou falando sobre isto. É por isso que esta música vem de mim, e isto se torna um mantra da minha vida. Um mantra não é nada, senão uma oração a Deus, um chamado a Deus. É vocalizado de Deus para Deus.

Sri Prem Baba

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bem vindo! Deixe aqui seu comentário.