Tutankhamon - Egito






AUTOR: A. R. Williams  FOTÓGRAFO: Kenneth Garrett
O menino-faraó do Egito fascina o mundo desde que sua tumba foi vislumbrada pela primeira vez, em 1922. Agora, técnicas de investigação forense e imagens de alta tecnologia dão novas pistas a respeito de sua vida – e morte.



Desapego


A SABEDORIA DO DESAPEGO

 O Hindu chegou aos arredores de certa aldeia e aí sentou-se para dormir debaixo de uma árvore. Chega correndo, então, um habitante daquela aldeia e diz, quase sem fôlego: Aquela pedra! Eu quero aquela pedra.

- Mas que pedra? – pergunta-lhe o Hindu.

Ontem à noite, eu vi meu Senhor Shiva e, num sonho, ele disse que eu viesse aos arredores da cidade, ao pôr-do-sol; aí devia estar o Hindu que me daria uma pedra muito grande e preciosa que me faria rico para sempre.

Então, o Hindu mexeu na sua trouxa e tirou a pedra e foi dizendo:

Provavelmente é desta que ele lhe falou; encontrei-a numa trilha da floresta, alguns dias atrás; podes levá-la!

E assim falando, ofereceu-lhe a pedra. O homem olhou maravilhado para a pedra. Era um diamante e, talvez, o maior jamais visto no mundo. Pegou, pois, o diamante e foi-se embora.

Mas, quando veio a noite, ele virava de um lado para o outro em sua cama sem conseguir dormir.

Então, rompendo o dia, foi ver novamente o Hindu e o despertou dizendo:

Eu quero que me dê essa riqueza que lhe tornou possível desfazer-se de um diamante tão grande assim tão facilmente!

(Tradição Sufi)

Mantras


Mantras

A vocalização dos mantras tem por objetivo despertar Deus em todas as pessoas e em todos os lugares como também estabelecer a paz no mundo.


Prabhu Aap
Prabhu Aap Jago
Parmatma Jago
Mere Sarva Jago
Sarvatra Jago


"Deus desperte, Deus desperte em mim, Deus desperte em todos os lugares.
Acabe com o jogo do sofrimento e ilumine o jogo da alegria"

“Prabhu Aap Jago, Parmaatma Jago” é vocalizado de Deus para Deus. Toda vez que Deus sente que é necessário, ele vem entre nós na forma de um Santo, trabalhando em direção a libertação do mundo todo, elevando os seres humanos e estabilizando os valores sociais. Ele é freqüentemente visto, orando e estabelecendo esses valores. O Profeta deste grande mantra, Santo Sachcha Baba, encarna somente para esta oração. Encontrando Deus nele mesmo e então entrando profundamente nessa consciência, ele desperta Deus em si mesmo. Deus está escondido dentro de todos os seres conscientes ou não-conscientes. Sachcha Baba, esquecendo-se de seu próprio nome e forma começa a cantar:

“Prabhu Aap Jago, Parmaatma Jago”

Este grande Santo vê que o universo como um todo, que é a forma de Deus, está adormecido. Vendo-o adormecido, permite que a compaixão para acordá-lo flua de seu coração. Os Profetas dos Vedas, os grandes Rishis, vendo o mundo como o Deus adormecido vocalizam este mantra

“Uttishthat Jagrat Prapya Varannibodhat”

(Desperte, levante-se e vá até os sábios.)

Plenos de gratidão, os grandes Profetas começam a despertar seus filhos e filhas divinos, dizendo:
“Oh meus filhos e filhas adormecidos, despertem, levantem-se e vão até os sábios e recebam deles o Conhecimento divino”.

Nos tempos atuais um elo dá continuidade à corrente dos Rishis: O grande revolucionário Santo Sachcha Baba. Ele harmoniza a melodia de todos com a sua própria melodia, e nos desperta.

“Prabhu Aap Jago, Parmaatma Jago”


Aqueles que podem ver são chamados Rishis. Eles compreendem a Verdade, e após compreender eles sentem compaixão, porque eles também estiveram adormecidos na noite do apego. Então é natural para eles sentirem compaixão, reconhecendo o Ser em seus irmãos, irmãs e amigos. O sentimento de que todos juntos temos que acordar as pessoas se espalha nos corações deles. É como se o sol nascesse e você rapidamente tentasse acordar seus filhos. Você vai imediatamente até eles, lembrando-os de que é hora de ir trabalhar. Dessa mesma forma, os Rishis, nossos Profetas, nos despertam quando percebem que estamos adormecidos. Eles vocalizam:

“Prabhu Aap Jago, Parmaatma Jago,
Mere Sarva Jago, Savatra Jago”


Deus todo poderoso, que está adormecido na nossa e na sua forma na noite da ilusão; o estado de apego e o mundo do “eu” são invocados.
“Oh, Deus todo poderoso, você está em todos os lugares. Você é tudo. Você desperta em todos, porque todos os nomes e formas são sua expressão. Se você está desperto na minha forma e nome, então definitivamente você tem que acordar nos outros.”
Esta é a chamada dos Santos. Esta oração dos Santos é para o Deus todo poderoso que deve ser despertado. Deus está na escuridão do apego, e se tornou mundano. Ele tem o poder do despertar, é por isso que estou falando sobre isto. É por isso que esta música vem de mim, e isto se torna um mantra da minha vida. Um mantra não é nada, senão uma oração a Deus, um chamado a Deus. É vocalizado de Deus para Deus.

Sri Prem Baba

Riqueza e Conhecimento


Lakshmi
 
Era uma vez, num reino distante, um jovem que entrou numa floresta e disse ao seu mestre espiritual:
Quero possuir riqueza ilimitada para poder ajudar o mundo.
Por favor, conte-me, qual é o segredo para se gerar abundância?

O mestre espiritual respondeu:
 
Existem duas deusas que moram no coração dos seres humanos.
Todos são profundamente apaixonados por essas entidades supremas.
Mas elas estão envoltas num segredo que precisa ser revelado, e eu lhe contarei qual é.
 
Com um sorriso, ele prosseguiu:

Embora você ame as duas deusas, deve dedicar maior atenção a uma delas,
a deusa do Conhecimento, cujo nome é Sarasvati.
Persiga-a, ame-a, dedique-se a ela.
Sarasvati
 
A outra deusa, chamada é a da Riqueza. Quando você dá mais atenção a Sarasvati,
Lakshmi, extremamente enciumada, faz de tudo para receber o seu afeto.
  
Assim, quanto mais você busca a deusa do Conhecimento,
mais a deusa da Riqueza quer se entregar a você.
 
Ela o seguirá para onde for e jamais o abandonará.
 
E a riqueza que você deseja será sua para sempre.

Existe poder no conhecimento, no desejo e no espírito.
 
E esse poder que habita em você é a chave para a criação da prosperidade.
 
Esse é um belo ensinamento