O Ser em ação.


Tudo que nos acontece é uma experiência que pode ser interpretada por nossos sentidos de diversas formas, mais quando conseguimos transcender as situações mais insuportáveis e inaceitáveis da nossa existência com tranqüilidade e equilíbrio, alcançamos um nível superior de consciência.

Essa consciência que nos habita e fonte de uma luz imaterial que nos conduz a plenitude do Ser.

Estar em Paz consigo mesmo é uma viagem para dentro de si.

Mesmo na relação com o outro, experimentamos as mais diversas emoções e sentimentos, mais a forma que olhamos para isso, faz toda a diferença no final.

Ninguém fora de nós pode, verdadeiramente, nos ofender em nada.

O mal passa o tempo todo dentro de nós, a nossa volta e como garfos tentam nos atingir.

Muitas vezes nos deixamos atingir, eis nossa fraqueza como seres humanos.

Por vezes, caímos nos abismos internos, nas profundezas e lá ficamos capturados, a mercês de sentimentos negativos e emoções destrutivas.

Como sair desse estado de coisas?

Pela compreensão cada vez mais crescente de que ninguém pode verdeiramente nos atingir.

Isso não e um convite a imprudência.

Mais uma vida mais interiorizada acaba por fazer com que mudanças acontecem em seu mundo exterior.

Dentro de nós, Jorra uma Fonte de Cura.

Você protege a vida e a vida lhe protege.

A vida retribui de alguma forma.

Dentro de nós habita a morada do Divino.

Os Mundos Superiores são alcançados a partir de uma superação interna.

Só pelo Ego, pela elaboração mental de uma experiência, isso não é possível.

A total transfiguração de experiências egoicas é possível através da escuta silenciosa do Ser em ação.

Dentro de nós o hábitat do Divino.

E a existência é uma jornada de mil caminhos, e todos eles nos levam à todos os lugares, alguns perigossissimos, outros nem tanto, porem desafios imensos nos chegam a todo o momento, mais dentro é morada de um tesouro sem fim, que descobrimos quando caminhamos por trilhas internas e superamos todos os obstáculos que nos chegam, dentro de nós o oásis.

Eis a tarefa do peregrino do Ser em ação.

Seguir o coração.

Cida Medeiros




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bem vindo! Deixe aqui seu comentário.