O que são Valores para Paz?


É Essencial que os estudantes adquiram o entendimento e o sentimento vivo pelos valores. Eles devem adquirir um sentido vivo da beleza e do bem moral. De outra forma, eles com os seus conhecimentos especializados, mais se parecem com cachorros bem treinados do que um ser humano harmonioso. 
Albert Einstein

Os valores são a base da guiança interna de qualquer pessoa. Através dos valores podemos orientar nossa vida.

A maioria não possui muita clareza dos valores que estão por detrás de suas ações, mais elas existem, manifestam e criam um tipo de realidade. As decisões são baseadas naquilo que valorizamos.

O que torna o Ser Humano verdadeiramente humanizado é a consciência, a qualidade dos valores e a sua ação pratica.

Os Gregos definem os valores como sendo virtudes, qualidades potenciais que todo o ser humano deveria desenvolver para chegar a sua plena realização. O ideal dos Gregos é colocar em pratica os valores. Isto é, ter uma conduta onde a pratica de um valor internalizado, expressa-se naturalmente.

Todos nós temos como pano de fundo de nossas ações valores que se expressam em nossa conduta, por isso a importância dessa reflexão...o que você realmente valoriza em sua vida?

Os valores também são condicionados de forma inconsciente por um conjunto de valores sociais e culturais  assimilado por sua educação e que fazem parte de sua vida. Por isso, devemos fazer uma auto-reflexão para tomada de consciência sobre o que valorizamos na vida.

Pois é através dos valores que definimos nossas metas, as atitudes e o nível de desenvolvimento da consciência.

A Ética faz parte do que define um Ser Humano em sua conduta. Ethos quer dizer morada interior, o que quer dizer, que a ética faz parte da essência do Ser, a sua constituição fundamental.

É o que é Essencial ao bem estar na vida humana?

Se colocarmos os nossos valores pessoais atrelados a uma Holo-visão, indubitavelmente estaremos incluindo a Mãe Terra.

E se despertarmos  essa conduta interna, desde esse lugar dentro de nós, seremos suficientemente amorosos conosco mesmos, com todos que nos cercam, com todas as formas de vida e haveremos de tratar com amor a Terra que nos acolhe e alimenta.

E aprofundando essa escuta cuidadosa do que é essencial, poderemos despertar ações que manifestem a nossa qualidade acolhedora, nutritiva, amorosa, semeando ações e protegendo o crescimento de uma nova conduta humanitária, que será colhida no presente e em gerações futuras.

O valor como principio ético está acima da moral.

É preciso ter uma consciência ética bem desenvolvida para poder abrir mão de qualquer vantagem que possa colocar em risco a ação correta.

Quando desenvolvemos uma consciência ética bem definida sobre os valores humanos, e internalizamos de forma essencial, nossa conduta é guiada por uma ação correta.

Assim o individuo que consegue guiar-se por valores éticos universais vive em paz e realiza o verdadeiro sentido da vida humana.

O que acontece, para quem desconecta-se de seus valores essenciais é ter a desorientação interna e o caos como resultado em seu viver.

Os valores quando emergem dos alicerces essenciais do Ser humano, produzem condutas com grande força e poder. Manifestam uma atitude que pode influenciar de modo construtivo e produtivo, a politica, a economia, a ecologia, a forma como estruturamos e planejamos o futuro da sociedade, do meio ambiente e do planeta. Pois levamos em consideração a totalidade da experiencia humana, e com amor você não vai sentir-se feliz em ver alguém passando fome, ou necessidade, ou com frio, ou em dificuldades. Criará condições que elevem e conduzam a vida de todos para uma realização plena de seus potenciais.

Investira nas Ciências e nos conhecimentos disponíveis para gerar uma civilização melhor.

O que é lamentável de perceber que as pessoas que procuram guiar suas condutas dessa forma, são consideradas ingênuas ou fora da realidade.

Essa é uma reflexão fundamental, pois a cultura da paz, é um alfabeto novo, que todos nós precisamos abrir-se para conhecer e manifestar nessa nova possibilidade.

As vezes, a falta de auto-percepção impede a pessoa de perceber que sua conduta esta condicionada a valores sociais e culturais que demonstram uma necessidade de poder, de riqueza, de fama, do consumo exagerado, do desperdício, da competitividade e da valorização exagerada do conhecimento técnico e cientifico, que resulta numa postura desumanizadora e cruel. Tipo sou melhor que você...

E as necessidades humanas, como as de natureza espiritual de auto-conhecimento e de evolução ficam prejudicadas, pelo processo massificador e dominador das posturas competitivas e mercadológicas.

A humanização é a capacidade de devolver ao ser humano sua dignidade, que orientam a ação no sentido de aprimorar a conduta ética, o compromisso com a virtude e a expressão da natureza essencial do Ser.

Biografia de Consulta: Manual dos Valores Humanos - Raíssa Cavalcanti (org), Patricia Isabel Vidal, Viviane Furtado - Ed. AS

Cida Medeiros
Aprendiz da Cultura da Paz
Coordenadora e Focalizadora das Constelações Familiares no III Festival Mundial da Paz.
Terapeuta a Escuta do Ser.
Voluntaria e Ativista da Paz pela rede Unipaz.
Facilitadora das Constelações Sistêmicas e Xamã

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bem vindo! Deixe aqui seu comentário.