A Arte do Exorcismo

Existe uma arte no Exorcismo.
Nem sempre a forma e a mesma utilizada por diferentes curadores, xamas ou exorcista. 
Cada canal e único em sua Medicina de Cura.
 E preciso ter essa clareza e seguir o coração. 
Se você tiver um...é claro.

 Podemos exorcizar nossos próprios demônios. 
Os principais demônios das quais precisamos exorcizar e o demônio do medo.
 Ele escraviza os sentidos e permite abrir portas para a entrada de forças escuras que residem no nosso inconsciente pessoal e/ou coletivo.

 Quando isso acontece temos que ter consciência de pedir ajuda, nem sempre conseguimos nos libertar de forças negativas que penetram nossas defesas, sugando nossa energia e desvitalizando-nos.

O Xamã possuí instrumentos de poder que auxiliam na liberação de energias negativas.
Mas também, partilham do Universo que é rico em aliados de poder.
O meu principal instrumento de acesso a esse poder, por exemplo é o tambor.

Mais o Tambor é uma Medicina de Cura por sí só.
Recorro sempre que necessário para entrar em contatos com os aliados de poder e
deles pedir orientação para cura.

Nem sempre preciso utilizar o tambor, tenho desenvolvido com a prática de muitos anos,
meu próprio sistema de cura, exorcismo e caminho espiritual.
E a forma de exorcizar as negatividades.

 As que vem do meu próprio universo interior e mais fácil de controlar visto que procuro reconhecer e faço sempre uma auto-analise de meu próprio pensamento e sentimento.
 Com o conhecimento da Magia dos Kahunas fica mais fácil reintegrar tudo a luz e encontrar uma estado de paz e harmonia.

Quando a questão envolve os clientes o trabalho e quase sempre o mesmo. 
 Pela pratica dos anos pude perceber que recebemos muita força e muita luz quando temos coragem de entrar no nosso mundo interior, perceber os sentimento e emoções que nele habitam.

 Para libertar as pessoas de forças negativas e preciso que a consciência atue, auxiliando a cada um assumir sua parte de responsabilidade pela energia negativa que criou e que permitiu a abertura para as bruxas do mal ter tanta força para atuar.

 Quando a pessoa e capaz de olhar para sua própria escuridão, sua própria maldade, seus sentimentos mesquinhos de inveja, ódio, cobiça e desprezo, então é possível mover muitos campos de cura para fazer a mais profunda limpeza espiritual.

Padrões mentais e atitudes negativas geram bloqueios energéticos e o potencial criativo fica impedido de realizar-se.
As formas pensamentos negativas geradas pelos padrões mentais, herdados e criados pela própria pessoa e pior dos que muitos seres das trevas.

 Existem muitos seres das trevas, porém existem muitos guardiões de lei que atuam com maestria na ordenação dessas entidades negativas do submundo.

Agora, e a forma pensamento criada pelo descontrole mental?

 A vibração que é emanada 24 horas por dia da mente negativa que produz verdadeiros "targs"?
("Targs", entidades criadas pela mente, carregadas de energia negativa.)
 Esse tipo de exorcismo e de fato muito especial.
Demanda um imenso trabalho de conscientização.
Os demônios podem ser até ataques de forcas negativas enviadas por seus desafetos...
mais você já parou para pensar em suas próprias criações mentais?

 Toda força maligna pode ter origem em uma energia mal direcionada. 
Por exemplo, um sentimento de amor e paixão que tenha sido mal compreendido, mal acolhido, mal amado, pode gerar um profunda magoa, pode gerar ódio, frustração e desejo de vigança.

 Essa energia mal qualificada, mal realizada, mal compreendida, mal conscientização pode virar uma poderosa energia negativa, uma forma pensamento que atravessa o espaço e atingi a outra pessoa onde quer que ela esteja.

 Mais também pode atingir a própria pessoa em um processo auto-destrutivo.
Acontece que uma idéia negativa carregada de dor e sofrimento pode ser tão prejudicial que qualquer demanda, cuja a fonte tenha sido uma magia negra, por exemplo.

E tão prejudicial quanto.

No caso da Magia Negra, somos alvos de "Algo", que vai sugando nossas energias vitais e vamos perdemos a nossa força, muitas vezes vinda de entidades, elementais vivificados, portais e tantos outros que atuam de maneira muito negativa sobre nós e precisamos recorrer a muita ajuda espiritual para desfazer isso.

E no casa da Auto Magia Mental?

Isso só piora a situação.
Se você já possuí como parte da forma como você foi educado sentimentos de menos valia, crenças negativas que foram herdadas do seu contexto familiar, que tem vem de um padrão dos seus antepassados,
pode ser, que se sinta mais vulnerável do que as maioria das pessoas.
  
Você passa a ser o agente principal dos fracassos de sua vida,
 por conta de seus sentimentos de menos valia. 
De auto piedade e de vitimização.

Mais nós somos, Deuses Co-criadores da realidade.
Podemos recriar nossa realidade.
Independente do que quer que tenha acontecido no seu passado é você que tem que ter consciência de dar o primeiro passo em direção a sua cura.

Se você, por exemplo, fica impregnado de pensamentos negativos, fruto de uma experiencia amarga, de uma frustração em seus sonhos e desejos você sem perceber poderá estar criando formas pensamentos negativas.

Toda energia desqualificada que criamos, pode ser enviamos inadvertidamente ao seu alvo de desafeto.

Se irá atingi-lo ou não isso é muito relativo.

Mais...

Toda a forma pensamento criada...

 e como um filho...
que sempre retorna a casa do pai...
isto e, toda a energia perdida, ou direcionada mentalmente a alguém,
voltara a seu lugar de origem.

Isso e uma lei cósmica.
Ou ficará rondando o seu próprio campo, no seu entorno.
 Sinto muito...mais você precisa sair desse lugar de vitima e de coitadinho de mim...

Acorde! 
Seja o agente da sua própria mudança!
Tome consciência!

Se você cria formas pensamentos de sofrimento, de pobreza, de desamor e tantas outras, baseado em crenças negativas que formou a partir de experiências do passado, é seu dever, acolhe-las com amor e compreensão.

Você é o agente principal para mudar isso dentro de você.
De procurar ajuda.

E importante ser tolerante com nossa própria vida.

E assumir essas coisas, como uma criança ferida, que deverá ser cuidada, alimentada com novos padrões mentais e de conduta com energias positivas para que essa parte de você volte a brilhar.

 Ao invés de se sentir um miserável, comece a pensar diferente, reflita na possibilidade de poder mudar isso.

Vire a sua própria mesa!

Reconheça que precisa de ajuda e saiba que e você é o co-autor das suas próprias dificuldades.

Cada caso é um caso.

Mas o que é certo dizer é que e você que e responsável em cura-las.
E se não sabe como fazer, deverá pedir ajuda.

 Cida Medeiros

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bem vindo! Deixe aqui seu comentário.