Rompendo com o Hábito de Morrer - Leonard Orr

Rompendo com o Hábito de Morrer -  Continuação...

Fonte:
Leonard Orr, Libertando-se do Hábito de Morrer: A Ciência da Vida Eterna,
Tradução de Gilberto M. Carnasciali, Hipocampo, 2001
 A libertação espiritual e a maestria, na realidade, significam a mesma coisa. Significa curar totalmente a mente emocional e, assim, ter um corpo saudável. Significa eliminar a consciência de vítima e tornar-se a fonte de nossos objetivos e desejos. Significa viver em êxtase, livre da idéia da morte como uma necessidade. Significa integrar o espírito, mente e corpo, e ter a capacidade de curar o corpo.

A iluminação espiritual começa com a conscientização de que a energia se torna aquilo que ela pensa! Eis uma pequena lista dos requisitos mínimos para se trilhar o caminho da libertação e maestria:




1. Escolher a imortalidade física: construir uma filosofia de vida partindo da perspectiva da imortalidade física, em vez de aceitar a perspectiva mortalista.

2. Tornar-se consciente do corpo energético.

3. Aprender a limpar o corpo energético com as práticas de mantra, terra, ar, água, fogo e amor.

4. Fazer a prática da purificação espiritual durante um número suficiente de anos para se colocar à frente do processo, de tal forma que você estará curando a poluição da energia emocional mais rapidamente do que a absorvendo.

5. Fazer as pazes com o princípio do guru (O guru é uma pessoa comum que lembra às pessoas sobre sua divindade natural: G-U-R-U = Gee, yoU aRe yoU = Cara, você é você!).

6. Escolher um estilo de vida que apóie o crescimento espiritual e a maestria.

7. Tornar-se sofisticado no conhecimento das grandes escrituras de todas as religiões.

8. Criar uma comunidade espiritual.

9. Ter um relacionamento bem sucedido com Babaji, o Pai Eterno na forma humana.

10. Solucionar a pulsão de morte que você recebeu da tradição de sua família.

11. Curar todas as patologias da senilidade.

12. Encontrar satisfação na carreira, na prosperidade e nas responsabilidades de cidadão.


Alimentando-se da Árvore da Vida, que significa praticar a Presença de Deus, continua-se a ser a Fonte da Vida Eterna. Deus é a fonte da sabedoria, paz, prazer, maestria, materialização e vida eterna. Devoção a Deus é a fonte da ciência do estado de animação pessoal eterno. Escolher ser um mestre iogue imortal o torna imortal no momento presente. O truque é permanecer imortal. Isto obviamente envolve dominar a escolha do Agora Eterno. Isto está em harmonia com a nossa natureza divina. Temos somente que nos lembrar, sem esforço e eternamente, que somos naturalmente as crianças divinas de Deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bem vindo! Deixe aqui seu comentário.