Dualidade

O que é a Dualidade?

É um conceito utilizado que diz que tudo que é manifesto é dual.

Compreende a existência de opostos inter-relacionados em toda a natureza. Por exemplo:

- Vida e Morte
- Luz e Sombra
- Bem e o Mal.

Então, os praticantes do Advaita, como por exemplo Ramesh Balsekar que foi discípulo do sábio Nisargadatta Maharaj, diz que dualismo é perseguir a felicidade excluindo totalmente a infelicidade.

Pensar por exemplo em conseguir a saúde, a prosperidade e a felicidade excluindo totalmente a  doença, a pobreza e o sofrimento.

O que quer dizer que devemos acolher as duas estâncias de experiência como seres humanos.

Pois, para o  Vedanta Advaita, tudo isso é uma ilusão.

Aceitar a vida como ela é.

No bom e no ruim.

Compreendendo que o bom e o ruim são julgamentos que fazemos a respeito de uma dada situação.

Tudo que acontece, acontece por vontade de Deus, de acordo com Leis Cósmicas. Bem além.

O Sábio compreende a natureza dos pensamentos como algo que vem e vai. Ele não se identifica com o que passeia em sua mente.

Ele acolhe o bom e o ruim com a mesma naturalidade. Não julga nem condena nada.

Para encerrar esse post, compartilho esse pensamento de Buda que diz muito sobre o Advaita na Não Dualidade.

- "Fatos acontecem, atitudes são tomadas, consequências se sucedem, mas não há um individuo que execute qualquer ação.

Todos nós somos objetos da vida.

E esta tudo certo.

Cida Medeiros

Obs: Recomendo a Leitura "Deixe a Vida Fluir" de Ramesh S. Balsekar.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bem vindo! Deixe aqui seu comentário.