Igreja Ortodoxo Russa



O Patriarca Alexis II de Moscovo e todas as Rússias morreu na sexta-feira, 5 de Dezembro. Foi o décimo quinto primado da Igreja Ortodoxa Russa desde a formação do Patriarcado na Rússia.O Patriarca Alexis (Alexey Mikhailovich Ridiger) nasceu numa família profundamente religiosa no dia 23 de Fevereiro de 1929 em Tallinn na Estónia. Todos os anos realizava com os pais uma peregrinação e estas peregrinações anuais determinaram fortemente a forma de vida espiritual do futuro patriarca.Em 1947 ingressou no Seminário Teológico de Leninegrado (hoje São Petersburgo) onde se diplomou com distinção. Ainda estudante Alexey Ridiger foi ordenado sacerdote. Em 1961 o monge e sacerdote Alexis foi elevado a Arquimandrita e depois consagrado Bispo de Tallinn e da Estónia na Catedral Alexandre Nevsky em Tallinn. Em 1964 o Bispo Alexis foi elevado a Arcebispo. No dia 7 de Junho de 1990 foi eleito Patriarca de Moscovo pelo Conselho local da Igreja Ortodoxa Russa.Após muitos anos de perseguição e restrições, a Igreja recuperou a oportunidade de desempenhar a actividade catequética e de educação religiosa na sociedade, como também a pastoral caritativa em hospitais, lares de terceira idade e prisões.Durante o período de reforma politica, social e económica, Sua Santidade, o Patriarca Alexis recordava às pessoas para darem prioridade aos objectivos morais sobre outras ambições, e a preferir o ministério a favor do bem concreto das pessoas, e da sociedade no seu todo, nas actividades politicas e económicas.Durante o seu ministério, a Igreja Ortodoxa Russa local uniu-se com êxito à Igreja Ortodoxa Russa no estrangeiro. Todo o povo russo, como todas as pessoas de boa-vontade, agora rezam pela sua alma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bem vindo! Deixe aqui seu comentário.