O botão

"No interior de cada ser humano existe um botão prestes a desabrochar as qualidades supremas do Ser Divino. Dentro de cada um de nós um espaço a ser habitado pela luz.
Precisamos acolher com amor esse espaço sagrado. Regar o botão com a intenção dos nossos pensamentos e sentimentos. Estar a serviço do Criador.

Esse botão vai desabrochando e revelando suas qualidades naturais e únicas.

Vai exalando o perfume de Deus.

Cada um tem um botão especial, único, singular, querendo revelar o perfume de sua existência. 

Quanto mais regamos esse botão, mais ele cresce, mais se faz presente em sua consciência. Ao desabrochar a flor do seu "Eu Divino" o seu encanto é único. Atrai para perto de si os adoradores da luz da consciência.  A fragrância espetacular do amor de Deus. Todos querem sentir seu perfume, observar sua beleza, encantar-se com sua forma. Assim o Divino manifesta sua criação habitando dentro do seu coração."
Cida Medeiros 

Sobre o contexto geral


Estamos vivendo num contexto muito maior que é a Terra que está inserida no Universo.

Se o sol está brilhando para você, emitindo seus raios luminosos e saudáveis, como já foi um dia, mais você está enfiado num buraco, o que o Sol tem haver com isso? ...Se você não está disponível para receber seus benefícios?

Agora se a camada de Ozônio e o Aquecimento Global está destruindo o Ecossistema e com isso os raios solares ao inves de nutrir em vitaminas o seu corpo, agora pode te causar um câncer, se você não tomar cuidado, quem tem responsabilidade sobre isso? 

Todos nós temos haver com isso, em maior ou menor grau de responsabilidade. E quanto mais poder a pessoa tem de influenciar outras, ou está em cargos que lhe conferem poder de decisão, maior e sua responsabilidade para ser um agente transformador de consciência. 

Não viva só para satisfazer o seu ego, viva para realizar as inspirações mais elevadas da alma humana.

Pense na Familia Gaia, que todos somos irmãos. Uns precisam mais de orientações, outros já podem sair plantando sementes e regando solos. 

Sê você também um Agente de transformação da Consciência Humana...

De mudanças, de inovações, de transformação.

Assim podemos sofrer menos com as conseqüências do mal uso dos recursos ambientais e para a cegueira atual. 

Precisamos sair desse sono profundo e acordar com urgência para questão ambiental e de mudanças de hábitos e valores. 

Nossas decisões internas precisam estar cada vez mais alinhadas com esse propósito para sermos agentes transformadores em rumo a uma nova consciência.

Somos responsáveis sim e a natureza é Justa.

Cida Medeiros

Amor e União


O Amor, na realidade é uma tendência inata. 
É a essência inerente a Criação e a Criatura.
 Em toda a forma, o amor preenche e dá qualidade.
Em todos os seres, o amor edifica.
Em toda a criatura, o amor abastece.
E leva à união.

Com amor

Cida Medeiros

Momento da Paz - Sarah Brightman



Em momento de paz

Ah Ah Ah Ah Ah
Ah Ah Ah Ah Ah

(Refrão)

Venha agora, venha ao nosso lado
Um lugar onde você pode se esconder
Nós somos a luz do sol
Descanse sua alma aqui
E você vai encontrar
Nós somos a energia
Nós damos o mundo para ti
Segure o seu coração agora
Vamos aliviar a dor de sua sobrancelha

(Sarah Brightman)
Em um mundo sem perigos
quando a destruição está próxima
Você pode vir conosco aqui

Quando as pessoas são estranhas
Você vai descansar aqui comigo
Em um momento de paz

(Repetição)

(Refrão)

Ilumine a escuridão abaixo,
Veja através das estrelas,
Alcançar a fluir da Terra
Drift na alegria dos nossos corações,
Libere a energia,
Gosto do vinho
Bebida como uma Alma
Que sabe agora, o poder divino

(Sarah Brightman)
Em um mundo sem perigos
quando a destruição está próxima
Você pode vir conosco aqui

Quando as pessoas são estranhas
Você vai descansar aqui comigo
Em um momento de paz

em um momento de paz

O Almiscareiro do Himalaia

Por Paramahansa Yogananda

O almíscar é uma substância valiosa, extremamente aromática, contida numa bolsa sob a pele do abdome do almiscareiro macho, que habita os elevados picos dos Himalaias. Quando o almiscareiro alcança certa idade, o odor penetrante do almíscar começa a exsudar dessa bolsa. O almiscareiro fica excitado pelo aroma delicioso e pula para lá e para cá, farejando sob as árvores e furnas, buscando em toda a parte – às vezes por muitas semanas - , procurando a fonte da persistente fragrância. Incapaz de localizar o perfume tantalizante, ele se torna extremamente inquieto e, em seguida, irritado. Em sua agitação e num esforço último e desesperado de encontrar a fonte da essência enlouquecedora, sabe-se de casos em que o almiscareiro salta dos altos picos alcantilados e cai para a morte no vale que se estende abaixo. Os caçadores, achando os cadáveres, cortam a almejada bolsa do almíscar.

Energia de Cura


Energia de Cura


Uma das coisas mais intrigantes de todos os tempos é a questão da misteriosa energia de cura – uma energia que tem a habilidade aparente de fazer “milagres” e transformar não somente a medicina, mas também a vida.

Utilizada desde o período pré-histórico; a começar pelos kahunas e, atualmente incorporada por alguns médicos em suas práticas diárias, foi revelada a cada um de uma forma, recebendo diferentes denominações.

Ser Grato

Tenho nos últimos tempos exercitado muito a gratidão. Isso tem sido muito bom para mim. 

As vezes acontece de eu vivenciar uma situação que me desagrada profundamente, então, paro, respiro profundamente, silenciosamente e interiormente digo:

 - Sim. Eu Aceito. Muito Obrigada.

O efeito que isso dá é imediato. Eu me libero daquela situação. E fico em paz.

Aceito que as coisas, pessoas, circunstâncias não respondam aos meus ideais, aos meus desejos, as minhas aspirações de paz e harmonia. É um direito do outro estar onde quer estar.

Kyrie Eleison



Cântico Sagrado de Kyrie Eleison, várias liturgias Cristãs. Católicas, Anglicanas, Ortodoxas e luteranas.

"Senhor Tende Piedade"

"Senhor, tende piedade (de nós); Cristo, tende piedade (de nós); Senhor, tende piedade (de nós)".

Dias dos meus anos

Álvaro de Campos

Aniversário
 
No tempo em que festejavam o dia dos meus anos,
Eu era feliz e ninguém estava morto.
Na casa antiga, até eu fazer anos era uma tradição de há séculos, 
E a alegria de todos, e a minha, estava certa com uma religião qualquer. 
No tempo em que festejavam o dia dos meus anos,
Eu tinha a grande saúde de não perceber coisa nenhuma, 
De ser inteligente para entre a família,
E de não ter as esperanças que os outros tinham por mim.
Quando vim a ter esperanças, já não sabia ter esperanças.
Quando vim a.olhar para a vida, perdera o sentido da vida. 

Sim, o que fui de suposto a mim-mesmo,
O que fui de coração e parentesco.
O que fui de serões de meia-província,
O que fui de amarem-me e eu ser menino,
O que fui — ai, meu Deus!, o que só hoje sei que fui...
A que distância!...
(Nem o acho... )
O tempo em que festejavam o dia dos meus anos! 

O que eu sou hoje é como a umidade no corredor do fim da casa, 
Pondo grelado nas paredes...
O que eu sou hoje (e a casa dos que me amaram treme através das minhas lágrimas),
O que eu sou hoje é terem vendido a casa, 
É terem morrido todos,
É estar eu sobrevivente a mim-mesmo como um fósforo frio... 

No tempo em que festejavam o dia dos meus anos ...
Que meu amor, como uma pessoa, esse tempo!
Desejo físico da alma de se encontrar ali outra vez,
Por uma viagem metafísica e carnal,
Com uma dualidade de eu para mim...
Comer o passado como pão de fome, sem tempo de manteiga nos dentes! 

Vejo tudo outra vez com uma nitidez que me cega para o que há aqui...
A mesa posta com mais lugares, com melhores desenhos na loiça, com mais copos,
O aparador com muitas coisas — doces, frutas, o resto na sombra debaixo do alçado,
As tias velhas, os primos diferentes, e tudo era por minha causa, 
No tempo em que festejavam o dia dos meus anos. . .
 
Pára, meu coração!
Não penses!  Deixa o pensar na cabeça! 
Ó meu Deus, meu Deus, meu Deus!  
Hoje já não faço anos.
Duro.
Somam-se-me dias.
Serei velho quando o for.
Mais nada.
Raiva de não ter trazido o passado roubado na algibeira! ... 

O tempo em que festejavam o dia dos meus anos!...

Igreja Ortodoxo Russa



O Patriarca Alexis II de Moscovo e todas as Rússias morreu na sexta-feira, 5 de Dezembro. Foi o décimo quinto primado da Igreja Ortodoxa Russa desde a formação do Patriarcado na Rússia.O Patriarca Alexis (Alexey Mikhailovich Ridiger) nasceu numa família profundamente religiosa no dia 23 de Fevereiro de 1929 em Tallinn na Estónia. Todos os anos realizava com os pais uma peregrinação e estas peregrinações anuais determinaram fortemente a forma de vida espiritual do futuro patriarca.Em 1947 ingressou no Seminário Teológico de Leninegrado (hoje São Petersburgo) onde se diplomou com distinção. Ainda estudante Alexey Ridiger foi ordenado sacerdote. Em 1961 o monge e sacerdote Alexis foi elevado a Arquimandrita e depois consagrado Bispo de Tallinn e da Estónia na Catedral Alexandre Nevsky em Tallinn. Em 1964 o Bispo Alexis foi elevado a Arcebispo. No dia 7 de Junho de 1990 foi eleito Patriarca de Moscovo pelo Conselho local da Igreja Ortodoxa Russa.Após muitos anos de perseguição e restrições, a Igreja recuperou a oportunidade de desempenhar a actividade catequética e de educação religiosa na sociedade, como também a pastoral caritativa em hospitais, lares de terceira idade e prisões.Durante o período de reforma politica, social e económica, Sua Santidade, o Patriarca Alexis recordava às pessoas para darem prioridade aos objectivos morais sobre outras ambições, e a preferir o ministério a favor do bem concreto das pessoas, e da sociedade no seu todo, nas actividades politicas e económicas.Durante o seu ministério, a Igreja Ortodoxa Russa local uniu-se com êxito à Igreja Ortodoxa Russa no estrangeiro. Todo o povo russo, como todas as pessoas de boa-vontade, agora rezam pela sua alma.

Jornada de Cura através da Visão Sistêmica com Cida Medeiros dia 13.08.11




paz geia.png

Paz Géia Convida!



familia 1.jpg

Sábado, dia 13.08, mais uma vivência em grupo de Constelação Familiar.

Especialmente este Sábado, dia 13.08.11 das 9:hs as 13 hs, estaremos realizando um trabalho de caráter social, isto é, cobrando apenas o Ingresso Solidário: (Leite, Café e Açúcar) que será doado a uma instituição filantrópica.

É necessário inscrever-se, pois as vagas são limitadas.

Será sorteado, durante o evento, duas pessoas, dentre as pessoas que tem interesse em fazer sua Constelação.

Quem não tiver tempo de comprar os donativos também poderá contribuir com dinheiro.

Esse é um exercício da "Gratuidade" e de gerar ações Dharmicas,.

 Para mim, principalmente, tem o significado de exercitar a ação solidária e principalmente pela gratidão por esse trabalho que só vem somando em meu crescimento interior.

Obviamente contando com a Generosidade da Carminha Levy, fundadora da Paz Géia, da Maria Luiza Resende que é da Diretoria de Finanças e da Cleo que é assistente.

Todos estarão irmanando-se nesse ato de doação.

Já tenho algumas pessoas inscritas.

Mais entre em contato:

cida.medeiros@gmail.com

Inscreva-se!


Alguns exemplos de questões que podem ser Consteladas:

- Sintomas
- Problemas entre pais e filhos
- Casais que estão em crises
- Conflitos de relacionamentos
- Baixa Auto-estima
- Sentimentos de Abandono e falta
- Filho (a), que sente falta do amor do pai ou da mãe.
- Questões com a carreira
- Conflitos no ambiente de trabalho
- Medos
- Angústias
- Depressões
- Apatia

  Benefícios da Constelação Familiar:

- Compreensão
-  Integração
- Libertação
- União
- Resgate
- Harmonia
- Bem estar
- Equilíbrio
- Sabedoria
- Consciência
- Ordem
- Amor
- Aprendizado
- Conhecimento
- Força.
- Saúde

Venha conhecer esse método que é muito curativo e libertador.

O participante nas Constelações como representantes e por ressonância também recebe benefícios, aprendizados, tem insights, revelações, compreensões em seu próprio processo de auto-conhecimento e tomadas de consciência.

Quem faz a sua Constelação, tem um atendimento diferenciado e uma percepção clara das questões ocultas que estão dificultando algo em sua vida, a pessoa está no centro da vivência. As pessoas que participam tem uma outra natureza de trabalho terapêutico,  tem percepção que auxiliam a compreender a sí mesmo, atuam como representantes e isso confere um grande aprendizado. É uma vivencia terapêutica onde todos são beneficiados de algum modo. Principalmente no aprendizado e na ampliação da visão em relação a vida e os acontecimentos. Extremamente libertador e curativo.

O Valor praticado normalmente é:

Para Constelar o Valor é R$ 260,00
Para Participar o valor é R$ 30,00

Excepcionalmente nesse dia 13.08.11, termos apenas o Ingresso Solidário.

(leite, açúcar, café)
Na quantidade que seu coração estiver aberto.

Local
Paz Géia
Rua João de Brito, 120
Itaim Bibi


Inscrições:
(011) 3846-5211
(011) 5539-0419
(011) 9638-3190
--
"O Amor Une."

Cida Medeiros
Terapeuta.
Facilitadora em Constelação Familiar
(011) 55390419
(011) 96383190

Web:

Blog Cida Medeiros
Follow Twitter
Home Page
Curtam minha: Fan Page
Skipe: cidamedeiros
Orkut: cidamedeiros
UNYK é: UFV 111

Leite de Abóbora


Tenho feito alguns Leites Vegetais e hoje especialmente fiz esse de semente de abobora que vou compartilhar aqui com vocês.
É fonte de cálcio, fósforo e ferro. 
Por isso combate a anemia, ajuda na formação de glóbulos vermelhos, na oxigenação das células e na formação de ossos, músculos e cérebro.

Agora é bom lembrar o efeito que dá nos intestinos, pois além de limpá-lo, combate os vermes, os hospedes inoportunos do seu organismo.
Aprendi também que esse leite é bom para as gestantes que sentem náuseas e enjôos.

Lembrando que essa é uma receita caseira e portanto se fizer está sobre sua inteira responsabilidade.

Como eu cheguei nesse leite?

Foi através da Revista Vegetarianos, número 25. 

Já tomei algumas vezes e senti-me bem.

Como fazer?

Segue as instruções que são muito fáceis.

- 1 Copo de Semente de Abóbora. 
- 4 Copos de Água filtrada.

Deixe de molho na água de um dia para o outro à noite, 
eu uso água filtrada também, mais de manhã eu renovo essa água.

Como eu faço:

Bato no liquidificador com 4 copos de água filtrada.

Coe bem

e Sirva-se.

Rende mais ou menos um litro.

Cida Medeiros

Amor



"A idade não protege contra o amor.
 Mas o amor, na medida certa, protege contra a idade." 
Jeanne Moreau,  Atriz

O ponto negro

    
O Ponto Negro

Certo dia, um professor entrou na sala de aula e disse aos alunos para se prepararem para uma prova relâmpago. Todos se sentiram assustados com o teste que viria.

O professor entregou então, a folha com a prova virada para baixo, como era de costume...

Quando puderam ver, para surpresa de todos, não havia uma só pergunta ou texto, apenas um ponto negro no meio da folha.

Conversando com Carlos Castãneda



Escritos a partir da década de sessenta, os livros de Carlos Castañeda se tornaram clássicos não só por revelarem aspectos surpreendentes a respeito do homem e do mundo, mas também por descreverem em detalhes a longa e curiosa experiência iniciática de um antropólogo ocidental nos mistérios e na sabedoria da antiga tradição mágica tolteca.

Durante treze anos Castañeda seguiu os ensinamentos de seu mestre, o nagual Dom Juan Matus, que o aconselhou a apagar sua história pessoal e a agir segundo os desígnios do poder místico. E foi um desses misteriosos indícios que o levaram a conceder à jornalista Carmina Fort a entrevista da qual resultou este livro.

Em Conversando com Carlos Castañeda, Carmina se vale de um recurso utilizado pelo próprio autor de A Erva do Diabo, procurando reproduzir suas próprias palavras para manter o máximo de fidelidade ao relato. Dessa forma, ela permite ao leitor conhecer mais profunda e intimamente um homem que, não tanto por sua natureza, mas pela própria natureza do poder ao qual foi destinado, precisou tornar-se inacessível. O livro, escrito em linguagem simples e coloquial, se mostra revelador não só para os que já leram a obra de Castañeda, mas também para todos aqueles que desejam conhecer a estranha e fascinante jornada de um homem através dos insondáveis mistérios do mundo.

Editora: Nova Era
Autor: CARMINA FORT
ISBN: 8501039020
Origem: Nacional
Ano: s.d.
Edição: 1
Número de páginas: 0


Poderá ver em formato Digital no link abaixo:
Conversando com Carlos Castãneda

Cida Medeiros e Carminha Levy

25.07.2011

Eu e Carminha Levy no moitará da Paz Géia, comemorando seu Aniversário e o dia Fora do Tempo, segundo o Calendário Maia com a tribo da Paz Géia.

Carminha, Mestre, Xamã, a qual eu honro muito.

Grata por todos os ensinamentos!

Ahow!

Cida Medeiros
Posted by Picasa

Fantasma da Ópera



É noite de gala na Ópera de Paris. Os Srs. Debienne e Poligny se despedem do cargo de diretores da Ópera com um último recital. Porém, nos corredores do teatro, uma figura misteriosa caminha como uma sombra e desaparece sempre que é vista. No subsolo, o maquinista-chefe é encontrado morto. Esse é o legado que os antigos diretores deixam a Armand Moncharmim e Firman Richard: a perturbadora presença do fantasma da Ópera. Ao ignorar os caprichos do Fantasma, os novos diretores têm que lidar com uma trágica seqüência de eventos que culmina no desaparecimento repentino da cantora lírica Christine Daaé. É em meio a esse clima de suspense e de terror que somos levados ao labirinto sombrio que é o subsolo da Ópera de Paris.

Quem quiser pode baixar o livro no link: Download: 4shared  ou

Assistir uma parte no Video:
Sarah Brightman & Antonio Banderas 
-The Phantom Of The Opera  - 1998 

Carma, Umbral e Mantra

Carma (do sânscrito "Karma"): Ação; Causa - é a lei universal de causa e efeito. Tudo aquilo que pensamos, sentimos e fazemos são movimentações vibracionais nos planos mental, astral e físico, gerando causas que inexoravelmente apresentam seus efeitos correspondentes no universo interdimensional. Logo, obviamente não há efeito sem causa, e os efeitos procuram naturalmente as suas causas correspondentes. A isso os antigos hindus chamaram de carma.

Umbral - plano astral denso; Geena; Hades; inferno.

Mantra (do sânscrito) - Palavra oriunda de "Manas": Mente - e "Tra": Controle. - Literalmente, significa "Controle da mente".  Determinadas palavras evocam uma atmosfera superior que facilita a concentração da mente e a entrada em estados alterados de consciência. Os mantras são palavras dotadas de particular vibração espiritual, pois são palavras sintonizadas com padrões vibracionais elevados. São análogos às palavras-senhas iniciáticas que ligam os iniciados aos planos superiores.

Pode-se dizer que os mantras são as palavras de poder evocativas de energias superiores. Como as palavras são apenas a exteriorização dos pensamentos revestidos de ondas sonoras, pode-se dizer também que os mantras são expressões da própria mente sintonizada em outros planos de manifestação.

São estados de Ser, planos de manifestação dessas realidades. Agindo em vários níveis. Estados de Consciência. Carma age no plano da matéria, do corpo físico, da 3 Dimensão.

Umbral um Estado de Consciência ou inconsciência.

Mantra é uma palavra que ajuda a transcender a mente.

Estatuto do Homem


É muito lindo esse Estatuto do Homem de Thiago de Mello, eu gosto de todos mais o que mais me toca é o artigo VIII, a maior Dor é não poder dar amor a quem se ama. Ja vivi isso, é muito ruim realmente. Quem não viveu as dores do amor?
Espero que gostem!
Cida Medeiros
Artigo I 
Fica decretado que agora vale a verdade.
agora vale a vida,
e de mãos dadas,
marcharemos todos pela vida verdadeira.

Artigo II 
Fica decretado que todos os dias da semana,
inclusive as terças-feiras mais cinzentas,
têm direito a converter-se em manhãs de domingo. 

Artigo III  
Fica decretado que, a partir deste instante,
haverá girassóis em todas as janelas,
que os girassóis terão direito
a abrir-se dentro da sombra;
e que as janelas devem permanecer, o dia inteiro,
abertas para o verde onde cresce a esperança. 

Artigo IV 
Fica decretado que o homem
não precisará nunca mais
duvidar do homem.
Que o homem confiará no homem
como a palmeira confia no vento,
como o vento confia no ar,
como o ar confia no campo azul do céu. 
       
        Parágrafo único:  
        O homem, confiará no homem
        como um menino confia em outro menino. 

Artigo V  
Fica decretado que os homens
estão livres do jugo da mentira.
Nunca mais será preciso usar
a couraça do silêncio
nem a armadura de palavras.
O homem se sentará à mesa
com seu olhar limpo
porque a verdade passará a ser servida
antes da sobremesa. 

Artigo VI  
Fica estabelecida, durante dez séculos,
a prática sonhada pelo profeta Isaías,
e o lobo e o cordeiro pastarão juntos
e a comida de ambos terá o mesmo gosto de aurora. 

Artigo VII  
Por decreto irrevogável fica estabelecido  
o reinado permanente da justiça e da claridade,
e a alegria será uma bandeira generosa
para sempre desfraldada na alma do povo. 

Artigo VIII   
Fica decretado que a maior dor
sempre foi e será sempre
não poder dar-se amor a quem se ama
e saber que é a água
que dá à planta o milagre da flor. 

Artigo IX 
Fica permitido que o pão de cada dia
tenha no homem o sinal de seu suor. 
Mas que sobretudo tenha
sempre o quente sabor da ternura. 

Artigo X  
Fica permitido a qualquer  pessoa,
qualquer hora da vida,
uso do traje branco. 

Artigo XI 
Fica decretado, por definição,
que o homem é um animal que ama
e que por isso é belo,
muito mais belo que a estrela da manhã. 

Artigo XII   
Decreta-se que nada será obrigado
nem proibido,
tudo será permitido,
inclusive brincar com os rinocerontes
e caminhar pelas tardes
com uma imensa begônia na lapela. 

        Parágrafo único:
        Só uma coisa fica proibida:
        amar sem amor.

Artigo XIII 
Fica decretado que o dinheiro
não poderá nunca mais comprar
o sol das manhãs vindouras.
Expulso do grande baú do medo,
o dinheiro se transformará em uma espada fraternal
para defender o direito de cantar
e a festa do dia que chegou.

Artigo Final.   
Fica proibido o uso da palavra liberdade,
a qual será suprimida dos dicionários
e do pântano enganoso das bocas.
A partir deste instante 
a liberdade será algo vivo e transparente
como um fogo ou um rio,
e a sua morada será sempre
o coração do homem.