Novos Paradigmas

"Nossos cérebros constroem matematicamente a realidade "concreta" interpretando frequências provenientes de outra dimensão, um domínio de realidade primária, significativa e padronizada, que transcende tempo e espaço. O cérebro é um holograma interpretando um universo Holográfico".

No livro "O Paradigma Holográfico" e outros paradoxos, reúne vários cientistas e pesquisadores e dentre todas as coisas que é tratado, cito: - o universo holográfico é uma nova perspectiva sobre a realidade.

Fenômenos que envolvem estados alterados de consciência podem ser explicado por essa teoria do neurocientista Karl Pribam e David Bohn.

Eles dizem que a sintonização com a matriz invisível é que gera a realidade concreta. O que pode explicar precognição, a psicocinese, a cura paranormal  e tantas outras experiencias em estado de consciência expandido.

É um novo paradigma emergente, que de novo não tem nada, e sim, revelado aos poucos para alguns que ainda desconhecem esse assunto. Algo que explica o fenômeno do espirito de maneira cientifica.

A Teoria do Holograma explica a ordem dobrada, isto é, o aspecto desdobrado da realidade.

Existe uma interconexão inseparável em tudo que é existente e manifesto no universo. Transcende o tempo e o espaço.

Por essa teoria, a realidade constitui-se a partir de uma matriz invisível.

Além do espaço tempo, só existem frequências das quais o cérebro capta, decodifica e cria realidades.

O fenômeno da sincronicidade e coincidência significativa fazem todo sentido num universo significativo e holográfico.

Por isso, podemos transmitir mensagens através do espaço interpessoal.

Na física quântica por exemplo, a matéria sofre interferências quando é observada, em estado de repouso ela pulsa como partículas, quando observada ela vira uma onda. Isso comprova o efeito que nossa observação tem sobre as coisas que observamos. Interferimos de modo positivo ou de modo negativo, de acordo com a natureza dos nossos sentimentos.

Por isso, no trabalho com as Constelações Familiares, o campo que se forma atua de forma favorável para seguir em ondas e mover campos de entendimento e amor.

Fios invisíveis, rede de conexão, tudo está ligado, tão ligado está que você não pode mexer numa flor sem incomodar uma estrela.

Por isso o efeito da Constelação familiar é tão poderoso e rico. Pois ele atuam em Campos, esses campos se movem, criam efeitos, produzem resultados.

Cida Medeiros






Jornada de Cura através da Constelação Familiar Dia 30.07.11


paz geia.png
A Paz Géia Convida:



familia 1.jpg

Mais uma Vivência de Constelação Familiar.

A Constelação Familiar é um método inovador que busca revelar as dinâmicas ocultas que estão atuando em sua vida de forma desfavorável.
Os emaranhamentos nos relacionamentos, as desordens do amor, o que não flui, o que está estagnado e o que precisa criar movimento.

"As vezes a pessoa não consegue assumir sua vida verdadeiramente, não consegue dar passos importantes e necessários,  experimenta uma  "falta", "falta algo', a constelação é uma ferramenta poderosa que permite restabelecer essa "falta" e com isso, receber a força necessária para seguir em frente com força e determinação." Cida Medeiros 

Alguns exemplos de questões que podem ser Consteladas:

- Sintomas
- Problemas entre pais e filhos
- Casais que estão em crises
- Conflitos de relacionamentos
- Auto-estima baixa
- Sentimentos de Abandono e falta
- Filho (a), que sente falta do amor do pai ou da mãe.
- Questões com a carreira
- Conflitos no ambiente de trabalho
- Medos
- Angústias
- Depressões
- Apatia

  Benefícios da Constelação Familiar:

- Traz Integração
- Libertação
- União
- Resgate
- Harmonia
- Bem estar
- Equilíbrio
- Sabedoria
- Consciência
- Ordem
- Amor
- Aprendizado
- Conhecimento
- Saúde

Venha conhecer esse método que é muito curativo e libertador.

Você pode participar e com isso aprender muito, ter insight e compreensões.
ou

Você pode Constelar sua questão e sentir os benefícios diretos dessa vivência.

Para Constelar o Valor é R$ 240,00
Para Participar o valor é R$ 30,00


INSCRIÇÕES ANTECIPADAS – VAGAS LIMITADAS
Local:
 Paz Géia -  Instituto de Pesquisas Xamânicas
Rua Prof. João Brito, 120 – Itaim Bibi – SP – SP
Fone: 11- 3846-5211 – E-mail: paz.geia@pazgeia.org.br
www.pazgeia.org.br

ou
(011) 5539-0419
(011) 9638-3190

Web:


A Onda


Todos nós estamos sujeitos aos Tsunami na vida. Se algo anda mal, sobrecarregado, entupido ou demais é da natureza que o Tsunami se apresente.

São os acontecimentos que nos pegam de supetão e nem temos tempo de raciocinar sobre o que esta acontecendo e quando vemos... já foi...ou já era.

Lendo um trecho do livro de Bert Hellinger sobre a Dor e a Separação*, meditando sobre isso e sobre os acontecimentos que nos chegam sem aviso, resolvi então escrever esse post.

Quando em um relacionamento a ofensa conduz a separação, a dor e a expiação vem na forma de sofrimento para todos os envolvidos. As vezes pensamos que um foi a "vitima" e o outro foi o "agressor"  e portando o "culpado". Essa "Consciência Pessoal" que Bert  cita em suas obras, sempre busca o culpado e exclui para compensar o sistema, quando há uma ofensa que põe em risco "determinadas crenças, costumes ou valores" de um determinado núcleo familiar ou grupal.

Filosofia Huna

HUNA - Os três EUS - as três Mentes do homem 

Conexão: Cada uma das mentes está conectada à outra por meio da energia de
força da vida, chamada, no sistema havaiano, Mana, através de um fio invisível chamado Fio Aka.
O quarto elemento nesta equação.

 As três mentes do homem

Mais do que Nunca


Gostei muito desse texto e quero compartilhá-lo com vocês! Cida Medeiros

Todos nós chegamos a esses momentos na vida em que nos sentimos desgostosos com nós mesmos.

Sentimos que qualquer coisa que fazemos está ruim, nunca seremos tão bons como tal qual, e como a vida tem passado do nosso lado.

Tenho certeza que você pode dar alguns exemplos seus.

Quando nos sentimos assim, tão, tão, tão deprimidos, é importante encontrar ao menos uma coisa que esteja bem, dentro de nós.


Sei que isto é difícil, assim como é difícil dizer a uma pessoa deprimida que deixe de estar.

Mas isso é o que fazemos na Kabbalah, lutamos uma batalha interna contra nossa voz interior negativa, ao que chamamos de Oponente.

Ao darmos a nós mesmos mensagens positivas, podemos calar essa voz.

Um grande Kabbalista escreveu:

Quando um pai se queixa de que seu filho tem escolhido um caminho do mal, o que deve fazer?

Deve amá-lo mais do que nunca.

Hoje ame a si mesmo mais do que nunca.

Uma Luz que acho que é vital para sairmos de qualquer tipo de depressão, seja depressão financeira, amorosa, familiar, etc. é a Luz de amar mais a si mesmo!

Ficamos tristes e deprimidos depois que uma relação se rompe porque durante essa relação esquecemos de amar a nós mesmos, e quando o relacionamento acaba vemos e sentimos então esse “buraco” enorme dentro de nós e caímos na ilusão de que fulano foi embora e levou uma parte da gente, e que só preencheremos esse grande vazio se tivermos a pessoa amada de volta.

E aí o trabalho do Oponente fica fácil, porque já caímos na ilusão dos nossos cinco sentidos limitados.

Mas a verdade é que não nos amamos o suficiente.

Nossa felicidade nunca está no outro, mas sempre está dentro de nós.

Tudo é causa e efeito, e quando estamos num relacionamento onde não estamos também amando a nós mesmos, atraímos automaticamente um evento negativo no futuro, algum tipo de rompimento, onde nosso amor próprio vai ser testado, e se não estivermos naquele nível de “sou mais do que bom”, “posso ser feliz porque sou uma pessoa maravilhosa” aí a depressão tomará seu lugar dentro de nós.

O amor pode ser (e é) a melhor coisa do mundo, mas como podemos receber amor dos outros se não amamos a nós mesmos?

Como alguém pode nos amar, se sentirem bem ao nosso lado, se nem mesmo a gente ama a gente mesmo?

É ilógico.

As pessoas sentem isso, as pessoas sentem, inconscientemente que a gente não se ama e aí de alguma forma elas se afastam da gente.
E alguém pode perguntar:

Qual a receita de aumentar o amor por si mesmo?

A receita que aprendi na Cabala:
- Apreciar as bênçãos que o Criador nos da;
- Lembrar sempre que somos filhos dEle e que Ele nunca nos abandona;
- Abraçar nossos defeitos (físicos e espirituais) porque eles podem nos dar nossa vida feliz Quando transformados;
- Saber que o poder de nossa alma é ilimitado, e por isso podemos ser quem nós quisermos e conseguir o que quisermos, basta estarmos conectados com ela;
- Entender que a nossa consciência influencia diretamente a nossa realidade, por isso pensamentos e ações positivas atraem pessoas e situações positivas (é verdade também o contrario);
- Olhar-se no espelho, nos olhos (conexão com a alma) e dizendo que ama a si mesmo de todo o coração.

Por: Yehuda Berg e Shimon Ferreira

O Espelho Plácido


Você se lembra do que o ar rarefeito do alto das montanhas lhe ensinou?

Ele lhe disse: 

'Fique acima das intrigas do mundo. Flutue bem alto.'

 Para completar, quando você desceu, a bruma da campina falou:

 'Escute o invisível, seu verdadeiro companheiro. 

Sente-se, feche os olhos e escute a voz do invisível na bruma.'

 Por sua vez, o lago lhe revelou: 

Constelação Temática: "Relacionamento Afetivo"

Constelação Temática: "Relacionamento Afetivo" - Terça-Feira dia 19.07.11
Venham Participar dessa Vivência!
coração partido.jpg

Essa vivência dentro da visão sistêmica procura revelar as dinâmicas ocultas que impedem o Amor de fluir novamente.

 Resgatar e curar as feridas, permitindo uma nova chance para o Amor acontecer através de um relacionamento novo ou mesmo no relacionamento atual.

Novos Exercícios que permitem uma tomada de consciência e ajudam no seu processo de libertação de feridas do amor de antigos relacionamentos que ainda atuam de forma velado em sua vida.

Exercícios que ajudam a perceber melhor o que ficou das relações que foram significativas e se você ainda esta emaranhado, "preso", "aprisionado" com antigos parceiros (as), de forma oculta.

É uma visão reveladora, intuitiva e inovadora que poderá tirar os véus em relação ao entendimento do que acontece nos relacionamentos atuais e o que estão sendo afetados pelo 'Campo Mórfico Familiar".

Você poderá participar desse encontro mais também pode reservar o seu lugar para fazer sua Constelação, principalmente se já sabe o que gostaria de ver e se já está claro o que lhe incomoda em sua questão no plano afetivo.
Todos são beneficiados com os exercícios.

Venha participar desse vivência, faça já sua inscrição!
Dia 19.07.11
das 19:30 as 22:00 hs
Valor para participar R$ 30,00
Valor para Constelar R$ 240,00

Com Cida Medeiros

Local
Paz Géia Instituto Xamânico
Rua Prof. João de Brito, 120 - Itaim

Shantala



Shantala é o nome do Livro de Frédérick Leboyer.

Frédérick Leboyer, médico e professor aposentado da Universidade de Paris, é aclamado internacionalmente como um dos mais influentes obstetras da atualidade. Foi o primeiro médico a mudar as profundas crenças conservadoras sobre a consciência do recém-nascido na sociedade ocidental. Os seus livros pioneiros sobre nascimento revolucionaram definitivamente o curso e os cuidados pré natais e a maneira como os bebês são introduzidos no mundo, vale a pena ler esse livro.


A pessoa Boa e a Pessoa Má.

Nascer do Sol

Gosto muito da visão que Bert Hellinger traz à respeito desse assunto.

Ele diz:

- O que faz com que a pessoa se torne má?

Sempre através de uma "Boa" pessoa.

Vejam que interessante:

Observem isso...

Para a pessoa que é considerada má lhe é recusada a sua pertinência.

Que é quando alguém é excluído.

E quem exclui?

Sempre as pessoas boas.

Por isso Bert diz, nesse incrível paradoxo:

- Quem são as pessoas mais terríveis?

São as pessoas boas.

Para Bert, elas são as piores.

Quando uma pessoa nega a reconciliação é porque ela se julga melhor.

Toda pessoa precisa ser amada para mudar.

E aqui cabe a reflexão: - mudar para que? Ou para quem?

A pessoa má se torna melhor quando é amada. Aceita como é.

Aqui também funciona a hierarquia. Os mais velhos precedem os mais jovens e tudo fica em paz quando aceitamos a hierarquia. O respeito aos que vieram antes de nós.

Ele propõe quando há um impasse desse. - Onde uma pessoa boa julga, condena e exclui outra pessoa e a condena como sendo uma pessoa má.- o seguinte exercício:

Visualize a pessoa que você considera má em sua mente interior.

Abra seu coração.

E você faz uma reverencia a alma dessa pessoa, uma reverencia humilde aquilo que está além dela e diz:

- Eu Sou como você.

- Eu reconheço que sou igual à você.

Quando você faz isso, a paz se instala.

E toca a alma do outro.

Não existem mais diferenças.

Apenas pessoas comuns trilhando verdades desconhecidas, sobre influências de muitas coisas que nos escapa.

A nossa visão do outro é como uma gota de agua no oceano divino.

Cida Medeiros

A Grande Invocação

A GRANDE INVOCAÇÃO

Do ponto de Luz na Mente de Deus
Flua luz às mentes dos homens.
Que a Luz desça à Terra.

Do ponto de Amor no Coração de Deus
Flua amor aos corações dos homens.
Que o Cristo volte à Terra.

Do centro onde a vontade de Deus é conhecida
Guie o propósito as pequenas vontades dos homens –
O propósito que os Mestres conhecem e a que servem.

Do centro a que chamamos raça dos homens
Cumpra-se o Plano de Amor e Luz.
E que ele vede a porta onde mora o mal.

Que a Luz o Amor e o Poder restabeleçam o Plano na Terra.

“A Invocação ou Oração acima não pertence a nenhuma pessoa ou grupo, mas a toda a Humanidade. A beleza e a força desta invocação repousam em sua simplicidade e em sua expressão de certas verdades centrais que todos os homens inata e normalmente aceitam – a verdade da existência de uma inteligência básica a Quem nós vagamente damos o nome de Deus; a verdade que por trás de toda a aparência exterior, o poder motivador do universo é o Amor; a verdade que uma grande individualidade veio à Terra, chamada pelos Cristãos, o Cristo, e encarnou aquele amor de modo que o pudéssemos compreender; a verdade que tanto o amor como a inteligência são feitos do que é chamada a Vontade de Deus; e, finalmente, a verdade auto-evidente que somente através da própria humanidade pode o Plano Divino realizar-se.” Alice A. Bailey

Reflexões Sobre a Natureza Humana



Segundo Maslow, “A natu­reza interior, até onde podemos conhecê-la, não parece ser intrinsecamente má; é, antes, neutra ou positivamente “boa”. O que chamamos de comporta­mento mau vem a ser, via de regra, uma reação secundária à frustração dessa natureza in­trínseca.” Extraído de: - Introdução à Psicologia do Ser, de Abraham H. Maslow.
 

Gosto de pensar no ser Humano como sendo de natureza original boa. 


Mais, as vezes, ou quase sempre, temo ser isso, uma inverdade. 

Como realizar pedidos para o Eu Superior


Só precisamos de 3 coisas para termos 

TUDO O QUE QUEREMOS:

1) ACÚMULO DE MANA;

2) FORTE INTENÇÃO;

3) E NUNCA PREJUDICAR NINGUÉM; 

este é o único "pecado" ditado pelos Kahunas...
querer algo que prejudique outra pessoa...
ou que contraria a vontade de outro Ser.

O que for livre de identidades, você pode realizar sua prece-ação e modelar seu futuro.

Se quer amor, visualize-se amando e sendo amada.

Se quer recursos financeiros, tenha objetividade coloque a quantia real que considera possível realizar e projete essa imagem ao seu Eu Superior. 

Saiba o que pedir ao seu Aumakua, o Espírito Parental totalmente confiável e conduza a energia de modo a plasmá-la no éter universal. 

Faça uma imagem mental do que quer.

Peça ao seu Unihipili que o leve ao seu Aumakua.

Respire profundamente.

Armazene seu Kino Aka de mana.

E projete para seu Eu superior.

Ensinamentos Kahunas.
Cida Medeiros

Kyrie Eleison - Igreja Católica Apostólica Romana



Kyrie, eleison.
Kyrie, eleison.
Kyrie, eleison.

Christe, eleison.
Christe, eleison.
Christe, eleison.

Kyrie, eleison.
Kyrie, eleison.
Kyrie, eleiso

A Montanha


Um turista ocidental estava na Índia num dia dedicado à peregrinação ao topo de uma montanha sagrada. Milhares de pessoas se preparavam para a íngreme subida. O ocidental, acostumado a exercícios fisicos e se julgando em boa forma, decidiu participar da experiência. Vinte minutos depois, completamente sem fôlego e quase incapaz de dar mais alguns passos, viu por ele passarem mulheres carregando bebês e frágeis velhinhos apoiados em bastões.

" Não consigo compreender " disse ele a um amigo indiano "como é que essa gente consegue e eu não?".

O amigo respondeu: " É porque você tem o hábito tipicamente ocidental de ver tudo como um teste. Você encara a montanha como um inimigo e se dispõe a derrotá-la; A montanha, naturalmente, também luta e é muito mais forte do que você. Nós não vemos a montanha como um inimigo a vencer. Nosso objetivo é a unidade com a montanha e, assim, ela nos levanta e nos carrega pelo caminho".

extraido e adaptado do livro " Quando tudo não é o Bastante" de Harold Kushner

Paixões


" A ausência diminui as paixões medíocres e aumenta as grandes, assim como o vento apaga as velas, mas atiça as fogueiras." (A.D)


Sabedoria


O Sábio concorda com o mundo como ele é,
sem temor e sem intenção.

Está reconciliado com a efemeridade
e não almeja além daquilo que se dissipa com a morte.

Conserva a orientação, porque esta em harmonia,
e somente interfere tanto quanto a corrente da vida o exige.

Pode diferenciar entre
é possível ou não, porque não tem intenções.

A sabedoria é o fruto de uma longa disciplina e exercício,
mas aquele que a possui, a possui sem esforço.

Ela esta sempre a caminho e chega à meta,
não porque procura.

Mas por que cresce.

Extraido do livro: A Fonte não precisa perguntar pelo caminho.
Um livro de consulta. Bert Hellinger - Ed. Atman

Vale super a pena ter esse livro.

Cida Medeiros

Cabala

Cabala, mapa de Deus para a humanidade
Ana Elizabeth Diniz

A cabala (receber em hebraico) é um corpo de sabedoria mística que por muito tempo foi mantida como um segredo para o mundo. Durante milênios foi proibida para as mulheres e considerada um conhecimento secreto do judaísmo. Segundo a mitologia hebraica, a cabala foi dada por Deus a Moisés, ou pelo anjo Raziel a Adão, sendo depois transmitida oralmente de geração em geração. A cabala é um sistema metafísico através do qual o iniciado (ou buscador) conhecerá Deus e o universo. Deus, dentro do Judaísmo, preenche e contém o universo. É conhecido como “Ein Sof”, que pode ser traduzido como “o infinito”.

O rabino Leonardo Alanati, da Congregação Israelita Mineira, explica esse conhecimento de 2.200 anos.

O que é a cabala?