O Caminho do Ser.

Para encontrar o Ser é preciso trilhar a estrada rumo ao coração.

Encontrar irmandades.

Subir junto a montanha.

No silêncio, mais conectados por uma natureza de amor que é imaterial.

Que é escuta.

Que é prontidão.

Se cair, é certo que alguém irá nos ajudar a levantar e cuidar das feridas.

Isso é fraternidade.

É Irmandade.

É Amor.

O coração, morada do amor.

No coração, no silencio interior, encontramos novos rumos, novas passagens, vários habitantes de vários universos.

Eles passeiam dentro de nós. É curioso conhecer essa humanidade.

É um mistério entender as diversas raças.

Em nós habita uma multidão.

É a nossa humanidade.

A humanidade desconhecida de todos nós.

Os diversos mundos.

Os inúmeros reinos.

Mais é certo dizer que existe beleza em todas as paisagens.

Mas é bom quando seguimos adiante.

Na meditação podemos encontrar nosso Céu Interior.

Caminhar até ele. Habitá-lo. Reconhecer sua Santificação. Orar. Pedir pelos demais.

É o Nosso Céu Imaculado. Sagrado.

Habitado pela Divina Presença "Eu Sou".

Sentados no Trono dessa sagrada presença, olhamos o universo e contemplamos o Cristo Cósmico.

Voltamos à nossa Essência.

Respiramos a Presença.

Nesse lugar dentro, a nossa Presença "Eu Sou" se revela para nós.

A Luz Radiante do Ser.

Assim como tudo é.

Sem julgamentos.

Sem certos ou errados.

Sem punições.

Só Purificação e Transfiguração.

É bebendo dessa fonte que nos purificamos.

Nas aguas sagradas.

Do Espírito Santo.

Lá é comunhão certa, para todos os Espíritos e Seres de Boa Vontade.

Cuidar do Ser.

Cida Medeiros

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bem vindo! Deixe aqui seu comentário.