Conflito

O conflito nasce na Alma, como diria Bert Hellinger, influenciados por uma boa consciência.

Podemos observar que movemos por dentro de vários "Campos" e todos eles são informacionais, tem suas regras e leis, carregados de conteúdos, crenças, dogmas,  modos de perceber a realidade e agir nessa realidade através de condutas que são julgadas entre boas ou más.

Apenas o Campo da Consciência Espiritual é desprovida de qualquer julgamento, isto é, aceitação plena e absoluta de tudo como é. Portanto, um amor de natureza muito elevada, que não julga, não condena, não avalia e tão pouco tira partido.

E desse Campo Maior que os Movimentos do Espírito, nas Constelações Familiares busca a força para liberar-nos de emaranhamento relacionais que estão de forma obscura e inconsciente, retirando de nós a força e até a sanidade.

Como nós movemos em diferentes Campos, possuíamos diferentes consciências que atuam em cada um desses campos.

É necessário alcançar um outro nível de consciência para libertá-nos da dor e do sofrimento.

O que é excluído, negado, ignorado ou mesmo reprimido age de forma poderosa. É preciso trazer a tona esse conflito para poder liberar-se.

O Conflito acontece, quando não podemos nos relacionar com o conteúdo que "tenta" emergir. A pessoa não sabe como lidar.

Quase sempre é influenciado por uma boa consciência, que arroga o que é certo ou errado e excluí aquilo que não sabe lidar, reprimindo o conteúdo nas "jaulas do inconsciente".

O bicho fera fica ali dentro, preso, mais perturbando de alguma forma o estado de espírito.

E não adianta querer rodear a jaula com jardins e flores exuberantes. Vai apaziguar o barulho lá fora, mais dentro existe a estranha sensação de que "algo" está fora do lugar e tememos que as jaulas não resistam a pressão e o bicho fera saia para fora com toda sua força destruidora.

Temos que aprender a "adestrar" essa fera com a luz da consciência e com um novo saber.

Não temas olhar o que se oculta por trás...enfrente a fera...liberte-se e logo sentirá um novo aliado de poder.

Quem olha para fora sonha, quem olha para dentro, desperta. (Jung)

Cida Medeiros

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bem vindo! Deixe aqui seu comentário.