Inversão dos polos Magnéticos

Geofísica: Um novo rumo para a rotação da Terra

Segundo esse artigo da Nature a taxa de rotação da Terra varia com o tempo. Um sinal de seis anos periódicas no núcleo do planeta é parcialmente responsável, e aumenta a intensidade do campo magnético do interior para níveis muito mais elevados do que se pensava anteriormente.
A conservação do momento angular é um fator poderoso em um planeta como a Terra. Podemos demonstrar o intercâmbio constante de momentum angular entre os componentes, como o núcleo líquido, oceano, atmosfera e da Lua, em uma ampla gama de calendários.

Andy Jackson está no Instituto de Pesquisa de Terremotos, Universidade de Tóquio, Tóquio, e do Instituto de Geofísica, ETH Zurique, CH-8092 Zurich, Suíça. E-mail: ajackson@ethz.ch
    A Inversão dos Polos Magnéticos é outra matéria em destaque anunciada no Jornal de Londres, sobre os buracos no Campo Magnético da Terra, sugerindo que os polos irão trocar de lugar. As informações foram coletadas por importantes satelites, mostrando o que está acontecendo com a Terra.

    A mudança do Campo Magnético irá pertubar a vida no Planeta. O que era antes apenas uma profecia está tomando outros ares. A ciência vem descobrindo muitas coisas a respeito das mudanças geomagnéticas no Planeta Terra, o que vem coincidindo com as antigas profecias.

    Na Universidade de Zurich você encontra muita coisa sobre a Terra e o Magnetismo, pelo Prof. Andrew Jackson.

    O texto que o Guia Lótus agora veicula é baseado nas informações que enfoca o trabalho do geólogo norte-americano Greg Braden, maior estudioso do fenômeno.

    Braden trabalha a partir da interface ciência-esoterismo e é autor do livro "Awakening to Zero Point " (Despertando para o Ponto Zero – ainda não traduzido para o português) e de um vídeo de quatro horas sobre o fenômeno e suas possíveis conseqüências para a humanidade.

    Greg Braden está constantemente viajando pelos Estados Unidos e marcando presença na mídia demonstrando com provas científicas que a Terra vem passando pelo Cinturão de Fótons e que há uma desaceleração na rotação do planeta. Ao mesmo tempo, ocorre um aumento na freqüência ressonante da Terra (a chamada Ressonância de Schumann).

    Entrem nesse site e acompanhem em tempo real o que acontece no mundo: Terremotos

    O que fazer? Não sei. Se alguem souber, deixe um post aqui no meu blog.

    Abraços.

    Cida Medeiros

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Bem vindo! Deixe aqui seu comentário.