Dia Mundial da Paz

Hoje além de ser o primeiro dia do Ano, também é o Dia Mundial da Paz e da Confraternização Universal.

Então falarei sobre a Cultura da Paz e os Novos Valores.

A ConPaz é o Conselho Parlamentar pela Cultura da Paz, nasceu a partir da tragédia de 11 de Setembro de 2001 é um programa da Unesco, com a finalidade de se pronunciar em nome da sociedade civil.

A Missão é sensibilizar, mobilizar e articular todos os segmentos da sociedade no engajamento na Cultura da Paz.

Sendo isso, um valor muito grande para mim. Que já estou com essa Bandeira erguida desde a época que fui Entrevistadora de um programa dirigido por mim na TV Espiritualista, onde a missão era exatamente dar a oportunidade de revelar os mais inúmeras manifestações e olhares diversos com o foco no respeito a diversidade humana e a consciência da paz.

A Paz, é um valor inclusivo e a Cultura o modo coletivo de sentir, pensar e agir. A Cultura da Paz requer novas formas de convivência e mecanismos mais justos de distribuição da riqueza e do saber.

Então no Manifesto da paz em 2000, temos:

1. Respeitar a Vida e a dignidade de cada ser humano, sem discriminação nem preconceito.

2. Rejeitar a violência, praticar a não violência em todas as suas formas.

3. Ser Generoso compartilhar o seu tempo e os seus recursos materiais em prol de causas sociais, no cultivo da inclusão, pondo fim na exclusão, à injustiça e a opressão política e econômica.

4. Ouvir para compreender. Defender a liberdade de expressão e diversidade, dialogando e evitando o fanatismo, à difamação e a rejeição.

5. Preservar o Planeta. Promover o consumo responsável, o respeito por todas as formas vivas e preservando os recursos naturais do planeta.

6. Redescobrir a solidariedade. Contribuir para o desenvolvimento da sua comunidade, com plena participação de todos sem discriminação em respeito aos valores democráticos no sentido de desenvolver novas formas de solidariedade.

Declaração e Programa de Ação sobre a Cultura da Paz:

Cultura da Paz é um conjunto de valores, atitudes, tradições, comportamentos e estilos de vida baseados na adesão aos princípios de:

1. Liberdade

2. Respeito

3. Democracia

4. Justiça

5. Tolerância

6. Pluralismo
7. Diversidade Cultural

8. Diálogo

9. Entendimento

10. Solidariedade

11. Cooperação

12. Consciência

Em todos os níveis da sociedade e entre as nações.

Então é uma tarefa educacional, informativa e de caráter socializador e de desenvolvimento humano na mais ampla visão sobre as mais diversas possibilidades do viver humano.

Então devemos Refletir sobre tudo isso e agir a favor do Desenvolvimento dessa nova Cultura.

Os quatro pilares para a implantação da Cultura da Paz:

  • Aprender a Conhecer - Adquirir os instrumentos da compreensão .
  • Aprender a Fazer - Para poder agir sobre o meio envolvente.
  • Aprender a Conviver - A fim de participar e cooperar com os outros em todas as atividades humanas.
  • Aprender a Ser - Via essencial que integra as três precedentes.

Então, queridos, vamos circular essa proposta pela Web, se puder, indique essa postagem para seus amigos.

Os resultados de um conjunto de práticas efetivas tanto por parte da Sociedade quanto da Política pode tornar possível políticas publicas que se estruturem no sentido de garantir o pleno entendimento dos direitos universais da humanidade e da sustentabilidade dos recursos naturais.

Nós como agentes da Paz, temos o dever e o compromisso de levar essa idéia adiante.

Vamos ajudar a Construir uma nova sociedade, baseada no exercício consciente da cidadania e com a clareza que o mundo muda a partir de cada um de nós.

Link: - Cultura da Paz

Grata.

Cida Medeiros



Um comentário:

  1. Tudo que fizermos pelo semelhante é encantador. A paz, devemos cultivá-la. Veja o que Jesus Cristo diss:"Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus" - Mt. 5.9.
    A paz de Cristo quando nos invade, certamente podemos transmití-la aos outros.

    ResponderExcluir

Bem vindo! Deixe aqui seu comentário.