Caverna de Cristais

Algum tempo atrás, recebi uma apresentação de slides que mostrava fotos de cristais gigantes, essa semana,
assistindo Natgeo, vi todo documentário sobre essa mina,
chamada de Laica que se encontra em uma região
semi-desértica do norte do México e a 100 m de Chihuahua.
O que me levou a estender uma pesquisa maior na Web
e publicar um resumo aqui no meu blog.


Cida Medeiros

Vejam as imagens:



A Revista National Geographic Internacional tem contribuído para a divulgação do "Projeto Laica", um fenômeno que precisa vir ao publico, com toda a seriedade que tem sido realizado os estudos e pesquisas científicas por equipes altamente especializadas.




Importantes esforços se destacam pelos trabalhos publicados por Dr. Juan Manuel García Ruiz, em colaboração Roberto Villasuso e fotografias de José Trueba em várias publicações internacionais.



Essa imagem acima mostra uma grande coluna de cristal de selenita no interior da caverna de cristais.



Cristais em forma de espadas. Em abril de 2000 os irmãos Eloy e Javier Delgado encontraram os que os peritos acreditam ser os maiores Cristais do mundo. Uma descoberta espetacular.



Aqui a temperatura oscila entre 45 a 50 graus e a 100% de umidade, toda a pesquisa feita no interior da caverna dos cristais gigantes é monitorada por aparelhos, levando em consideração o limite de tempo possível de ficar em seu interior, pois a alta temperatura torna o trabalho muito delicado e perigoso.



Os cientistas que extraem amostras para pesquisa, encontram diversas dificuldades, pois o calor e intenso, a umidade é alta, e podem permanecer apenas com auxilio de equipamentos sofisticados que são monitorados por uma equipe especializada que fica fora da caverna.



Eles retiram amostras para poder estudar se há vida e que formas de vidas estão no interior das rochas cristalinas. Pois elas foram se formando ao longo de eras e possuem um grande acervo de informações valiosas sobre a história geologica e
científica das formas de vida desse planeta.

Uma descoberta fantástica, pois, estudos aprofundados podem revelar muita coisa sobre a evolução geológica e a historia do nosso planeta.

Eu que sempre adorei os cristais, sei que existem registros informacionais em seu interior, agora imaginem o que é possível ainda de descobrir nessa gigantesca caverna.

Existem ainda muitas descobertas a serem feitas, pois, há regiões, no interior da caverna, que não puderam ser exploradas pela complexidade que envolve, os riscos de sobrevivência e os altos investimentos que a operação requer. Mas vale a pena entrar no seguinte site e ver de perto:

http://www.naica.com.mx/interna0a.htm

Assista o video - http://www.naica.com.mx/demo.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bem vindo! Deixe aqui seu comentário.