Fernando Pessoa


Recebido de Marisa

FERNANDO PESSOA


Como é por dentro outra pessoa?
Quem é que o saberá sonhar?
A alma de outrem é outro universo.
Com que não há comunicação possível,
Com que não há verdadeiro entendimento.


Nada sabemos da alma

Senão da nossa;
As dos outros são olhares,
São gestos, são palavras,
Com a suposição de qualquer semelhança
No fundo.
1934



Abra sua conta no Yahoo! Mail, o único sem limite de espaço para armazenamento!

Musíca Infantil Brasileira


Considerei importante postar esse e-mail que recebi que leva-nos a fazer um boa
reflexão sobre nossos valores culturais, educacionais e que envolve a cidadania
brasileira em sua mais preciosa idade:
A infância!


Depoimento:


Eu, um Brasileiro morando nos Estados Unidos, para ajudar no
orçamento, estou fazendo 'bico' de babá. Ao cuidar de uma das meninas
uma vez cantei 'Boi da cara preta' para ela, antes dela dormir. Ela
adorou e essa passou a ser a música que ela sempre pede para eu cantar
ao colocá-la para dormir.
Antes de adotarmos o 'boi, boi, boi' como canção de ninar, a canção
que cantávamos (em Inglês) dizia algo como:
Boa noite, linda menina, durma bem.
Sonhos doces venham para você,
Sonhos doces por toda a noite '
Que lindo, né mesmo!?
Eis que um dia Mary Helen me pergunta o que as palavras, da música Boi
da cara preta' queriam dizer em Inglês.
Boi, boi, boi, boi da cara preta, pega essa menina que tem medo de
Careta... (???)
Como eu ia explicar para ela e dizer que, na verdade, a música 'boi Da
cara preta' era uma ameaça, era algo como 'dorme logo, caramba,senão o
boi vem te comer'?
Como explicar que eu estava tentando fazer com que ela dormisse com
uma música que incita um bovino de cor negra a pegar uma cândida
menina?
Claro que menti para ela, mas comecei a pensar em outras canções
Infantis, pois não me sentiria bem ameaçando aquela menina com um boi
toda noite...
Que tal!
'Nana neném que a cuca vai pegar'?
Caramba!... Outra ameaça!
Agora com um ser ainda mais maligno que um boi preto!
Depois de uma frustrante busca por uma canção infantil do folclore
Brasileiro que fosse positiva me deparei com a seguinte situação:
O brasileiro tem é trauma de infância!!!! Trauma causado pelas canções
infantis!!!!
Exemplificarei minha tese:
Atirei o pau no gato-to-to ... Mas o gato-to-to não morreu-reu-reu ..
Para começar, esse clássico do cancioneiro infantil é uma demonstração
clara de falta de respeito aos animais (pobre gato) e incitação à
violência e a crueldade. Por que atirar o pau no gato, essa criatura
tão indefesa? E para acentuar a gravidade, ainda relata o sadismo
dessa mulher sob a alcunha de ' D.Chica'.
Uma vergonha!
Eu sou pobre, pobre, pobre, De marré, marré, marré. Eu sou rica, rica,
rica, De marré de si.
Colocar a realidade tão vergonhosa da desigualdade social em versos
tão doces!! É impossível não se lembrar do amiguinho rico da infância
com um carrinho fabuloso, de controle remoto, e você brincando com seu
carrinho de plástico... Fala sério!!!
Vem cá, Bitu! Vem cá, Bitu!
Vem cá, meu bem, vem cá!
Não vou lá! Não vou lá, Não vou lá!
Tenho medo de apanhar.
Quem foi o adulto sádico que criou essa rima? No mínimo ele Espancava
o pobre Bitú.....
Marcha soldado, cabeça de papel!
Quem não marchar direito, Vai preso pro quartel.
De novo, ameaça! Ou obedece ou você vai se fu... Não é à toa que o
brasileiro admite tudo de cabeça baixa...
A canoa virou,quem deixou ela virar,
Foi por causa da (nome de pessoa) Que não soube remar.
Ao invés de incentivar o trabalho de equipe e o apoio mútuo, as
crianças brasileiras são ensinadas a dedurar e a condenar um
semelhante.
Samba-lelê tá doente, tá com a cabeça quebrada.
Samba-lelê precisava é de umas boas palmadas.
A pessoa, conhecida como Samba-lelê, encontra-se com a saúde
Debilitada e necessita de cuidados médicos. Mas, ao invés de compaixão
e apoio, a música diz que ela precisa de palmadas! Acho que o
Samba-lelê deve ser irmão do Bitú!!!...
O anel que tu me deste Era vidro e se quebrou.
O amor que tu me tinhas Era pouco e se acabou...
Como crescer e acreditar no amor e no casamento depois de ouvir essa
passagem anos a fio???
O cravo brigou com a rosa. Debaixo de uma sacada; O cravo saiu ferido.
E a rosa despedaçada.
O cravo ficou doente, A rosa foi visitar; O cravo teve um desmaio, A
rosa pôs-se a chorar.
Desgraça, desgraça, desgraça!
E ainda incita a violência conjugal (releia a primeira estrofe).
Precisamos lutar contra essas lembranças, meus amigos! Nossos filhos
merecem um futuro melhor!
Ah!!! você esqueceu desta:
Passa, passa três vezes... A última que ficar tem mulher e filhos que
não pode sustentar...
Aí começa o desemprego

É pra rir ou pra chorar ? rs
________________________________




Cris Hiromita
.

Feliz Natal


Feliz Natal a todos os clientes, amigos e parceiros de trabalho!
Que esse epoca natalina o espirito que inspirou Papai Noel a trazer a realizacao de nossos sonhos, 
possa ser a mao invisivel por detras de nossas acoes movendo energias de Bem Aventuranca e de Paz em todas as nossas relacoes.
Para que assim cada um de nos unidos na esperanca de um novo dia, possamos fazer nosso parte, construindo um mundo melhor.
Paz a todos! 
Cida Medeiros

Guerra



O Ser Humano vive em guerra.

Consigo mesmo.

Com os outros.

As diferenças sociais, culturais e educacionais
geram discórdia em meios diferentes.

A tolerância é o mínimo que se espera, para poder
superar tais divergências

No nível da personalidade as pessoas agem de forma traiçoeira e vil.

A inveja, o ciumes e a dúvida impera.

O ser humano em sua irracionalidade.

A paz não é a ausência da guerra, mas a presença do amor.

Só o amor abranda a guerra e a violência interior.

Na ausência do amor, a guerra se faz.

A guerra é a dualidade e a separatividade.

É a neurose.

É o engano, falsidade e a traição.

No amor, nos colocamos no lugar do outro. Sentimos as dificuldades. Ouvimos e nos colocamos a serviço.

O amor não julga, compreende.

O amor oferece caminhos.

O amor sugere possibilidades.

O amor apoia.

O amor é fértil.

Talvez por ser tão bom, é tão raro e tão difícil de compartilhar. Porque para viver essa qualidade de amor o outro tem que estar disponível.

Se a pessoa está em guerra consigo mesmo, uma porta se fecha.

O amor nasce dentro e a guerra também.

por Cida Medeiros

Carminha Levy fala sobre os Arquetipos

Entrevista com Carminha Levy, realizada no Programa "Alquimia Interior" dirigido por Cida Medeiros.
Carminha Levy, Mestre Xama fala sobre os Cinco Arquetipos Estruturantes do Ego.
A seguir a entrevista na integra, realizada na TV Espiritualista.

Segunda Parte: Continuando sobre o Tema dos Arquetipos Estruturantes do Ego.

Carminha Levy, fala sobre outros Arquetipos importantes como o Arquetipo do Sabotador e da Prostituta e que existem inumeros outros.

Faca sua viagem e descubra qual o Arquetipo predominante nesse momento.
Carminha Levy, toca seu Tambor sagrado e conduz a uma viagem xamanica. Imperdivel

Maiores informacoes:
http://www.pazgeia.org.br/
carminhalevy@uol.com.br
Minha Pagina Pessoal
http://www.cidamedeiros.com/
meu email
cida.medeiros@gmail.com
Participem, mande sua opini~ao.
Um forte abraco.
Cida Medeiros

Feridas da Infancia

Cida Medeiros fala em seu Programa "Alquimia Interior" Sobre a crianca Interior e os traumas de infancia. Como reconhecer esse estado e muito mais.
Assista na integra. I Parte

II Parte

Participem!
Mande seu email.

Crianca Interior

Cida Medeiros em seu Programa "Alquimia Interior" fala sobre a Crianca Interior.
Assista na Integra.

Segunda Parte

Voce tambem pode assistir ao vivo na TV Espiritulista.

O Segredo

Your friend, cida.medeiros@gmail.com, has sent you the following video and included this message:
O filme Segredo.
vale a pena assistir.
O_Segredo_DUBLADO

1 hr 31 min 13 sec - Nov 6, 2007
Average rating: (28 ratings)
Description: Técnicas de visualização para a prosperidade, saúde e felicidade.
Want to see more cool videos?
Go to video.google.com/
Think you have an even cooler video?
Add it at video.google.com/videouploadform
If you're having trouble watching the video, try copying the following URL into your browser:
http://video.google.com/videoplay?docid=-4411845512552899764&pr=goog-sl

Homenagem aos Pais

Ação de Graças na Aurora da Vida

Querida Mamãe,
Aceito tudo o que vem de ti,
Tudo, com todas as conseqüências.
Pelo preço que te custa
E que me custa.
Disso farei algo positivo em tua memória,
Com gratidão e respeito.
O que fizeste não pode ter sido em vão.
Está comigo, em meu coração,
E, se me for permitido, passá-lo-ei adiante,
Como fizeste.

Aceito-te como mãe,
E tu me terás por filho/filha.
És minha única mãe e eu sou pequeno (a)
Tu dás e eu recebo, querida Mamãe.
Estou feliz por teres escolhido Papai por marido.
Sois, ambos, os pais que me convém.

Oração concedida por Maria Emilia Macedo
Terapeuta especializada em Constelações Familiares
segundo Bert Hellinger

Deixe seu recadinho, aqui no Blogguer.

Meu Altar


"Que a presença divina da Deusa da Prosperidade, abençoe todas as criaturas.
Saciando a fome de quem tem fome, saciando a sede de quem tem sede, alimentando o corpo e o espirito e renovando o sentido de amor universal e de compaixão espiritual.
Respeito aos que sofrem, consolo aos aflitos e desesperados e balsamos de amor divino no coração amargurado pelas vicissitudes da vida.
Que suas bençãos recaiam sobre todos, revelando que a abundância espiritual serve inesgotavelmente a todas as criaturas sem distinção de classes sociais, julgamentos e sem qualquer discriminação."

Cida Medeiros

Flora Chitose e Maristela André falam sobre Constelação Familiar

O Programa Alquimia Interior tem a honra de entrevistar Flora Chitose e Maristela Andre,
A seguir, assista na integra a gravação que foi ao ar na TV Espiritualista.
Constelações Familiares e Organizacional
Vale a pena assitir de novo.





Segunda Parte






Quem quiser entrar em contato:
http://www.espacovilanova.com.br/
E obtenha maiores informações.
Cida Medeiros


Maristela André - Terapeuta Psico-corporal, Psicodramatista, pós graduação em Psicologia Transpessoal, Facilitadora de Constelações Sistêmicas Familiares e Organizacionais de Bert Hellinger desde 2003. Planejamento e gestão de instituição e de projetos sociais, graduada em area de ciencias exatas.

Flora Chitose T. Goto - Psicóloga Clinica desde 1975, docente e supervisora de Faculdade de Psicologia por 11 anos. Psicoterapeuta Corporal e Transpessoal, Facilitadora de Constelações Familiares de Bert Helinger desde 2003.

Benção Druída

















"Que o caminho seja brando a teus pés,
O vento sopre leve em teus ombros.
Que o sol brilhe cálido sobre tua face,
As chuvas caiam serenas em teus campos.
E até que eu de novo te veja,
que os Senhores te guardem nas palmas de Suas mãos"
Bênção Druida

Círculo de Cura com o xamã esquimó Angaangaq Lyberth na Paz Géia

Xamã esquimó Angaangaq Lyberth na Paz Géia
Alma leve
POR GISELA RAO

Paz sem fronteiras imagem do uncle.jpg

Pouca gente sabe, mas um dos tradicionais xamãs da Groenlândia esteve no Brasil no mês de agosto, abençoando quem encontrasse pelo caminho. Seu instrumento de bênção? Uma pena de águia de verdade! Angaangaq Lyberth (significa: o homem que se parece com seu tio) é um líder espiritual esquimó, que fez faculdade de administração em Copenhague, e hoje leva seu trabalho pacificador pelo mundo, ensinando – como ele diz – a derreter o gelo no coração dos homens por meio da compaixão. Ele é um dos principais oradores internacionais sobre questões indígenas e de meio ambiente e participou de vigílias espirituais pela paz com as Nações Unidas. Uma das palavras sábias de Uncle (seu apelido): "Cuide de você primeiro, para depois cuidar do mundo". Veja mais em www.icewisdom.com


QUERIDOS AMIGOS.
Equipe Paz Géia , convidamos:

Círculo de Cura com o Xamã Angaangaq Lyberth, curador nativo e líder
do povo esquimó do extremo norte de Kalaallit Nunaat, na Groenlândia,
onde ocorre, desde 1997, um derretimento acelerado do gelo. A cura que
ele propõe liga-se ao derretimento do gelo dos corações humanos como
caminho para a harmonia e sobrevivência no planeta Terra.

15 de novembro, das 09h às 12h
Paz Géia - Instituto de Pesquisas Xamânicas
R. Prof. João Brito, 120 - Itaim-Bibi - São Paulo, SP
Fones: (11) 3846-5211 e 3845-6759 (Cleo Farah)
paz.geia@yahoo.com.br
Visitem nosso site: www.pazgeia.org.br


Informações detalhadas sobre a Jornada de Angaangaq Lyberth no Brasil
no site do Xamã Cyro Leãoo:
http://www.xamaurbano.com.br


Investimento: R$ 100,00

AXÉ NA LUZ!!

Visite minha pagina.

www.cidamedeiros.com

http://br.geocities.com/cidhamed/index.html

Cida Medeiros
Facilitadora de Xamanismo Havaino na Paz Géia.

Apometria Cósmica - Entrevista

Apometria Cósmica.

Alexandre Chagas e Eliana Mattos, são essas pessoas especiais, que voces podem conhecer através dessa entrevista e conhecer um pouquinho mais sobre a Apometria Cósmica.

Meu encontro com ambos, foi muito especial, sem palavras. Meus amigos e meus instrutores.

Assista na integra a entrevista realizada na TV Espiritualista no Programa "Alquimia Interior" dirigido por mim, Cida Medeiros.







Segunda Parte





Alexandre Chagas e Eliana Mattos oferecem cursos e atendimentos em Apometria Cósmica, vale a pena conhecer o belo trabalho que realizam.
http://www.luzcristica.com/
alexandre@luzcristica.com
Cida Medeiros
http://www.cidamedeiros.com/

Cida Medeiros entrevista Abrawicca

O Programa "Alquimia Interior"

Apresentado por Cida Medeiros

Tem a Honra de Entrevistar

Rodrigo Smokovitz


Organizador do Evento inédito que ocorre agora no mês de outubro.
Compareçam!

Palestra inedita sobre os Kahunas e apresentação da dança Hula

Não percam a Parada dos Bruxos na Av. Paulista

E no evento muito mais, sobre Paganismo, Wicca e Xamanismo.

Não Percam!

Assitam na integra a entrevista na Tv Espiritualista:

www.tvespiritualista.com.br

Esta semana, Quinta Feira as 11:30 e 19:30 hs

veja outros horários na grade da Tv espiritualista.

mais informações sobre o evento:

www.abrawicca.com.br

Segue a baixo a programação e local de compra de ingressos!

Compre já o seu convite!

e

venha brindar conosco a Cura da Mãe Terra!


7O. EAB - Encontro Anual de Bruxos
"A Cura da Mãe Terra"
26,27 e 28 de Outubro de 2.007
Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo
Avenida Pedro Álvares Cabral, 201 – Ibirapuera – SP
Inscrições pelo fone: 11-6255.6216 , e-mail: VIIEAB@gmail.com
ou no site oficial da abrawicca
www.abrawicca.com.br

Alquimia Interior entrevista Anselmo Mansano

"Alquimia Interior".
Um programa voltado para o Autoconhecimento, Aprimoramento Pessoal e o Desenvolvimento Humano.
Com temas e Entrevistas que primam pelo Despertar da Consciência, a Valorização do Ser e o Respeito por toda a Vida e o amor pela Mãe Terra e todas as nossas relações.
Onde a ética, o amor ao próximo, o respeito a diversidade e o não julgamento são priorizados na programação.
Cada um com o seu saber e sua tarefa pessoal a serviço do bem estar e crescimento da coletividade contribui para o "despertar" dos valores que irão nutrir e preservar a vida .
Um programa apresentado e dirigido por
Cida Medeiros 
que
Tem a Honra de entrevistar
Anselmo Mansano Filho

Anselmo é Engenheiro de Qualidade Automotiva, atua em empresas e montadoras de veiculos.
Estudioso e praticante de Huna a mais de 15 anos.
Organiza e ministra cursos de introdução e aperfeiçoamento em Huna
Fundou e mantém grupo público destinado a divulgação e discussão desses conceitos, sendo o acesso pelo site:
Temas abordados:
O que é a Huna, qual a essência da Huna?
Huna é Xamanismo?
Anunciando o evento que ocorrerá no VII Encontro da Abrawicca, na sede da Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo no Parque Ibirapuera nos dias 26, 27 e 28 de outubro de 2007, cujo o Tema é "A Cura da Mãe Terra".
Anselmo, irá presentiar-nos com a Palestra sobre Huna no dia 28 de outubro as 11:00hs.
Onde sera apresentado a dança Hula.
Você não pode perder!
E assistam no programa Alquimia Interior na integra todos os detalhes também do evento que ocorre em Veranopolis no mes de outubro!
Se você perder a programação, entre em contato com o Site da TV Espiritualista e peça para reprisar o programa que você deixou de assistir.
Acesse:
Sabado as 18:00 hs e Domingo 6:00 hs
e
Terça-feira às 13:00 e 21:00hs.
Quinta-feira às 11:30 e 19:30 hs.
Informe-se na Grade de programação outros horários:

Aloha Mahalo
(Amor e Benção)
 


Cida Medeiros entrevista Anselmo Mansano


"UA OLA LOKO I KE ALOHA"
"A cura vem do interior por meio do amor."
Anselmo Mansano fala sobre Psicofilosofia Huna e os Kahunas.


Segunda Parte



Assista a entrevista e fique por dentro do assunto!

Equinócio e 17 Primaveras da Paz Géia



Vamos dar as mãos para formar o Grande Círculo que nunca se fecha!

O Equinócio traz a Primavera e esta abre nossos corações para a vida, que se renova em Amor, Alegria e Esperança.

Esse é o momento em que o Sol passa pela linha do Equador, entrando em Libra e trazendo o equilíbrio, pois no Equinócio dia e noite têm a mesma duração. É a vez da fertilidade e a velha Mãe Terra desperta do sono do Inverno, dando passagem à Jovem Donzela que faz tudo desabrochar em Amor, Beleza e Paixão a serviço da perpetuação das espécies.

Materializamos a Jovem Donzela no sonho sonhado por todos nós - a Paz Géia. Vamos celebrar estes dois grandes eventos oferecendo aos seres visíveis e etéricos a oportunidade de seremos gratos por termos criados este espaço de luz a serviço da Mãe Terra e dos seus pedaços de paz - a humanidade - que somos nós.

Convidamos os antigos alunos para testemunharem o que a Paz Géia representou nas suas vidas e os novos para expressarem quais as expectativas que têm em relação a ela como espaço sagrado que propicia, com sólida segurança, o caminho de auto-conhecimento e sentido sagrado da Alma.

Esta festa é nossa! Traga um amigo, flores e alimentos sagrados para comungarmos juntos nossa fertilidade gerada pelos sonhos e parceria de homens e mulheres em perfeito equilíbrio.

Teremos dois rituais, cantos, danças e banquete comunitário de celebração conduzidos pela Matriarca Carminha Levy e pela Sacerdotisa da Lua Ângela D. Magalhães.

Inscrições antecipadas. Investimento R$ 20,00

Informações e Inscrições com Cleo Farah na Secretaria da Paz Géia Instituto de Pesquisasa Xamânicas:Rua Prof. João Brito, 120 - Itaim Bibi Fone: (11) 3846-5211 - Fax: (11) 3845-6759 www.pazgeia.org.br pazgeia@pazgeia.org.br

Axé na Luz!! Benvindos!!!Esta mensagem foi enviada por Carminha Levy. Para ver o perfil de Carminha, clique em: http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=14180151609882222973

* * *

Para definir os e-mails de notificação, acesse as suas Configurações de conta: http://www.orkut.com/Settings.aspx

Se você deseja ignorar , acesse o perfil de  e clique em "ignorar":

Se você não for usuário do orkut e quiser impedir que usuários do orkut lhe enviem e-mails, acesse: http://www.orkut.com/Block.aspx


--
Assistam o Programa "Alquimia Interior"
Com Cida Medeiros
Terça-feira às 13:00 e 21:00hs.
Quinta-feira às 11:30 e 19:30 hs.

Acesse:

www.tvespiritualista.com.br


 

Encontro para Empresários e Executivos


Theda Basso realizará em 27/09/2007 - quinta-feira as 20h



ESCOLA DINÂMICA ENERGÉTICA DO PSIQUISMO
"Nos desenvolvemos biológica, psicológica e espiritualmente para suportar a manifestação do que essencialmente somos".

Theda Basso e Aidda Pustilnik


CONVITE


O ICEDEP – Instituto Cultural Escola Dinâmica Energética do Psiquismo – convida para o "Encontro de Dirigentes Empresariais" no qual serão abordados os temas:

A EMPRESA COMO INSTRUMENTO DE TRANSFORMAÇÃO SOCIAL

PROSPERIDADE, ABUNDÂNCIA E CONSCIÊNCIA

PREMISSA

Acreditamos que uma nova ordem econômica impõe-se e nela a Responsabilidade Social das empresas e seus dirigentes ganha uma importância cada vez maior. Entretanto, para que a Responsabilidade Social da empresa para com a comunidade na qual está inserida seja de fato um instrumento de transformação e contribua para a construção de uma sociedade mais justa e equânime, é necessário antes de tudo que seus dirigentes atuem também a partir de novos Valores Humanos, que incluam as diferentes dimensões do Ser e acolha igualmente as necessidades Físicas, Mentais e Espirituais primeiramente de si, mas também de seus colaboradores e de toda a comunidade na a qual sua empresa está inserida.
Sabemos que só com atitudes como essa, será possível criar um ambiente no qual as empresas sejam mais prósperas e as pessoas mais felizes.
Assim, como uma parcela desse processo maior, o ICDEP - Instituto Cultural Dinâmica Energética do Psiquismo - convida para participar de um "Encontro de Dirigentes de Empresas" que já pautam sua gestão sobre os novos valores vigentes e preocupam-se em participar ativamente do processo de transformação pelo qual o mundo passa e encontrar sua forma de contribuir.
OBJETIVOS
q Criar a oportunidade para a reflexão e debate a cerca dos valores que hoje norteiam as relações no ambiente empresarial;
q Refletir sobre as possibilidades de expressão da Consciência em uma Organização e como essa expressão amplia a percepção de nossos potenciais e contribui para a construção de organizações mais ricas e de relações mais saudáveis;
q Compreender como as organizações podem se preparar para atender as novas demandas desse ambiente e organizarem-se para sustentar seus próprios anseios e apoiar o processo de alinhamento de seu propósito e metas com os propósitos e metas de seus colaboradores, clientes e fornecedores.
DINÂMICA
A abertura do Encontro será conduzida por Theda Basso, com o apoio de focalizadores da Escola Dinâmica Energética do Psiquismo.
Após a abertura haverá discussão sobre o conteúdo, em pequenos grupos, e a oportunidade de posterior discussão plenária.

A QUEM SE DESTINA

Dirigentes Empresariais que busquem formas de ampliar sua participação nos processos de transformação pelos quais passa a sociedade.
LOCAL
ICDEP
Rua Juréia, 349 - Vila Mariana
São Paulo
DATA e HORÁRIO
27 de setembro de 2007
Das 20:00 às 21:30h
INFORMAÇÕES e INSCRIÇÕES
Marta Guerra
Fone: (11) 5549.0642
e-mail - adm@icdep.org.br

Theda Basso
THEDA BASSO
Fundadora da Escola Dinâmica Energética do Psiquismo – D.E.P
Terapeuta com formação em Psicologia Tibetana (em Dhagpo Kagyo Ling – França e em Katmandu - Nepal)
Graduada pela Pathwork Foundation – USA
Experiência em Somatic Experience com Peter Levine
Discípula de Sathya Sai Baba- Índia
Membro da European Association of Body Psycotherapy
Membro do Colégio Internacional dos Terapeutas
Membro da ALUBRAT – Associação Luso-Brasileira Transpessoal.
Membro do Internacional Association of Group Psycotherapy

Entrevista com Margareth Gonçalves e Erick Schulz

O Programa Alquimia Interior tem a Honra de Entrevistar:
Margareth Gonçalves - Devidasika (Ashramacharini)
e seu querido filho:
Erick Schulz - AshramaCharya (instrutor)
Margareth é fundadora do Instituto de Cultura Hindu Naradeva Shala e Erick Schulz é Diretor.
O Instituto é um centro de referência de cultura indiana no Brasil, onde se pratica a cultura Védica e Hindu.
Cida Medeiros, entrevistadora inicia com a seguinte oração:
Oração do Bhávana
(Unicidade Absoluta)
“Sinto, com amor, que todas as coisas e seres nasceram no Espírito Universal, que compenetra tudo e sustenta tudo em uma Ordem Constante e em Vida Eterna. Portanto, todos os seres em qualquer escala evolutiva e de qualquer reino, participam da mesma vida, formando no espaço infinito, um só Corpo Cósmico”.

Um pouco da História de Margareth Goncalves:
Mãe de três filhos, paulista, iniciou seus estudos com apenas 13 anos, quando foi autorizada a entrar na milenar escola Iniciática Hindu Suddha Dharma Mandalam.
Em 1994 fundou o Instituto de Cultura Hindu Naradeva Shala, na epóca ainda se chamava "Chokmah", mais sempre com a intensão de transformar todo o trabalho em forma de Instituto Cultural voltado a cultura Hindu.
Formada em Pedagogia com especialização em "deficiência mental", ampliou seus estudos e hoje através do ayurveda, florais, cromoterapia, gemoterapia, yoga e meditação, realiza seus trabalhos no Instituto Naradeva Shala e em todo Brasil e além.
Após um constante esforço, dedicação, estudo e amor ao trabalho, recebeu em 1996 autorização para continuar o trabalho de sua querida Mestra Marinês Peçanha na frente do Ashram Sarva Mangalam sede da Sudha Dharma Madalam em São Paulo e depois o reconhecimento internacional pelo seu dedicado trabalho como Emissaria Instrutora e AshamaCharya (instrutora) com reconhecimento internacional de Federação Internacional de Yoga e pelo conselho Mundial de Yoga "World Wide Yoga Council" - Vishwa Yoga Samsad Founded 1970 of "Word-Wide Yoga Community" e Internacional Senior Yoga Teachers Advisors of Word Yoga Council."
http://www.internationalyogafederation.net/fiyorganizations.htm
●Instituto de Cultura Hindu Naradeva Shala
http://www.naradeva.com.br/ Rua Coriolano, 169/171 – Pompéia – São Paulo/SP
(próximo ao sesc pompéia)Tel: (11) 3862-7321 ou 7353-5669
Seu Filho Erick Schulz que é Diretor do Instituto Naradeva Shala, Vice Presidente da Associação Brasileira de Ayurveda e Secretario Honorário para cidade de São Paulo da Federação Internacional de Yoga. Recebeu em 2006 o titulo de AshramaCharya (instrutor) com reconhecimento internacional.
E vem desenvolvendo em belissímo trabalho de divulgação da milenar tradicional cultura Hindu, em palestras, cursos e trabalhos espalhados no Brasil e Exterior.
ABRA – Associação Brasileira de Ayurveda
www.ayurveda.org.br
E com gratidão que o Programa "Alquimia Interior" traz ao publico esta entrevista a meu pedido, num bate papo descontraido, versamos sobre o Tantra e a Universalidade Espiritual e o respeito profundo as mais diversas praticas onde o Sagrado esta presente.
Cida Medeiros

O Sentar e o Caminhar



"Sente-se e vá..." Duas palavras que devem sempre caminhar juntas se quisermos evitar impasses causados pelo enclausuramento e a dispersão. "Vá..." para não se fechar naquilo que nos fascina ou aliena.

"Sente-se" para não se dispersar e se perder no impulso e no desejo... O objetivo é estarmos em movimento permanecendo sempre centrados. Escutar os ensinamentos da montanha e dos grandes textos espirituais da humanidade. Entrar na inteligência do livro da natureza e do livro das Escrituras. Sem esquecer a inteligência do corpo e do coração que nos falam através da meditação, de exercícios, do caminhas.
Viver um tempo de purificação, de encontro com sua fonte, de aprofundamento e de abertura..."

Jean Yves Leloup





Bibliografia dos Kahunas



Bibliografia básica em português

MAX FREEDOM LONG, "Milagres da Ciência Secreta" (1948), Livraria Kahunas da
Paz (www.geocities.com/kahunasdapaz/livraria.htm)

LEINANI MELVILLE, "Crianças do Arco Íris" (1969), traduzido pela Associação
de Estudos Huna (www.huna.org.br)

SERGE K KING, "Magia e Cura Kahuna" (1983), Livraria Saraiva (
www.livrariasaraiva.com.br)

Sites de Referência em português

Associação de Estudos Huna (www.huna.org.br)
Sebastião de Melo (www.sebastiao.demelo.nom.br)
Aloha International (www.huna.org), contém textos em português traduzidos
por Denise Von Poser

O ka maluhia no me oe
(A paz esteja contigo)

Material concedido por

Jean-François M Nahas
http://www.geocities.com/alohabrooklyn/


Sadhanas


O que Amma diz sobre a importância da Sadhana (Práticas Espirituais):

"Todas as sadhanas (práticas espirituais) são métodos para diminuir os pensamentos, aumentar paz e assim, lentamente, o homem pode se transformar em Deus. Não só fará a pessoa desfrutar da paz consigo mesmo, mas dará paz aos outros a sua volta também."

"Pureza mental virá pelo constante canto do nome divino. Este é o modo mais simples."

"Nós somos como a água pluvial pura que fica impura ao cair no esgoto. A água do esgoto precisa ser limpa conectando-se a um rio, e isto é o que a sadhana faz.


Embora nós sejamos, na verdade, o Atman imaculado, nós estamos ligados ao mundo físico e por isso existem vasanas (tendências impuras) presente dentro de nós.

Nós temos que purificar nossas mentes, discernindo entre o eterno e o efêmero através da meditação. 

E como nós ficamos purificados quando meditamos, cresceremos mais fortes."

"Até ontem estávamos vivendo, pensando, 'eu sou o corpo'. A princípio, haverá algumas ondas (pensamentos) na mente. Através da prática elas passarão. É para controlar estas ondas que se deve fazer sadhana sentando-se em um lugar sem perturbações. As ondas simplesmente não diminuirão se você ler livros. Ao invés disso, elas só aumentarão. No fundo do mar não há nenhuma onda. É na costa que as ondas quebram porque a profundidade é pequena. A paz pode ser experienciada quando a mente ficar expansiva e profunda (como o mar) através da sadhana."

"Somente através dela nós poderemos evitar ser escravizados pelas circunstâncias e incorporar o que nós aprendemos em nossas vidas. Nós deveríamos aprender os princípios espirituais participando de satsangs, e então viver de acordo com esses princípios. Nós deveríamos nos livrar de todos os desejos, e adorar Deus sem qualquer desejo ou expectativas."

"A meta da sadhana é eliminar a mente que consiste em pensamentos e desejos. O Ser Interior está além de tudo isso. Para conhecer o Ser, a mente deve ser erradicada."

"A prática espiritual nos lembra, 'eu não sou só uma parte, mas a parte do todo - na verdade, eu sou um com o todo.' Todas as orações e recordações de Deus ou Guru o fazem lembrar da grande verdade que você não é uma entidade separada, que você não é um indivíduo limitado, mas que você é d'Ele, que você é Ele. Quando esta recordação amorosa surgir no seu interior, você nunca mais poderá estar longe de Amma, nem a Amma poderá estar longe de você."

"Tudo será conhecido espontaneamente se você fizer sadhana. Entenda quem você é. Conheça o Ser. Então você poderá conduzir uma vida sem apegos a nada. Tal estado da mente se atingirá se você fizer sadhana sinceramente."

"Meditação e práticas espirituais lhe dão o poder e a coragem para sorrir para morte."

"A espiritualidade só pode ser alcançada em quietude e silêncio."

"Filhos, concentração mental destituída de ego é a ponte em direção a Deus. 

Samsara (o oceano de transmigração - ciclo de nascimento e morte) é um oceano vasto. As ondas deste oceano (as vasanas - tendências negativas) são enormes e gigantescas. A ponte de concentração é o único meio para cruzar o oceano de transmigração. Apenas se fincarmos o pé na ponte e atravessarmos é que alcançaremos Deus. Não há nenhuma ponte externa para alcançar Deus. É uma ponte interna de concentração que nós mesmos temos que construir e atravessar. É a graça de Deus ou do Guru que sempre nos apóia e nos protege de cair durante este cruzamento."

Amma

Vedanta Advaita


Filosofia e Meditação
Vedanta Advaita
Não-Dualismo
Uma sabedoria milenar na linguagem ocidental da atualidade
Ivan Oliveros (Sesha)

"Você já existe: isso é suficiente. Possui o dom de Ser e de Saber; nada mais é necessário. Simplesmente, flua sendo Aquilo que sempre tem sido. O resto se faz sozinho."

Sesha trabalha com os princípios 'Vedanta Advaita', que foram escritos há 600 anos AC. Trata-se de uma sabedoria milenar que fala sobre a não-dualidade que são os mesmos os princípios que servem de base para a Dinâmica Energética do Psiquismo ou, em nossa linguagem, fazem parte de nosso campo.

Em agosto Sesha estará no Brasil para uma série de cursos e palestras e teremos a oportunidade de recebê-lo aqui na DEP para uma palestra introdutória e um trabalho vivencial, com a intenção de aprofundarmos mais nosso conhecimento.

Ivan Oliveros (Sesha) nasceu em Bogotá, Colômbia, em 1960. Tem formação em Engenharia e Filosofias Orientais. Sua incessante busca sobre a natureza do Real o levou, desde jovem, a praticar meditação e conciliá-la com os estudos dos sábios clássicos orientais: Ramana Maharshi, Patanjali, Gaudapada, Govindapada, Sankara, etc.

Aos 26 anos obteve a vivência transcendental – descrita em seu livro "Vedanta Advaita". Iniciou então sua jornada como instrutor em diversos países, nos quais ensina e analisa sua vivência não-dual através de cursos de meditação, conferências e entrevistas.Tem vindo ao Brasil regularmente desde 2001, por duas a três semanas a cada ano, ensinando a Vedanta Advaita – Não-Dualismo – a partir do seu próprio Ser e Saber. Atualmente vive na Espanha.

Agosto de 2007 em São Paulo – na DEP


Palestra
Data: 30 de agosto
Horário: inicia às 19:30
Contribuição/custo: R$ 20,00
Vivência
Data: 31 de agosto
Horário: das 09h às 13h
Custo/contribuição:
Associados ICDEP: R$ 100,00
Não associados: R$ 120,00


Local
Rua Juréia, 349 – Saúde – próximo à estação Santa Cruz do metrô.
Tel: 5571.6599 e 5549.0642
Lembre-se que a confirmação de sua inscrição se vincula ao seu pagamento + o comprovante de depósito para o E-mail: icdepsp@icdep.org.br ou Fax: (11) 5571 6599. É importante colocar no 'Assunto' do E-mail a nomenclatura "Inscrição Sesha".
O pagamento pode ser feito por depósito bancário no Banco Bradesco, agência 1787-6, c/c 031089-1 em nome do ICDEP ou pelo envio do cheque por Sedex para a Rua Juréia, 349 – Chácara Inglesa – CEP 04140-110 - São Paulo – SP.


--
Assistam o Programa "Alquimia Interior"
Com Cida Medeiros
Toda 5 F 11:30 e 19:30 hs

http://www.tvespiritualista.com.br/

O ódio e o amor..


A dor da alma, o destino e a necessidade.

Eros nasceu do Caos, e isto indica que de todo momento caótico pode nascer a criatividade, a iluminação.

O sofrimento em nossa história está ligado de certo modo à iniciação, à mudança da estrutura da consciência.

O amor traz consigo um despertar e um engendrar da alma, de um encontro com a luz do Espírito.

Das nossas feridas flui o amor, pois o amor flui mais facilmente na vulnerabilidade e na carência que a necessidade impôem de mudança, de transformação, nos obrigando a olhar para dentro e "cuidar-se",
cuidando do outro. Este olhar para mim, é o olhar no mim do espelho do outro, que nos leva em direção ao amor, a parceria e a união.

"O despertar da alma é um processo no belo. Isto implica que os critérios da estética - unidade, linha, ritmo, tensão, elegância - podem ser transposto para a psique, oferecendo-nos um novo conjunto de
qualidades para apreciar", e para trocar.O amor chama a alma, para a beleza da entrega e da plenitude do viver.

O momento mais doloroso para a alma, é aquele que desafia sua capacidade de suportar e entrar em contato com seus aspectos sombrios, com suas partes inaceitáveis; é uma tarefa difícil e complicada porque
afeta a auto-imagem, a auto-estima e obriga-nos a ser capaz de abandonar a persona defensiva.

O processo de individuação, o encontro com o eu verdadeiro é um processo."O resgate do eu projetado e o reconhecimento dos aspectos subdesenvolvidos sombrios deveriam ser assimilados e integrados à
consciência para o fortalecimento da personalidade". (1)

Quando olhamos para nosso "eu" escuro e nos reconhecemos nele, sem culpa, sem vergonha, então, é possível entrar em contato com a nossa beleza interior que nos é revelada no outro.

Reconhecer-se no rosto feio, transfigurado pela dor do abandono, escuro pelo ódio, pela violência da fúria insana é uma maneira de nos dar amor, de valorizar nosso mundo interno com uma nova compreensão do
nosso processo de crescimento.

O processo evolutivo da alma passa por este caminho, aqui é o ponto de entrada para todos os outros níveis de percepção e de consciência.

A humildade toma conta do coração, neste momento compreendemos que não devemos julgar condenar, punir os outros que sofrem a dor da inconsciência e da separação. Só assim, será possível sentir a
misericórdia e a compaixão pelo outro, que se debate nas garras da sua escuridão.

Assim, será possível ser livre para assumir os poderes (lições, dons e talentos) e assumir a direção do nosso destino, fazer escolhas e tomar decisões iluminadas com a luz do Espírito da Divina Presença.

Este é o caminho para o Um, para o Todo; quebramos velhões padrões de comportamentos que isolam, separam no egoísmo e no individualismo, assumimos o Poder Divino da Chama Eterna em nossos corações.

Percebemos nosso desejo de destruir e neste momento, tomamos consciência da nossa brutalidade. O ódio nasce da frustração, da tristeza,e da revolta contra a vida, contra si mesmo. Existem almas que não aceitam a vida como ela é. A nossa criança interior não sabe lidar com a solidão, desamparo, inveja, fúria, com o ódio; possivelmente houve um momento da nossa vida que perdemos parte da nossa pureza e inocência. A depressão é o ódio que se volta contra si mesmo, é uma energia internalizada contra o corpo, contra a vida e revela-se em sintomas, doenças e atitudes agressivas contra aqueles que amamos.

A culpa e o medo da punição, trazem muitos conflitos para todos que vivem no sangue e na alma a agitação da agressividade e do ódio. O inferno mora dentro da nossa mente. Sabemos que somos perigosos, e não
sabemos como sair deste labirinto.

Muitos vivem o mito o minotauro encarcerado dentro de si mesmo, sem saída. A inveja nos domina, e a fúria aumenta diante da impotência e do desamparo. O minotauro chora de dor, sua ferida sangra; uiva como um lobo de raiva, sente solidão, ódio, vontade de matar e de morrer; e muitas vezes atrai vítimas para seu mundo para destruí-las. Dizem, que o seu destino é ser o minotauro na vida dos "inocentes e puros de
coração".

Quando o ódio domina a nossa vida, estamos separados da Alma Divina, do Espírito e da unidade. Não há esperança de dias melhores, sabemos no fundo que a adversidade mora dentro da gente, que o nosso maior
obstáculo é o nosso jeito de ser. A solidão é avassaladora, e o prazer de destruir, da morte, substitui o prazer da vida, da união e da fraternidade. No fundo perdemos nossas referências com o mundo do
belo, da harmonia e união.

Muitos estão vivendo o mito pessoal que direciona o seu destino para a destruição, para ambientes e pessoas que estão dentro do "filme, da estória da sua vida" como protagonista, criam cenários e situações
onde a violência e o ódio são dominantes. "Vivemos uma constelação de crenças, sentimentos e imagens organizada em torno de um tema central". Repetimos nossos padrões de comportamentos, em um círculo
vicioso que muda somente o cenário, o lugar e as pessoas envolvidas no tema central.

A nossa carência toca nossos infernos eternos (mente, pensamentos), afeta nossa loucura e insanidade, que leva a gente a não suportar a vida como ela é. A dor que sangra na humilhação da carência nos ensina
que a humildade nos levará para receber e a dar ajuda, tratamento, e amparo.

No fundo, as pessoas agressivas são guerreiras, líderes, com uma grande capacidade de investir sua energia na vitória, e podem estar no lugar errado, nunca lhe ouviram ou teve oportunidade de investir esta
energia em uma causa onde pudesse ser reconhecido e consagrado publicamente. Muitas vezes, a alma está revoltada por não ter tido oportunidade na vida, de se tornar uma pessoa melhor; nunca encontrou
um continente, uma aceitação incondicional, capaz de transformar e provocar mudanças.

Somos cegos, não percebemos que admiramos, e temos inveja e raiva do outro, dos seus dons e de tudo que ele é; idealizamos no outro aquilo que possuimos, mas não reconhecemos como nosso. Projetamos no outros, nossas qualidades e nos sentimos inferiores, pobres de espírito, menores, apagados, pobres, carentes, necessitados. Então, compensamos com a raiva furiosa do onipotente, do arrogante, que traz consigo uma criança ferida, um adolescente atormentado. A raiva é uma manifestação do medo da morte - de matar ou de ser morto...

A raiva que agride sem medidas, sem pensar nas consequências, sinaliza para a falta de limites, da internalização da lei estabelecida (cultura, do social, do pai); que nos ensina a viver com as medidas e
com respeito ao próximo, com a empatiae compaixão. Os valores, a ética, a tolerância e aceitação do outro como ele é, são "aprendidos" e internalizados na infância e na adolescência. Se não aprendemos a
viver com nossos pais, com a nossa comunidade, amigos e cultura, então é muito difícil encontrar um lugar na sociedade, no casamento, nas relações sociais, no mundo. Muito param de lutar, a auto-estima cai e
se entregam ao crime, às drogas, à bebida e sentem que o seu destino é a morte ou a cadeia.

A vida configura nossos papéis, nosso lugar no mundo.?!

Nossos pensamentos, nossa personalidade, nosso universo familiar, e individual tece nosso jeito de ser, nosso padrões e crenças, até que a consciência possa olhar para o "eu' com amor, no "eu do outro".

Enquanto estivermos cegos e insensíveis para a realidade do outro, para a dor do outro, voltados para nossa dor estaremos presos no espelho cruel do narcisismo que mata a gente de fome de amor, não há
relacionamento, troca, afeto com o outro...

O Sentimento de ódio normalmente é um sentimento inaceitável como nosso. Sempre é tido como vindo de fora, causado por outrem, ou projetado em alguém ou algo exterior. "Se nós praticamos o caminho do
meio, ou seja, percebemos que o ódio é nosso, e que dentro de nós tem ódio inconsciente, sentindo o nosso proprio ódio, no instante que ele aflora." O caminho do meio é o do observador do ódio, da fúria,
permite que ela venha e vá, como chegou e sabe que tudo é maya, tudo é impermanente; tudo isto que vivemos é o inferno da mente e que o Verdadeiro Eu permanece , no Eu Sou o que Sou.

O caminho do meio ensina que devemos aceitar, abraçar o ódio , sua dor, com muito amor. e, quando ele vier, permita que ele venha e aceite sua fúria, como observadora. Quem observa é o verdadeiro Eu
Divino, sua Divina Presença, Eu sou, seu Buda interior.

"Aquele que olha-se embevecido na reflexão de si mesmo e no reflexo do outro que o reflete e o faz ver sua condição de ser finito, num mundo infinito do qual está apartado. O reflexo o chama à reflexão, o olhar
para si mesmo,o que o fere produzindo nova divisão em seu ser já arrancado do mundo".

"O ser que reflete sobre seu próprio ser e se sente dividido em duas igualdades. O outro terá sempre o papel psicológico de espelho. O homem estárá sendo refletido pelo outro, em qualquer momento da vida.
E este espelhamento cria nova oportunidade de auto-reflexão. O homem e o mundo estão num eterno diálogo em que um reflete o outro".

"O episódio do reflexo sintetiza o ato de conhecimento. Narciso conhece a si mesmo e ao outro, e assim marca a sua diferenciação do mundo".

Caros amigos que leram este texto, até aqui. Agradeço do fundo do nosso coração a luz do Espírito Santo sobre a minha cabeça. Senti e fiquei muito emocionada, ele desceu para nós e por nós. Senti um
infinito amor do Um, voltado para nós que estamos embriagados no sono da ignorância. Que a compaixão divina nos ilumine com a misericódia da tolerância e da solidariedade. Este estilo de escrever é muito
"complicado, difícil" para mim. Não faço uma revisão profunda, sou muito elétrica para isto... Então, me perdoe os erros...Este trabalho envolveu pesquisa e reflexão com vários autores. Pretendo continuar no
caminho da astrologia, nossa raiva e energia para o combate e o entusiasmo, pertence à Marte e nossas feridas à Quiron...

Sou uma poetisa, apaixonada pelo amor e pela vida. É lá... que eu posso voar livre no mundo dos sonhos e da fantasias.

Pretendo continuar este tema, o amor é amor sempre...
Estou aprendendo a escrever, porque amo você.
Aproveito a oportunidade para pedir livros de Joshua David Stone,
nunca vi na internet...
Eu Sou Dharma Dhannyá. 19/01/2007
1 . Raissa Cavalcanti. O mito de Narciso O herói da Consciencia.
Editora cultrix 1992, São Paulo.
2. Resende Maria,rosa. Autocura Tãntrica. O cainho da Iluminação.
( meu livro mestre)
3. Reinhart Melanie. Quíron e a Jornada em busca da Cura. Uma
perspectiva astrológica e psicológica. 1993. Rocco. Rio de Janeiro.
4. Hilman James. O Mito da análise. Três ensaios de psicologia
arquetípica.1984. Editora Paz e Terra.
Sams. As Cartas do Caminho Sagrado. A descoberta do ser através dos
ensinamentos dos índios norte-americanos. 1996. Editora Rocco. Rio de
janeiro